Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

CASO VON RICHTHOFEN: Richthofen: Saiba detalhes e quanto Suzane vai ganhar com novo filme

O roteirista Raphael Montes revelou informações sobre a produção do filme “A confissão” que retrata o caso criminal Von Richthofen

Roterista de filme que retrata o caso Von Richthofen dá detalhes sobre a produção e envolvimento da assassina Suzane Von Richthofen. (Foto: Acervo pessoal).

 

O roteirista Raphael Montes, da trilogia de filmes sobre o caso criminal Von Richthofen, deu detalhes sobre o terceiro e último filme “A confissão”. Os filmes “A Menina que matou os seus pais”,  “O menino que matou meus pais” e “A confissão” contam a história do assassinato que chocou o Brasil em 2002. 

Segundo Raphael Montes para a produção dos filmes, “não houve nenhum contato com Suzane Von Richthofen, Daniel Cravinhos, Cristian Cravinhos e nem seus familiares”. O roteirista afirmou que os envolvidos no crime nunca receberam e nem vão receber nenhum valor ou pagamento. “Eles não possuem nenhum direito sobre a obra”, destaca o roteirista. Os filmes são adaptações da história verídica baseada nos depoimentos transcritos nos autos do processo público.

Os filmes são produções feitas com investimento privado, ou seja, não há nenhum uso de verba pública em suas realizações. Raphael Montes ainda ressalta que o propósito do filme não é apontar inocentes ou culpados, romantizar ou enaltecer os assassinatos. “A interpretação dos fatos e das versões é facultada ao público”, diz Raphael Montes. 

Caso Von Richthofen 

 

Suzane Von Richthofen, uma garota rica, pertecente da elite de São Paulo, se tornou nacionalmente conhecida ao matar brutalmente os próprios pais enquanto dormiam. Durante os desdobramentos da investigação, foi descoberto que Suzane cometeu o crime junto com o namorado e o cunhado, os irmãos Cravinhos por dinheiro. 

Suzane Von Richthofen conheceu Daniel Cravinhos no final de 1999 e começaram um relacionamento pouco tempo depois. Os pais de Suzane, Manfred e Marísia Von Richthofen não apoiavam o relacionamento da filha e a proibiram de namorar Daniel. 

A garota junto com o namorado, Daniel Cravinho e o cunhado Cristian Cravinho criaram um plano para simular um latrocínio e matar o casal Von Richthofen, para assim dividir a herança que Suzane receberia e ficarem juntos. 

No dia 31 de outubro de 2002, Suzane deixou os irmãos Cravinhos entrar na Mansão da família, depois disso os irmãos foram até o quarto do casal e os mataram com marretadas de barras de ferro na cabeça. 

O trio foi preso após a polícia investigar a compra de uma moto nova feita por Cristian Cravinhos, poucos dias após o assasinato. No dia 08 de novembro de 2002, Cristian, Daniel e Suzane foram presos após confessarem o crime. 

O caso chocou muito o Brasil, ao ponto da TV Justiça cogitar transmitir o julgamento ao vivo. Suzane e Daniel Cravinho foram condenados a 39 anos e 6 meses de prisão, já Cristian Cravinho foi condenado a 38 anos e 6 meses de reclusão. 

Vida nova de Suzane Von Richthofen 

Suzane Von Richthofen passou a cumprir regime aberto em junho deste ano. Atualmente, Suzane está grávida de 14 semanas, da primogênita e estaria morando no interior de São Paulo, com o pai do bebé, o médico Felipe Zecchini, de 40 anos. 

No decorrer do cumprimento da pena, Suzane viveu um relacionamento homoafetivo e se casou no presídio de Tremembé (São Paulo), separou,  iniciou 2 cursos do ensino superior e até virou costureira. Hoje em dia tem uma lojinha de costura e artesanato.  

Com Informações: https://diariodopoder.com.br

Categoria: Notícias