Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

POLÍTICA INTERNACIONAL: Rússia atribui culpa do atentado contra Trump ao governo Biden.

Foto: Reprodução/Reuters/Brian Snyder.

 

Em declaração  neste domingo, 14 de julho, a Rússia posicionou-se severamente contra formas de violência utilizadas como instrumentos na política. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, expressou a preocupação de seu país frente às ações políticas nos Estados Unidos, sugerindo que o governo de Joe Biden poderia ter influenciado indiretamente o recente atentado ao ex-presidente Donald Trump.

Durante uma tragédia ocorrida em um comício na Pensilvânia, Donald Trump foi visado diretamente, resultando na morte de uma pessoa e deixando outros feridos. Peskov estendeu suas condolências às famílias afetas e desejou rápida melhora aos feridos, ressaltando a crescente vulnerabilidade na segurança de Trump frente às “múltiplas tentativas de retirar sua candidatura da corrida eleitoral”.

 

Reação do Kremlin ao atentado

 

 

O representante do Kremlin pontuou que, embora não acreditem que o ataque foi meticulosamente planejado pelas autoridades americanas, a atmosfera política catalizada pelo governo Biden possivelmente desempenhou um papel no incidente. Peskov ainda criticou o sistema político americano por, segundo ele, frequentemente expor à comunidade internacional exemplos de violência relacionados à disputa política interna.

 

 

 

 

Detalhes do atentado

 

 

 

 

Thomas Matthew Crooks, identificado pelo FBI como o autor do ataque, agiu a partir da cobertura de uma fábrica durante um evento que reúne públicos há mais de sete décadas. O ato de violência culminou com o ferimento leve de Trump, que teve a orelha atingida por uma bala. Na sequência, Crooks foi neutralizado por agentes do Serviço Secreto, que conseguiram recuperar um rifle AR no local do acontecimento.

Com Informações: https://terrabrasilnoticias.com

Concurso Afonso Cunha-MA 2024: Prefeitura abre 134 vagas

Prefeitura de Afonso Cunha-MA abre concurso público para 134 vagas em cargos de níveis fundamental, médio, técnico e superior. Inscrições abertas entre julho e agosto.

 

 

CAXIAS ENTRISTECIDA: Morre o empresário Antônio Francisco Cruz, o popular Bolinha, aos 47 anos.

 

 

Com tristeza que nosso Blog Repasse Informativo comunica  o falecimento trágico, aos 47 anos, do amigo, conhecido empresário Antônio Francisco Cruz, o popular Bolinha.

Pessoa humana era admirável por todos que sofrem a sua partida inesperada. Deixa seu legado e saudades de quem teve o prazer de conviver com sua personalidade brincalhona e bondosa.

Nos solidarizamos com amigos, funcionários e familiares.

Bolinha faleceu na manhã de hoje (14), após sofrer traumatismo craniano decorrente de um acidente de moto que sofreu na  noite deste sábado (13), na Avenida Santos Dumont. A família está aguardando o laudo técnico do Instituto Médico Legal (IML) para saber a causa exata do óbito.

O corpo será velado na Funerária Santa Teresinha, localizada na Avenida Nereu Bitencourt, no centro da cidade. 

“Não importa quanto tempo passe, a sua memória continuará sempre viva e resplandecente no meu coração. Luto eterno!

Com Informações: https://www.irmaoinaldo.com.br

FBI identifica homem de 20 anos que atirou contra Trump

Thomas Mathiew Crooks residia em Bethel Park, na Pensilvânia

Atiradores de elite alvejaram Thomas Crooks Foto: EFE/EPA/DAVID MAXWELL

O FBI identificou o homem que atirou contra o ex-presidente Donald Trump como um homem branco da Pensilvânia que atende pelo nome de Thomas Mathiew Crooks.

 

 

Trata-se de um jovem de 20 anos residente de Bethel Park, na Pensilvânia, o mesmo estado onde aconteceu o comício em que Trump foi atacado e saiu com um ferimento na orelha direita.

 

O FBI pediu a ajuda da população e abriu uma linha especial para qualquer pessoa que pudesse fornecer alguma pista.

 

No entanto, atualmente não se sabe quais podem ser as motivações de Crooks e se ele era o que é conhecido como “lobo solitário” ou se tinha um cúmplice.

