Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

SAIU NA VEJA: Revista Veja mostra documentos de que MST foi financiado com dinheiro público em Alagoas

A gravíssima denúncia foi noticiada pelo site da revista Veja, após acesso a documentos entregues à CPI do MST, que ocorre na Câmara dos Deputados, em Brasília. Segundo as provas recebidas por membros do colegiado, diligência no estado de Alagoas, registram que “os sem-terra que participaram de manifestações no Estado foram financiados pelo Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iterra-AL)”.

“Há contratos, notas fiscais e até pareceres jurídicos mostrando que o governo alagoano pagou ônibus, lonas e cestas básicas para subsidiar protestos, diz a matéria.

E esclarece:

“Os documentos mostram a relação dos movimentos com o Estado entre 2017 e 2020. A maior parte é de 2018. Uma das notas fiscais, no valor de 2.799 reais, comprova o aluguel de dois ônibus para transportar famílias que estavam participando de manifestações na Praça Sinimbu, em Maceió, em abril de 2018. O dinheiro foi liberado pelo Iterra, para movimentos que invadiram o Incra. Outra nota fiscal revela que o Iterra em Alagoas pagou 19,9 mil reais para comprar lonas destinadas às famílias que estavam acampadas na Praça dos Martírios, em Maceió, em abril de 2018. Há outra nota fiscal, de 8,3 mil reais, de compra de cestas básicas para os manifestantes que acamparam na Usina Laginha e Usina Guaxuma, em municípios de Alagoas”.

A CPI recebeu informações de que foram pagos 5,6 milhões de reais para empresas de ônibus entre 2015 a 2023, por meio do Instituto de Terras de Alagoas, órgão público responsável por regularizações fundiárias.

Com Informações: https://aldirdantas.com//via Jornal do Agro Online

Categoria: Notícias