Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

CAXIAS EM FOCO: Governo do Maranhão leva mutirão de cirurgia urológica para Caxias

Ação faz parte da Campanha Novembro Azul.

O Governo do Maranhão está levando o mutirão de atendimento com consulta para triagem de cirurgia urológica para diversas cidades, entre elas Caxias. Vai ser no Hospital Macrorregional, no dia 30 de novembro.

A ação faz parte da Campanha Novembro Azul, que tem como tema “Cuidado, Prevenção e Saúde”, acontecendo simultaneamente em todas as unidades da rede estadual de saúde, com ampliação ao acesso a exames e às consultas especializadas em prevenção ao câncer.

Até o momento, foi registrado um incremento de 500 consultas urológicas na rede estadual, o que representa um acréscimo de cerca de 30% da demanda total de consultas realizadas no estado por mês. O público-alvo da campanha corresponde a homens de 45 anos com casos confirmados de câncer de próstata na família e de 50 anos ou mais que precisem fazer o exame preventivo de rotina.

Serviços urológicos

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) gerencia 13 equipamentos que oferecem serviços de média e alta complexidade em urologia, na rede estadual de saúde no Maranhão, sendo sete na capital, São Luís, e seis no interior do estado.

Há quatro anos, a rede estadual oferecia, na capital, os serviços de urologia apenas no Hospital Dr. Carlos Macieira e no antigo Hospital Pam Diamante. No interior do estado, os serviços eram oferecidos no Hospital Regional de Caxias. Atualmente, além de São Luís e Caxias, a rede de serviços urológicos foi expandida para as cidades de Timon, Timbiras, Chapadinha, Coroatá, Santa Inês e Pinheiro com previsão de implantação ainda este ano de ambulatórios de urologia em Imperatriz, Matões do Norte e Barra do Corda.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, a descentralização dos serviços urológicos busca ampliar a oferta desses atendimentos para que seja feito o diagnóstico precoce dos pacientes.

“O Maranhão avançou muito no que diz respeito aos serviços voltados para a saúde do homem e isso reflete principalmente nos indicadores, a exemplo do câncer de próstata. Nossa rede consegue dar o tratamento nos primeiros 30 dias após o diagnóstico da doença a mais de 90% dos pacientes, de acordo com o que o Sistema Único de Saúde preconiza”, afirma o secretário Carlos Lula.

Os serviços de uro-oncologia também foram ampliados tanto no Hospital Regional de Caxias, quanto no Hospital de Câncer, referências de oncologia na rede estadual de saúde. De acordo com o superintendente de Acompanhamento da Rede de Serviços da SES, Candilberto Filho, os serviços aumentaram não apenas em quantidade, mas também em qualidade.

“Um dos avanços mais importantes foi a criação do serviço de urologia do Hospital Aquiles Lisboa. Hoje, oferecemos na unidade cerca de 200 cirurgias urológicas por mês, cirurgias de alta complexidade. Ampliamos o serviço de laparoscopia e endourologia, que são cirurgias realizadas a laser, sem necessidade de cortes”, destaca o superintendente Candilberto Filho.

As unidades que oferecem apenas atendimento ambulatorial na Rede Estadual de Saúde são: Policlínicas do Diamante, Vinhais e Açailândia; além do Hospital Dr. Genésio Rêgo. Já as unidades que oferecem atendimento ambulatorial e cirúrgico são: Hospital de Câncer do Maranhão; Hospital Dr. Carlos Macieira; Hospital Macrorregional Tomás Martins em Santa Inês; Hospital Macrorregional de Caxias Dr. Everaldo Ferreira Aragão; Hospital Regional de Timbiras; e Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão de Coroatá. A rede também possui unidades que oferecem apenas atendimento cirúrgico: Hospital Aquiles Lisboa; Hospital Regional de Chapadinha; e Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco.

Agendamentos e atendimentos

Os agendamentos para especialidade de urologia são realizados a partir de encaminhamento pelo clínico geral através dos canais de atendimento; os exames laboratoriais são realizados na própria unidade em que o urologista faz a solicitação, exames mais complexos e de imagem são agendados via canais de atendimento. 