 

 

A emissora CNN destacou que quando os agentes atingiram o atirador, que estava caído no telhado onde havia efetuado os disparos, ele não tinha nenhum documento consigo, o que dificultou sua identificação por horas.

 

Foi possível ver imagens dos agentes quando chegaram ao telhado onde estava o atirador, que vestia roupas cinzas de camuflagem.

 

A emissora local de Pittsburgh WTAE afirma que o atirador usou um rifle do tipo AR-15 e disparou oito tiros antes de ser morto por agentes do Serviço Secreto.

 

 

As autoridades confirmaram que o atirador causou a morte de um participante do comício, feriu Trump na orelha direita e deixou outras duas pessoas gravemente feridas na plateia.

Com Informações: https://pleno.news//via *EFE

Suspeito de atirar contra Trump é morto, dizem autoridades

Um espectador do evento político também morreu e há uma outra pessoa em estado grave

 

Ex-presidente americano é escoltado e deixa comício após disparos Foto: EFE/EPA/DAVID MAXWELL

 

 

 

13 de julho—————DIA MUNDIAL DO ROCK

— Qual é a sua trilha musical?

*

Houve um tempo em que a música era para ser ouvida com a consciência.

Consciência do outro. Do sofrimento do outro.

Fraternidade. Solidariedade. Irmandade.

Foi no dia 13 de julho de 1985 que ídolos do “rock and roll” tocaram para os estômagos famintos da Etiópia (África). 

Fome que dura até hoje.

Com um “show” simultâneo em Londres (Reino Unido) e na Filadélfia (Estados Unidos) e também na Austrália e no Japão, o show “Live Aid” (um feliz duplo sentido: “ajuda ao vivo”) atingiu pelo menos cem países e cerca de 2 bilhões de pessoas.

Entre os participantes, cantores, músicos e bandas de minha adolescência e de todas as épocas: The Who, Status Quo, Dire Straits, Led Zeppelin, Queen, David Bowie, BB King, Mick Jagger, Sting, Scorpions, U2, Paul McCartney, Phil Collins, Eric Clapton, Black Sabbath, Tina Turner, Santana, The Pretenders, Bob Dylan, Lionel Ritchie…

E lembrando esses nomes, recordo-me dos muitos mais que eu ouvia nos idos anos 1970/1980: AC/DC, Bread, ELO (Electric Light Orchestra), Black Oak Arkansas (Carvalho Negro do Arkansas), Uriah Heep, o sinfônico rock do YES / Genesis / Rick Wakeman, ELP (Emerson Lake Palmer), UFO, Pink Floyd, Kraftwerk, Yanni, Jean Michel Jarre, Kitaro, Giorgio Moroder, Joahann Timman (o Connor Faria [“in memoriam”], radialista e apresentador de TV de Imperatriz pediu-me emprestado o LP do Timman, para pesquisar umas vinhetas sonoras, e gostou do disco… e não o devolveu…), Beatles, KC and the Sunshine Band, Jeff Beck (e outros “monstros” da guitarra: Eric Clapton, Lou Van Eaton, Santana…), Voyage, Vangelis, The Vamps, Stevie Wonder, Janis Joplin, Nazareth…

E ainda Chicago, Bruce Springsteen, Carpenters, Barrabas, Automat, Aretha Franklin, Anthony Philips, Andreas Vollenweider, Alice Cooper, The Peppers, Isaac Hayes, Iron Maiden, Passport, Alan Parson’s Project, Gary Glitter, Grand Funk Railroad, Harry Nilson, Eurythmics, Simply Red, Frank Sinatra, Men At Work, Ruby Winters, Scorpions, Simon and Garfunkel, Israel Sings, Mercedes Sosa, Willie Nelson, Rush, Rick Wakeman, The Moody Blues, The Monkees, Munich Machine, Ravi Shankar, Marillion, Larry Coryell, Creedence Clearwater Revival, Yazoo, Frank Zappa, Supertramp, The Concept, Commodores, Green on Red, Deep Purple e muito, muito mais…

Claro que havia muita MPB. Do “A” do “Abertura” ao “Z” dos Zés Geraldo e Ramalho. E o “rock” do Terço, da Casa Encantada, Casa das Máquinas, Joelho de Porco, Rita Lee e muito, muito mais…

Esse povo todo não está somente nas lembranças ou na memória. Todos estão em discos LP (vinil) e CD e DVD ou “Blu-ray”, que guardo com zelo e os reescuto em conservado toca-discos e no “player” dos discos digitais. 

