Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

Dinheiro não é problema! R$ 100 milhões entram na parada e Botafogo age às pressas para fechar com novo craque

John Textor, dono da SAF do Botafogo (Reprodução: Vitor Silva/Botafogo)

Botafogo foi uma das equipes em que a Sociedade Anônima de Futebol (SAF) tornou-se realidade. Por meio do investidor John Textor, o clube carioca passou a contar com um poder econômico expressivo e conseguiu atrair profissionais de ponta para o clube que disputa o título da Série A do Brasileirão.

Um grande exemplo disso é o atacante espanhol Diego Costa, que chegou ao clube brasileiro nessa janela do meio do ano, para ser uma opção ao atacante Tiquinho Soares.

Além de ter buscado reforços para o elenco principal, como, por exemplo, a chegada do lateral direito Di Plácido, de 29 anos, que foi emprestado pelo Lanús, da Argentina, o Botafogo também trouxe o atacante paraguaio Matías Segovia, conhecido como “Segovinha”, que vem caindo na graça do torcedor botafoguense.

Ademais, o time carioca ainda reforçou as divisões de base ao certar com o centroavante Diego Abreu, filho do histórico atacante uruguaio Loco Abreu.

Para as divisões de base ainda houve o acerto com o meia Caio Vitor, do Volta Redonda, que foi emprestado por duas temporadas para o Botafogo, bem como o atacante Carlos Alberto, do América Mineiro, emprestado até o final do ano com uma cláusula de compra fixada em US$ 1 milhão de dólares, ou aproximadamente R$ 5,2 milhões de reais.

Botafogo age rápido e fecha contrato com atacante

Além de buscar nomes sólidos para o elenco, a equipe também contratou jogadores jovens bem como vem investindo na valorização dos atletas que atuam nas divisões de base. Dessa forma, o Botafogo se movimentou para renovar o contrato do atacante Kayke, de 17 anos, que foi artilheiro da Copa Rio com 10 gols marcados.

Os valores fixados em contrato são elevados: a multa rescisória para clubes do futebol estrangeiro está no valor de 20 milhões de dólares (aproximadamente R$ 100 milhões de reais), enquanto o valor fixado para clubes brasileiros é de R$ 30 milhões de reais. Dessa forma, a ideia é que o clube carioca consiga proteger sua joia e permitir que o atleta tenha um desenvolvimento tranquilo no Fogão.

Liderança no Brasileirão e foco único

Nos últimos dias, o Botafogo precisou lidar com uma derrota amarga para o Defensa y Justicia, da Argentina, na Copa Sul-Americana. A equipe argentina conseguiu superar o clube carioca e venceu a partida por 2 a 1, quebrando inclusive a invencibilidade de 19 partidas dos comandados do técnico português Bruno Lage.

Assim, o Botafogo passou a concentrar-se apenas no Brasileirão, onde lidera com folga a competição com 51 pontos conquistados em 22 rodadas, 10 a mais que o Palmeiras, que ocupa a segunda posição da competição nacional. Na última rodada, a equipe do Fogão foi derrotada para o Flamengo, por 2 a 1, em pleno Engenhão.

Com o objetivo de somar pontos e conservar a vantagem conquistada, o Botafogo visitará o Atlético Mineiro no próximo sábado (16), na Arena MRV, às 21h, em jogo válido pela 23° rodada do Brasileiro.

Com Informações: https://portaldatorcida.com.br

Categoria: Notícias