Para agendamento da consulta e/ou exame, é necessário procurar um dos canais de marcação e ter em mãos o cartão do SUS, comprovante de residência e cartão de vacinação. Os canais são: App Viva Procon, site www.procon.ma.gov.br, Disque Saúde (3190-9091) ou presencialmente no Vivas (Beira Mar, Golden Shopping, Shopping da Ilha, Pátio Norte Shopping, Viva BR, Terminal São Cristóvão).

Com Informações: https://www.noca.com.br/via Secom/Governo do Maranhão

BRASIL URGENTE: Vivemos em plena conspiração, onde interesses criminosos agem visando o poder

Por: Pedro Possas. Médico.

Quando você vê políticos lutando contra uma lei que permitiria acesso a saneamento básico a todos, sabendo que a cada real investido em saneamento básico, economiza-se 4 reais em gastos em saúde;

Quando você vê parlamentares criando comissões de inquérito em plena pandemia, apenas para fazer palanque político, atrapalhar o governo, impedir investigações de desvios de verbas públicas, criar mais dificuldades em plena crise, deixando a conta para a população, sem retorno útil algum dos gastos e tempo dispendidos, apenas mais crimes cometidos de abuso de autoridade, perseguições, calúnias e difamações;

Quando vemos membros da suprema corte tentarem cobrar pagamento imediato de dívidas públicas que dormiam em suas gavetas havia 30 anos, em momento de exceção, com a economia parada por eles mesmos, aumento de gastos em saúde e auxílios emergenciais;

Quando esses mesmos membros das cortes jurídicas em conluio com parlamentares oposicionistas anunciam aos 4 ventos um golpe contra a Constituição e o regime democrático do pais; não podemos ter dúvidas.

Isso deixou de ser “teoria” da conspiração há muito tempo.

Vivemos em plena conspiração, onde interesses egoísticos, golpistas e criminosos, diametralmente opostos ao interesse público, agem abertamente para a reconquista do poder, utilizando como símbolo o maior criminoso condenado de nossa história. Na impossibilidade de elegê-lo ainda tentam criar uma terceira via pusilânime, vendida, sem valores morais, subserviente aos interesses do grande mecanismo da corrupção.

Permaneçamos alertas. Os senhores da escuridão e da devassidão só almejam o poder e a sua, a nossa, escravidão.

Não nos deixemos enganar, são muito ardilosos.

Com Informações: https://aldirdantas.com

CODÓ URGENTE: Fome e crueldade é marca da administração codoense

No município de Codó pré-candidato filho do prefeito tem como principal aliada para se tornar conhecido do público a fome causada pelo próprio pai que é prefeito da cidade


O que para muitos é motivo de tristeza, para o filho do prefeito da cidade de Codó não é. Ele tira carona com a fome dos codoenses mais carentes, vulneráveis e hipossuficientes para se promover politicamente. A fome em uma cidade é um grande sinal que a gestão está péssima. Enquanto há indícios de desvio de milhões de reais no município de Codó, por outro lado, grande parte da população passa fome. Ocorre que, o filho do prefeito e o prefeito parece estar mais preocupados em fomentar a fome do que erradicar.

Ele e outros empregados da Prefeitura de Codó como Chagas, Egilson e outros mais estão praticando um gesto muito arcaico quando junta populares em situação de vulnerabilidade e hipossuficiência para distribuir um tal SOPÃO, deixando o povo no sol, algo do tempo da PEDRA LASCADA.
Observa-se que tanto o prefeito como o filho pré-candidato que não passa de 4% estão mais interessados em aumentar a fome do povo que diminuir.

“Eles não querem e não estão contribuindo para que os codoenses se alimentem com dignidade, pois não há nenhum programa de transferência de renda ou outro que leve um valor ou uma cesta mensal para os codoenses cadastrados se alimentarem com dignidade e sem ter que se expor para filmagem e serem exibidos nas redes sociais no intuito de difundir o nome de Pedro Neres, até então desconhecido da população. A intenção é meramente divulgar o nome do filho de Zé Francisco, prefeito da cidade”.

