Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

BASTIDORES DO PODER: Encontro do governador Carlos Brandão e o prefeito Eduardo Braide é o registro de maturidade política

O deputado federal Duarte Junior e o vereador Paulo Vitor, presidente da Câmara Municipal de São Luís se sentiram amplamente desconfortados com o encontro entre o governador Carlos Brandão e Eduardo Braide, prefeito de São Luís e candidato à reeleição. Os políticos entendem que serão candidatos a prefeito de São Luís e que contam o aval do governador e ficaram bastante surpresos com o encontro dos dois governantes.

A fragilidade e o conceito político de ambos, em que o ideológico e o pessoal não podem caminhar juntos, acabou se constituindo em uma falta de maturidade tanto do deputado federal como do vereador.

O governador Carlos Brandão, desde quando foi reeleito, deu uma ampla demonstração de maturidade e que a sua administração será para todos os segmentos sociais e naturalmente para todos os maranhenses, com a declaração de que o seu palanque havia sido desmontado. Se colocou à disposição das mais diversas correntes políticas para o diálogo e estendeu as mãos aos que foram adversários ideológicos. Comenta-se que o governador ligou para todos os prefeitos maranhenses para informar a cada um, que as portas do Palácio dos Leões estão abertas para todos.

A conversa entre o governador Carlos Brandão e o prefeito Eduardo Braide, está bem centrada em parcerias entre os governos estadual e municipal, de fundamental importância e com reflexos positivos para a população de São Luís, que naturalmente vão possibilitar outros encontros entre os dois e suas equipes de trabalho.

Naturalmente que em encontro entre políticos, de maneira algum deixará de ser falado aspectos políticos, mas nada que mereça maiores especulações. A verdade é que o diálogo aberto entre Carlos Brandão e Eduardo Braide foi muito bem visto nos mais diversos segmentos sociais e no contexto político a maioria achou salutar. Para os que não acreditam na própria competência política de luta e articulação, o receio é que possam sair de mira, que nem se sabe se estão nelas.

Fonte:https://aldirdantas.com//via  AFD

Categoria: Notícias