Como se lê, não faço nenhuma objeção aos CDs / DVDs / Blu-rays nem aos músicos clássicos, do “A” do italiano Albinoni ao “Z” do tcheco Zelenka (coincidência: tanto Albinoni quanto Zelenka eram elogiados por Johann Sebastian Bach).

Clássica, erudita, popular, folclórica, sacra, a música é a trilha sonora da História humana e da história de cada um de nós.

Qual é a sua trilha musical?

* * *

Falando em Música (“rock” é música), não há como não reiterar registros de músicos mais pertos de nós, seja pela espacialidade, seja pela brasilidade/regionalidade. Embora sejam músicos de um modo, digamos, mais brasílico, eles também têm suas referências rockeiras.

São artistas (compositores, instrumentistas, cantores) da música caxiense, imperatrizense, tocantina, maranhense e nordestina.

Conheço muitos deles e conheço um pouco mais de seus trabalhos, em especial as produções mais antigas, que coleciono. Já escrevi textos sobre alguns desses músicos, compositores e intérpretes, e diversos deles  — e suas produções, os discos —  foram descritos e documentados na “Enciclopédia de Imperatriz”, que escrevi, lançada no primeiro semestre de 2003, nos ecos dos 150 anos de Imperatriz, maior município do Maranhão, após a capital.

E referindo-me só às obras gravadas que tenho (em DVD, CD, LP, K-7, compacto duplo e simples), estão trabalhos e primeiros discos do Neném Bragança (falecido em 15 de janeiro de 2015) e outras produções “antigas” da “rapaziada”, como, por exemplo:

Wilson Zara (meu ex-colega de faculdade), Erasmo Dibell, Henrique Guimarães (competente; um dia será [re]descoberto…), Clauber Martins, Zeca Tocantins, Washington Brasil,…

…Lourival Tavares (parceiro de composições, uma delas — “Cenas — gravadas no seu disco “Lobo da Lua”), Luís Carlos Dias (meu apoiador e general de campanha), o (ins)piradíssimo e “fissurado” Chiquinho França (sobre quem escrevi textos e para quem agradeci a espontânea colaboração com belíssimo “blue” que compôs para campanha eleitoral minha),…

…meu colega e amigo Gildomar Marinho, Deive Campos, Lena Garcia, Olívia Heringer, Canta Imperatriz (CD), Carlinhos Veloz (a quem entreguei título de “Cidadão de Imperatriz”, por minha indicação e pelo que representa sua música “Imperador Tocantins”, hino não oficial de Imperatriz), Chico Brawn (que levava adiante projeto de formação musical para crianças; faleceu em 2021), Nani Vieira (Ernanes Vieira), VieiraDK6, Dumar Bosa, Elcias, Franck Seixas, Genésio Tocantins, Itamar Dias Fernandes, Adrianna Dias,…

…Dona Francisca do Lindô e da Mangaba (caxiense como eu; conversava com ela em sua residência no bairro Santa Inês, de Imperatriz; falecida em 5 de junho de 2017; ganhou prêmio nacional do Ministério da Cultura), Zuza e seu sax, Paulo Pirata (ou Paulo Maranhão), Ostérnio, Josean Amaury, Ires, Lídia, Gerson Alves, Ed Millson, Diogo Rodrigues, Ageu Santos, Adriana e suas Adrenalinas, Marcelino, Samya, Cleyton Alves, Alcides, Flor de Maria, Cia. Cristã de Fátima (Cocrifá), Victor Cruz, Lídia,…

…César & Matheus, Suzanna, Jandel & Jordão, Ray & Roger, Plebeu & Nativo, Acássio Reis, Rael & Ricardo, Grupo Celebr’Art, Banda Baetz, Júlio Nascimento, Fruta Mel, Pollyana, Valdenice, Elizeth Gomes, Chirley Camargo, Conexão Explosão, Cristo Melquíades, Luciano Guimarães & Banda, Marcos Villar, Forró Doce Paixão, Furacão Brasil, Galego & Adriano, Benerval Silva, Elissâmya, Elson Santos,…

…Raimundo Soldado, Paulinho dos Teclados, Pedrinho dos Teclados, Sandez, Raimundo Paulino e os Conscientes do Forró, Ray Douglas, Henrique Braga, Paulinho, Arão Filho, Wilson Júnior & Luciano, entre outros.

