Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

ACONTECEU EM CAXIAS: Lojas Americanas foi fechada ontem a noite por descumprir os decretos estaduais e municipais

Lojas Americanas em Caxias foi fechada ontem a noite (24/03)  por descumprir os decretos estaduais (Decreto 35.677/20) e municipais que determina o não  funcionamento  de serviços não essenciais, como academias, shopping centers, cinemas, teatros, bares, restaurantes, lanchonetes, centros comerciais, lojas e estabelecimentos congêneres

Veja as imagens:

 

DIRETO DE BRASÍLIA: DF tem paciente curada após ser infectada por vírus chinês

Imagem: Arquivo pessoal/ via Agência Brasil

 

A advogada brasiliense Daniela Teixeira recebeu uma ótima notícia nesta semana quando soube que seu segundo exame para o vírus chinês deu negativo. Ela foi a primeira paciente do Distrito Federal a ter sido curada do contágio. Em uma entrevista à Agência Brasil sobre a experiência, a advogada destacou a importância das ações de prevenção e combate à epidemia.

Segundo a entrevista concedida à Agência Brasil, Daniela Teixeira foi infectada no dia 6 de março, em uma conferência para mulheres advogadas . Várias amigas da advogada começaram a apresentar os sintomas e tiveram exames dando positivo. Daniela também fez o exame, embora não estivesse com sintomas.

“Ainda tinha facilidade para isso, pois o laboratório onde fiz realizava em casa. Aí deu positivo”, disse Daniela à Agência Brasil.

Daniela disse que foi muito bem atendida pela Secretaria de Saúde do DF.

“Seguimos as instruções da secretaria de isolamento total. Ninguém entrava na minha casa. E os quatro que moram aqui em casa, meu marido e dois filhos, ficaram comigo para não disseminar o vírus. Porque se saíssem poderiam levar para outros. Fizeram exames e deram negativo. Ficamos totalmente isolados. Tive dor de cabeça, sintomas muito leves, de gripe, mal estar generalizado. Mas nada sério”, disse Daniela.

A advogada disse à  Agência Brasil que o pior sintoma é o medo.

“Meu medo de ter passado vírus para minha mãe e minha irmã, que tem problema de coração. Eu peguei o vírus trabalhando, nunca imaginei”, disse Daniela.

Daniela afirma que é muito importante para o paciente infectado pelo vírus chinês fazer a quarentena, mesmo tendo a vida temporariamente limitada.

“Aprendi também como faz falta abraço. Como é ficar em casa e não abraçar um filho, uma filha. Minha irmã fez aniversário e só pude dar um tchau pela janela. Não pudemos sair para comprar comida…A vida fica totalmente limitada”, disse Daniela à Agência Brasil.

Com informações: https://conexaopolitica.com.br//VIA  Agência Brasil.

GIRO PELO BRASIL: Veja o pronunciamento do Presidente Jair Bolsonaro na íntegra sem edição.

“Sem pânico ou histeria venceremos o vírus e nos orgulharemos de estar vivendo nesse novo Brasil, que tem tudo para ser uma grande nação”, diz Bolsonaro

Imagem: Pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão. – Foto: reprodução

Na noite desta terça-feira (24), o presidente da República, Jair Bolsonaro, fez um pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, em que situou a população do momento atual que o País enfrenta em relação à pandemia do vírus chinês e como o Governo Federal está agindo para conter os efeitos do avanço do vírus de Wuhan.

Destacou que, desde o resgate de compatriotas brasileiros em Wuhan, na China, surgiu o “sinal amarelo” de que a epidemia do coronavírus chegaria ao Brasil. Ele lembrou que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, se reuniu com praticamente todos os secretários estaduais de Saúde para que o planejamento estratégico de enfrentamento ao vírus chinês fosse construído. “Desde então, o dr. Henrique Mandetta vem desempenhando um excelente trabalho de esclarecimento e preparação do SUS para o atendimento de possíveis vítimas”, asseverou o presidente.

Sem pânico e histeria

Bolsonaro destacou que, naquele momento, era necessário conter o pânico, a histeria e, ao mesmo tempo, traçar a estratégia para salvar vidas e evitar o desemprego em massa. Agora, com a chegada do vírus chinês ao País, Bolsonaro afirmou que a pandemia está sendo enfrentada pelas autoridades públicas e que brevemente passará. “Nossa vida tem que continuar. Os empregos devem ser mantidos. O sustento das famílias deve ser preservado. Devemos, sim, voltar à normalidade”, disse.