Nossa dica

Não é assim que se erradica a fome de um povo. Erradicar a fome de um povo para que o mesmo se alimente com dignidade só é possível com a criação de um programa que todo mês leve à mesa das famílias cadastradas um valor ou uma cesta básica sem que a mesma se exponha de tal forma como podemos ver nas imagens. O filho do prefeito não está levando dignidade para as pessoas, pelo contrário.

Está humilhando e tirando proveito da realidade difícil de cada pessoa. O município tem condições de realizar uma coisa melhor. Codó tem como prefeito Zé Francisco. O prefeito que está fazendo a pior gestão de todos os tempos. “Então, senhor prefeito, traga dignidade para o povo! Não traga humilhação. Não deixe o seu filho pegar carona com a fome do povo. Promova a fartura e não a miséria no município”.

Com Informações: https://gazetamaranhense.com

CODÓ EM DESTAQUE: Médico codoense Dr. Mário Braga confirma pré-candidatura a deputado federal pelo Maranhão

O médico codoense Dr. Mário Braga afirmou para a Redação do Blog Gazeta Maranhense que é  pré-candidato a deputado federal pelo Maranhão. Mário Braga é médico neurocirurgião e exerce sua profissão em hospitais e clínicas particulares em vários municípios maranhenses. Dr. Mário Braga foi um grande articulador político do grupo que levou Zé Francisco à eleição. Mário Braga foi secretário de Saúde nos primeiros 5 meses do Governo Zé Francisco. O médico se desligou do governo e  irá concorrer a uma das 18  cadeiras na Câmara dos Deputados  pelo Maranhão.

Com Informações: https://gazetamaranhense.com

PORRETA: Fábio Gentil irá Pagar o 16.º Salário aos professores de Caxias

Prefeito de Caxias Fábio Gentil, quando teve a palavra falou  que irá construir escolas na zona urbana e rural e disse ainda que irá proporcionar aos professores o décimo sexto salário, falou que quer preservar vidas e não irá promover o ‘réveillon’ na cidade, o dinheiro investido no réveillon será revestido em cestas básicas para pessoas carentes.

VEJA O VÍDEO:

GUERRA À COVID: Brasil decide fechar fronteiras para seis países do sul da África

Medida atinge África do Sul, Botsuana, Essuatíni, Lesoto, Namíbia e Zimbábue

Cidade de Gaborone, Botsuana, onde se originou a mais recente variante da Covid-19.

O ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, anunciou em suas redes sociais que o Brasil vai fechar as fronteiras para seis países do sul da África, a partir de segunda-feira (29), variante ômicron, do coronavírus que apareceu na região: África do Sul, Botsuana, Essuatíni, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

O ministro publicou o seguinte post: “O Brasil fechará as fronteiras aéreas para seis países da África em virtude da nova variante do coronavírus.”

“Vamos resguardar os brasileiros nessa nova fase da pandemia naquele país. Portaria será publicada amanhã [sábado, dia 27] e deverá vigorar a partir de segunda-feira [29]”, completou.

Desse modo, o Brasil segue outros países, como os Estados Unidos, Canadá, Turquia e Índia, que também fecharam fronteiras para os seis países do sul da África. A União Europeia também discute tomar a mesma decisão, mas países como Itália, Holanda, França e República Tcheca já baniram voos vindos da região.

A Organização Mundial da Saúde declarou a variante ômicron como uma “variante preocupante”. De acordo com o grupo consultivo, a cepa foi reportada pela África do Sul no última dia 24.

Em comunicado, o órgão destaca que a variante possui um grande número de mutações, “algumas das quais preocupantes”, e apresentou alta risco de reinfecção em comparação com outras variantes classificadas como preocupantes, segundo evidências preliminares.

Com Informações: https://diariodopoder.com.br

BOMBA: Prefeitura de Codó fecha novo contrato milionário com posto de combustível

Mais um escândalo estourou esta semana em Codó. O prefeito Zé Francisco teria realizado o décimo terceiro contrato milionário para a aquisição de combustível totalizando quase R$ 5 milhões apenas com um posto.

De acordo com publicações locais
Prefeitura de Codó firmou um novo contrato milionário com o posto de combustível DEUS É GRANDE II (NONATO & NONATO LTDA). A compra foi assinada em 12 de novembro de 2021, o contrato nº 20210478, de origem no Pregão Presencial nº 003/2021-PP, que tem como objeto a aquisição de combustível para atender às necessidades das secretarias municipais.