Documentei exaustivamente quase todos eles na “Enciclopédia de Imperatriz”.

Não esquecer as obras e outros autores maranhenses como Josias Sobrinho (tenho quase todos seus CDs, com dedicatória e tudo), “Arrebentação da Ilha”, Beto Pereira, Boizinho Barrica, Bumba-boi de Morros, Chico Saldanha, Cláudio Valente e Sérgio Habibe, Coral do Maranhão, Gerude, Hermógenes Som Pop, “Pedra de Cantaria”, Tribo de Jah, Tutuca, Ubiratan Sousa e Souza Neto.

De Minas Gerais, Rubinho do Vale.

De São Paulo,  ngelo Alves.

Do Pará, Wada Paz.

Em Fortaleza (CE), “entrosei-me” com o pessoal da música popular cearense. Gente do naipe de Calé Alencar (abraço, amigo!), Pingo de Fortaleza, Acauã, Edmar Gonçalves (além de músico, excepcional artista plástico/pintor; é primo do Calé Alencar), Augusto Bonequeiro, Lúcia Menezes, Abdoral Jamacaru, Adauto Oliveira, Alcântara, André & Cristina, Bernardo Neto, Cacau, Cego Oliveira, Cleivan Paiva, Jabuti, Manassés, Patativa do Assaré, Ricardo Augusto, Ronaldo Lopes & Banda Oficina, Talis Ribeiro, Tom Canhoto, e outros… (Calé, Edmar, Gildomar, como está esse povo todo?).

Fiz textos sobre Chiquinho França, Luís Carlos Dias, Zeca Tocantins, Lourival Tavares… Também escrevi sobre o Luís Brasília (falecido em 14 de fevereiro de 2011), jornalista e produtor cultural, criador do programa de TV “ArteNativa” (Mirante/Rede Globo), que divulgou ou lançou diversos nomes e obras.

Também ouço e aplaudo excelências musicais como Heury Ferr (violão), Humberto Santos e Junior Schubbert (violino), excepcionais nos instrumentos que tocam com mestria e Maestria.

Em minha terra natal, Caxias, Chico Belezza Beleza, Naum, Roger Maranhão, Jorge Bastiani, Antônio Cruz (falecido em 2020), Hilter (violão) e tantos outros são referência e orgulho caxiense, que nem José Salgado Maranhão, letrista de nome e nomeada, residente no Rio de Janeiro (RJ), com suas produções já gravadas por diversas grandes estrelas da MPB.

*

Os artistas da música acima são de variada flora, florada e floração. Todos os gêneros de composição. Da MPB ao “gospel”, do compromisso com a raiz que se finca na terra ao pólen que se espalha e se espraia pelos ares, mares, lares e outros lugares de muitos cantares.

EDMILSON SANCHES

[email protected]

www.edmilson-sanches.webnode.page

Administração – Comunicação – Desenvolvimento – História – Literatura

PALESTRAS, CURSOS, CONSULTORIA

OPORTUNIDADES: Seletivos para professores da Uema recebem inscrições até dia 24

As vagas são para as áreas de Agronomia e Administração, com salários entre R$ 2,4 mil e R$ 3,5 mil

A Universidade Estadual do Maranhão (Uema) está com inscrições abertas para processos seletivos destinados à contratação de professores substitutos em duas áreas: Agronomia e Administração. Os interessados podem se inscrever de 16 a 24 de julho de 2024.

 

 

 

Os seletivos abrangem vagas em diversos campi da Uema e áreas como Ciências Agrárias/Zootecnia e Ciências Sociais Aplicadas/Administração.

 

Uema Campus Balsas: Curso de Agronomia

 

 

  • 01 vaga em Ciências Agrárias/Zootecnia: Nutrição e Alimentação Animal; Produção Animal. Saiba mais

 

 

Uema Campus Paulo VI: Curso de Administração

 

 

  • 01 vaga em Ciências Sociais Aplicadas/Administração: Administração de empresas. Saiba mais

 

Os candidatos devem possuir graduação na área específica e titulação compatível com a vaga pretendida, conforme detalhado nos editais de seleção.

 

 

 

Os professores selecionados cumprirão carga horária semanal de 20h, com remuneração mensal variando entre R$ 2.447,55 e R$ 3.536,23, dependendo da titulação.