Ele ainda lembrou que a maioria das pessoas não terá qualquer manifestação caso se contamine. “Devemos, sim, é ter extrema preocupação em não transmitir o vírus para os outros, em especial aos nossos queridos pais e avós, respeitando as orientações do Ministério da Saúde”, afirmou Bolsonaro.

Cloroquina

O presidente destacou, ainda, que o FDA americano (agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos) e o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, buscam a comprovação da eficácia da Cloroquina no tratamento do coronavírus chinês. “Nosso governo tem recebido notícias positivas sobre esse remédio fabricado no Brasil, largamente utilizado no combate à malária, ao lupus e à artrite”, frisou.

Linha de frente

Bolsonaro ainda homenageou todos os profissionais de saúde: médicos, enfermeiros, técnicos e colaboradores que, na linha de frente, recebem os pacientes nos hospitais, os tratam e os confortam.

“Sem pânico ou histeria, como venho falando desde o princípio, venceremos o vírus e nos orgulharemos de estar vivendo nesse novo Brasil, que tem tudo, sim, tudo para ser uma grande nação. Estamos juntos, cada vez mais unidos. Deus abençoe nossa Pátria querida”, concluiu o presidente.

Com Informações: https://conexaopolitica.com.br

CAXIAS EM DETALHES: Caxias solicita mais doses da vacina contra influenza após alta procura nas UBSs

Apesar da recomendação para que as pessoas não se aglomerassem em locais públicos, em Caxias, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) tiveram grande procura nos dois primeiros dias da Campanha de Vacinação contra a Gripe e o estoque zerou, antes mesmo de 48 horas do início da vacinação. Não foi apenas Caxias que registrou falta nas doses da vacina. 18 cidades da Grande São Paulo, região metropolitana, também tiveram a vacinação interrompida, segundo o Portal G1. Em todo o estado de São Paulo, a vacina faltou em 400 cidades.

Nesta 1ª etapa, o público prioritário é crianças de 6 meses a menores de 6 anos, idosos acima dos 60 anos e profissionais da saúde.  A vacina contra a gripe não protege contra o novo coronavírus, mas sim contra tipos de influenza (causada pela família de vírus à qual pertence o H1N1) e, justamente por isso, pode ajudar na prevenção, deixando a pessoa mais resistente e com as defesas mais fortes caso seja acometida pela covid-19.

Com a falta da vacina, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação da Vigilância Epidemiológica, já informou à Secretaria de Estado da Saúde, mas não há previsão para a chegada de novas doses de vacina. Diante dessa situação, o órgão orienta a população a ficar em casa e, tão logo seja reabastecido o estoque, o trabalho de imunização vai ser reiniciado.

“Peço que fiquem atentos ao nosso cronograma, pois iremos divulgar outras estratégias de imunização pelos meios de comunicação. Vamos tentar diminuir esse grande fluxo de pessoas nos postos, porque o que está acontecendo é que todo mundo quer ir para as unidades no mesmo dia e, ao invés de estarem se protegendo, na verdade estão se colocando em risco”, frisou Verônica Aragão, coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

ETAPAS

Serão três etapas da campanha em datas e para públicos diferentes. A 2ª etapa terá início no dia 16 de abril com objetivo de vacinar doentes crônicos, professores (rede pública e particular) e profissionais das forças de segurança e salvamento. A 3ª etapa, que começa no dia 9 de maio, será para pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

O dia “D” de mobilização nacional para a vacinação acontece no dia 9 de maio. Em Caxias, devem ser vacinadas 44.084 pessoas nas três etapas da campanha.

Com Informações: http://caxias.ma.gov.br

URGENTE EDUCAÇÃO: Governo e entidades definem estratégias para o processo de aprendizagem não presencial no Maranhão

Em videoconferência realizada nesta terça-feira (24), o Governo do Estado, em conjunto com entidades ligadas à Educação Básica no Maranhão, definiu um conjunto de estratégias para garantir a continuidade do processo de aprendizagem dos estudantes da redes públicas estadual e municipais do território maranhense, durante o período de isolamento social de prevenção ao COVID-19.