Com apenas 50 (cinquenta) dias de vigência (de 12/11 a 31/12/2021), o contrato custará R$ 1.487.300,00 aos cofres públicos, e tem como solicitante o Secretário Municipal de Infraestrutura, Pedro Ferreira Oliveira, popularmente conhecido como Pedro Belo.

A informação foi publicada nesta terça-feira (23) no Diário Oficial do município.

FARRA DOS COMBUSTÍVEIS

Ainda de acordo com a imprensa local e no Portal da Transparência da Prefeitura, até a presente data (24), o Governo Zé Francisco (PSD) realizou treze contratos com o posto DEUS É GRANDE II, que totalizam R$ 4.973.880,00.

Dos quase R$ 5 milhões contratados, R$ 2.237.933,32 teriam pagos ao fornecedor, por meio de 36 (trinta e seis) transações.

Não foi possível identificar contratos, de mesma natureza, entre a Prefeitura de Codó e outros fornecedores.

DEUS É GRANDE

O posto Deus é Grande II tem como sócia-administradora a empresária Janaína Nonato de Sousa, popularmente conhecida como Janaína do Bita do Barão, e que nas eleições municipais de 2020, a empresária declarou apoio ao então candidato Zé Francisco (PSD), hoje prefeito de Codó.

GIRO PELO BRASIL: Sou chefe de quadrilha’, diz padre Robson em gravação

Religioso é ex-reitor do Santuário Basílica de Trindade, em Goiás

Ele administrou fundo de R$ 2 bilhões, que está sob investigação

Gravação de reunião de Robson com advogados

O padre Robson de Oliveira Pereira, de 47 anos, confessou em áudio que integrava um esquema para burlar contratos e sabia do risco de ser preso pela polícia. O ex-reitor do Santuário Basílica de Trindade (GO) é investigado por supostos desvios de dinheiro de doações de fiéis. “Sou o chefe da quadrilha”, disse ele, em um trecho.

A gravação, divulgada pelo Jornal da Record nesta quarta-feira (24), foi feita pelo próprio padre. O arquivo foi apreendido pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), e periciado com autorização da Justiça.

Um pedido de prisão preventiva por corrupção ativa contra Pereira e outras quatro pessoas foi apresentado pela Polícia Federal na quarta-feira passada (17) ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Na reunião gravada, o padre e a equipe jurídica buscavam formas de tentar mascarar a ilegalidade em contratos de compras realizadas em nome de terceiros pela Associação Filhos do Pai Eterno, presidida por Pereira, antes de ele ser afastado da instituição. As investigações foram feitas pelo MPGO na Operação Vendilhões, em agosto de 2020.

Tanto o padre quanto sua equipe reconhecem, durante a reunião, que os contratos poderiam acabar investigados pelas autoridades, pois seria difícil explicar a relação da associação com negócios e investimentos imobiliários.

“(…) Eu estou dando legitimidade para uma coisa ilegítima, porque eu considero que foi estelionato aquilo lá. Os caras lá já falavam: olha, você vai passar, por fora, para mim, tanto. Eu, de bobão… complicado isso aqui. Não está bom, não. Isso aqui é a mesma coisa de estar assinando um mandado de prisão”, disse o padre na gravação.

“Ô, gente. O meu medo nessas coisas aí chama-se… apuração dos fatos. Quando for apurar fatos, olhando nossa contabilidade, olhando nossa contabilidade do Júnior, do Gleison, vão ver que eles deram outra destinação aos valores, que não bate com datas e nem com nenhum tipo de… não tem jeito, gente”, continuou Pereira.

Fonte: https://aldirdantas.com//VIA Yahoo Notícias

CODÓ URGENTE: Vendo que Codó tem apenas 39,77% de vacinados, deputado César Pires sugere NÃO REALIZAÇÃO DO CARNAVAL 2022

Codó continua com índice baixíssimo de vacinação contra a COVID-19.