 

 

 

As inscrições são realizadas de forma on-line, por meio do site da Universidade, mediante o pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 100.

 

 

 

A validade dos processos seletivos será de 12 meses, a contar da homologação do resultado final, podendo ser prorrogada por igual período.

Com Informações: https://oimparcial.com.br/via  da assessoria

Boulos diz que, se eleito, poderá tomar imóveis para fim social

Pré-candidato à Prefeitura de São Paulo foi coordenador do MTST

Guilherme Boulos Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

O pré-candidato à Prefeitura de São Paulo e deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP) disse que, se for eleito, poderá tomar imóveis abandonados para fazer moradias populares, se baseando, segundo ele, na legislação. A declaração foi dada nesta sexta-feira (12) em sabatina promovida pelo site UOL e pelo jornal Folha de S. Paulo, ao ser questionado sobre a política habitacional que planeja implementar na cidade caso se torne prefeito.

 

– A ocupação acontece porque a lei não é cumprida. Eu vou cumprir a lei – disse.

 

– Estatuto da Cidade, lei federal aprovada em 2001. A lei diz que um imóvel subutilizado, ocioso, abandonado – muitos daqueles prédios no centro estão abandonados há 20, 30 anos, gerando insegurança para quem passa, gerando ali criminalidade, uso de droga, insegurança para as mulheres, especialmente – (o dono) tem que ser notificado. Se não cumpre função social, IPTU progressivo (tem que ser aplicado) e a Prefeitura pode tomar para fazer habitação de interesse social.

 

Boulos também defendeu sua atuação de duas décadas no movimento por moradia, o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), mas afirmou que aprendeu na Câmara dos Deputados, onde cumpre seu primeiro mandato parlamentar, a dialogar com quem pensa diferente.

O histórico de Boulos à frente do MTST lhe coloca em condição desconfortável. Quando indagado se, como prefeito, vai liberar invasões antes de autorização judicial, o pré-candidato disse que começaria sua política habitacional pelos prédios públicos, em que não há processo de desapropriação.

– A ocupação acontece justamente porque não houve política nesse sentido. Nós vamos fazer a política começando pelos imóveis públicos, que não têm essa burocracia – respondeu. Segundo ele, há mais de 30 prédios abandonados no centro expandido da capital paulista pertencentes ao INSS e que poderiam fazer parte do projeto.

Com Informações: https://pleno.news/via AE

CAXIAS EM FESTA: Gentil Neto abre campanha eleitoral com apoio de milhares de caxienses.

Uma multidão de pessoas lotaram o Marília Eventos para prestigiar o lançamento da pré-campanha para prefeito de Caxias do engenheiro Gentil Neto

(Da redação Repasse Informativo)

 

Uma noite memorável marcou a história de Caxias nesta sexta-feira (12), no Marília Eventos: o lançamento da candidatura de Gentil Neto para prefeito e Eugênio Coutinho como vice.

 

Milhares de pessoas lotaram o local para prestigiar os postulantes aos cargos majoritários testemunhando uma demonstração massiva de apoio à chapa que promete renovar e fortalecer a cidade e seu povo.

 

 

Estiveram presentes figuras proeminentes como o atual prefeito Fábio Gentil, a deputada Amanda Gentil, vereadores, secretários municipais, lideranças comunitárias e uma expressiva presença da população caxiense.

 

A ORGANIZAÇÃO

O evento foi meticulosamente organizado, refletindo não apenas a energia contagiante da campanha, mas também os valores de integridade e serviço público que têm guiado Gentil Neto em sua carreira.

“Esta noite representa não apenas o lançamento de uma campanha, mas o início de um movimento pelo futuro de Caxias”, afirmou Gentil Neto, visivelmente emocionado.

Ele acrescentou que estava profundamente grato “por ver tantos rostos aqui hoje, unidos por um objetivo comum: fazer nossa cidade crescer e prosperar”.

 

O discurso de Gentil Neto ressoou entre os presentes, que aplaudiram entusiasticamente suas palavras de compromisso e determinação.

O DISCURSO

“É hora de honrarmos nosso passado, mas também de olharmos para o futuro com determinação e esperança. Meu compromisso é com cada um de vocês, com cada bairro, cada família que confia em nós para liderar Caxias rumo a um novo horizonte de oportunidades e desenvolvimento”, reiterou Gentil Neto.