Até hoje, 26/11/2021, de acordo com o site LOCALIZA SUS, do Governo Federal, só aplicamos  69.718 primeiras doses contra o Coronavírus, isso corresponde a 56,51% de nossa população estimada em 123.368 habitantes pelo IBGE.

Com as duas doses, os dados são mais tristes ainda. Só 49.068 codoenses estão imunizados completamente, o correspondente a apenas 39,77% de nossa população.

O deputado estadual César Pires esteve em Codó por ocasião da Feira Literária 2021, onde foi palestrante. Aproveitou para tomar a terceira dose e se tornou um dos 166, isso mesmo só 166, codoenses que já estão com a chamada dose de reforço.

Alegrou-se pela disponibilidade das doses, inclusive na FLIC, mas ficou extremamente preocupado com a baixa procura dos codoenses pela vacina contra o Coronavírus.

SEM CARNAVAL

Baseado em fatos (só 39,77% de vacinados com duas doses), o deputado sugere que NÃO HAJA CARNAVAL em 2022 em nossa cidade

“Se prefeito eu fosse de minha cidade, Codó, com esses indicadores aí eu não faria e não permitiria fazer carnaval. Não adianta nós brincarmos 4 dias e aumentarmos o risco de contaminação”, asseverou acertadamente a meu ver.

O prefeito José Francisco e sua equipe de Saúde ainda não se manifestaram a respeito de realização do carnaval de 2022.

Com Informações:https://www.blogdoalbertobarros.com.br

 

CODÓ EM DESTAQUE: A delicada situação de Francisco Nagib e o futuro incerto na política

O atual diretor do Detran no Maranhão, Francisco Nagib (PDT), vive um “mar de incertezas”. Mal avaliado pelo governador Flávio Dino (PSB) e com uma série de denúncias envolvendo a sua gestão, o ex-prefeito de Codó tenta se agarrar a Carlos Brandão (PSDB), para salvar seu cargo e quem sabe emplacar sua esposa como futura diretora do órgão a partir de abril de 2022. Mas ao mesmo tempo, ele tenta se manter “bem” com Weverton Rocha (PDT), considerado como seu padrinho político.

No Ministério Público já consta uma denúncia contra a gestão de Francisco Nagib que passou a cobrar o valor de R$17 a mais por carro emplacado no Detran/MA. Essa taxa não existia na gestão anterior, mas agora com a cobrança, as empresas contempladas estão faturando em média R$6,1 milhões com a cobrança.

Foi na gestão de Nagib também que o valor da vistoria saltou de R$30 para R$115, o que representou um aumento superior a 1000%.

Balançando no cargo de diretor do Detran e as vésperas do anúncio de Carlos Brandão como pré-candidato oficial de Flávio Dino, Nagib jura fidelidade a Flávio Dino e a Weverton, porém será impossível continuar rezando para dois santos.

VEJA O DIREITO DE RESPOSTA DO DIRETOR DO DETRAN FRANCISCO NAGIB AO BLOG DO DIEGO  EMIR

Em resposta a matéria, Francisco Nagib respondeu:

Não tenho conhecimento oficial de nenhuma denúncia contra mim no Ministério Público.
Em relação ao suposto aumento no valor do emplacamento, informo-lhe que isto não procede, pois, não houve reajuste de serviços do Detran-MA.
O mesmo acontece com a vistoria.
Todas as taxas que são emitidas são previstas no Código Tributário. A última alteração do código foi em 2015, no qual está prevista a taxa de vistoria comum (antiga) que custa R$ 30,00, valor que ainda estamos cobrando pelo serviço, apesar de também já estar prevista a taxa de vistoria eletrônica (atual), que custa R$ 115,00, ainda não praticada pelo Detran-MA.
Esse valores constam, inclusive, no Diário Oficial, nosso site e demais portais oficiais de Trânsito.
Aqui no Maranhão realizamos a vistoria eletrônica, mas cobramos ainda o valor da comum, R$ 30,00, inclusive é um dos valores mais baratos do Brasil.
Então, lhe esclarecendo: não houve aumento da taxa de vistoria, que custa ainda R$ 30,00.

Francisco Nagib
Diretor-geral do Detran-MA

Com Informações: https://diegoemir.com