 

O prefeito Fábio Gentil também compartilhou suas palavras, destacando a confiança depositada em Gentil Neto para sucedê-lo. “Desde o início, sempre soube que Gentil tinha a força e a visão necessárias para continuar o trabalho iniciado por nosso grupo. Hoje, mais do que nunca, vejo nele não apenas um sucessor, mas um líder capaz de transformar os sonhos de Caxias em realidade”

 

 

A presença marcante de Eugênio Coutinho também foi destacada, fortalecendo a candidatura de Gentil Neto com sua experiência empresarial e compromisso com os ideais de progresso e inovação.

 

“Junto com Gentil Neto vamos construir uma cidade melhor para todos. Estamos prontos para enfrentar os desafios e transformar nossos sonhos em realidade”, afirmou Eugênio, em meio ao entusiasmo da plateia.

 

 

Senhor Raimundo do povoado Barro Vermelho fez questão de comparecer ao evento. “Não poderia deixar de participar desta noite. Estou com Gentil Neto desde o começo e iremos juntos para o caminho da vitória”.

O LANÇAMENTO

O lançamento da candidatura de Gentil Neto não apenas atraiu um público expressivo, mas também consolidou sua posição como um líder preparado para representar e conduzir Caxias para um futuro promissor.

Concurso INSS 2024 promete excelentes oportunidades para entrar no serviço público

Concurso INSS 2024 promete excelentes oportunidades para entrar no serviço público

 

 

Começou a contagem regressiva para um dos certames mais aguardados do ano: o Concurso INSS 2024. Este concurso promete não só uma boa remuneração, mas também estabilidade no emprego público, que continua sendo um grande atrativo para muitos brasileiros. Os interessados têm a oportunidade de concorrer a mais de 9 mil vagas distribuídas pelo país, que abrangem desde cargos de nível médio até superior.

A estrutura salarial do concurso é especialmente atrativa. Os candidatos aprovados podem ter rendimentos iniciando em R$ 5.938,09 para o cargo de Técnico do Seguro Social, além de receberem benefícios como auxílio alimentação. Para aqueles com formação superior, as compensações são ainda mais lucrativas, elevando-se substancialmente de acordo com o cargo e especialização, com salários que podem atingir os R$ 14.166,59.

 

O que faz deste Concurso INSS uma grande oportunidade?

 

Além dos atrativos salários e benefícios, a diversidade de cargos disponíveis torna este concurso uma excelente escolha para indivíduos de diversas áreas de formação. Cargos como Analista do Seguro Social e Perito Médico Federal são alguns dos exemplos de posições que exigem nível superior, enquanto o cargo de Técnico do Seguro Social é acessível para aqueles que possuem nível médio.

Como é o processo de seleção?

O processo seletivo do Concurso INSS é conhecido por sua rigorosidade, incluindo etapas como provas objetivas, avaliação de títulos e até prova prática em alguns casos. Tais etapas são desenhadas para assegurar que os candidatos não apenas atendam aos requisitos teóricos, mas também estejam plenamente capacitados para as assiduidades práxis do cargo. Além disso, um curso de formação também faz parte do processo, essencial para alguns cargos específicos.

 

Qual a expectativa para convocações futuras?

 

De acordo com o edital do concurso, é possível que novas convocações aconteçam antes mesmo de se pensar em um novo concurso. A última grande seleção, realizada em 2022, foi prorrogada até 04 de maio de 2025, proporcionando uma expectativa positiva para aqueles que se encontram no cadastro de reservas. Atualmente, mais de 1.200 candidatos já foram chamados, e a esperança é que com a prorrogação, um número ainda maior se integre ao quadro do INSS nos próximos anos.

Para os futuros candidatos, o ideal é iniciar a preparação o quanto antes, pois a concorrência promete ser acirrada. Dedicar-se ao completo entendimento do conteúdo programático e manter-se atualizado são passos essenciais para quem busca uma vaga nesse concorrido certame. Integrar redes de discussão e grupos de estudo pode também ser uma maneira eficaz de melhorar a preparação, compartilhando conhecimentos e estratégias com outros concurseiros.

  • Estude intensamente para todas as etapas do concurso.

  • Entenda em detalhes os critérios de avaliação específicos do seu cargo desejado.

  • Mantenha-se frequentemente atualizado sobre qualquer alteração no edital ou no cronograma das provas.

Com Informações:https://terrabrasilnoticias.com