Coordenador da União de Conselhos Municipais, Emerson Araújo, também participou

O encontro virtual contou com membros do Conselho Estadual de Educação (CEE), da União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime-MA), União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME-MA), Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) e equipe de gestão da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

O Secretário Felipe Camarão destacou que todos os órgãos e entidades educacionais estão tralhando juntos com a mesma missão, construir estratégias para o processo de aprendizagem não presencial. “Nós, educadores, temos uma missão nesse momento excepcional, que é nos reinventar no sentido de definirmos juntos alternativas para que os estudantes continuem lendo, aprendendo e os professores produzindo conteúdo, assim, poderemos também colaborar com as autoridades sanitárias nesse período de isolamento social”, ressaltou.

De acordo com o secretário, entre as medidas traçadas estão: a regulamentação até dia 31 deste mês, por parte do CEE, das atividades nesse período excepcional; a Secretaria iniciará a produção de conteúdo através de plataformas na internet, mas, também, em meios eletrônicos com a gravação de aulas e veiculação em canais de TVs abertas e rádios, para que todos tenham a possibilidade de acesso à aprendizagem; além do encaminhamento de critérios de monitoramento e avaliação para garantir a qualidade do aprendizado dos estudantes. “Todos estão imbuídos de muita responsabilidade social e solidariedade para superar esse momento tão difícil pelo qual estamos passando”, acrescentou Camarão.

 

 

 

 

 

 

 

Presidente do Sinproesemma, Raimundo Oliveira, destacou a importância da produtividade dos professores da rede

A presidente do Conselho Estadual de Educação, Soraia Raquel, destacou que a entidade está buscando articulação com outros conselhos do país e também com a Uncme na perspectiva de orientar todo o sistema educacional do Maranhão. “A resolução do CEE, que será discutida com o pleno da Casa, levará em consideração que cada escola deve realizar atividades de acordo com sua proposta pedagógica, suas condições para reorganizar  o calendário e também questões administrativas importantes para vida profissional dos professores”, pontuou.

O coordenador da UNCME no Maranhão, Emerson de Araújo Silva,  informou que a entidade levará aos conselhos municipais de educação as orientações deliberadas pelo Conselho Estadual para que sejam aplicadas nas redes municipais de educação. “A Uncme está à disposição no sentido de enfrentarmos juntos essa crise, pensando sempre na qualidade da educação”, disse.

“É um momento novo para todos nós. É preciso buscar estratégias pedagógicas. O Sindicato abraça essa proposta de fazer com que essas orientações, nesse período de isolamento social, sejam produtivas para o professor, no sentido de que compartilhem conteúdos com seus alunos e para que os estudantes não tenham prejuízos na aprendizagem”, destacou Raimundo Oliveira, presidente do Sinproesemma.

O presidente da Undime-MA e secretário de educação de Rosário, Joaquim Neto, lembrou que alguns municípios ainda não possuem uma boa conectividade e sugeriu a utilização de meios alternativos. “É importante o uso das TVs repetidoras e rádios comunitárias para que veiculem conteúdos pedagógicos. E esse momento de união de forças é fundamental para pensarmos nessas estratégias de forma conjunta”, enfatizou.

Medidas adotadas para o setor educacional:

  1. Contribuição de todos – UNCME, Sindicato e UNDIME na elaboração da Resolução do CEE a respeito das atividades pedagógicas nesse período. Prazo até esta quarta-feira (25);

  2. Devem compor a resolução, propostas abertas (aulas via TV, rádios, entre outros recursos) para disponibilização de atividades para as etapas e modalidades de ensino, mas sempre prevendo monitoramento e avaliação da aprendizagem;

  3. As medidas valerão pelo período excepcional, por 30 dias, prorrogáveis e com suspensão dos efeitos pós-crise;

  4. A SEDUC disponibilizará para a UNDIME todas as tecnologias disponíveis, bem como materiais didáticos e suas redes socias;

  5. SEDUC e UNDIME irão gravar aulas em formato audiovisual pela estrutura da TV Assembleia para disponibilização em veículos de comunicação eletrônicos da capital e dos demais municípios;

  6. Solicitação à TV Brasil – EBC de aulas já gravadas;

  7. Criação do Comitê de Avaliação Educacional da crise: SEDUC, UNDIME, UNCME, SINPROESEMMA e CEE;

  8. Solicitação de recursos do programa Educação Conectada do Ministério da Educação para a universalização do acesso à internet.

Fonte: http://www.educacao.ma.gov.br//via Seduc

 

ACONTECEU EM CAXIAS: Fotos distribuídas pelo presidente da Câmara, vereador Catulé, em grupos de zaps, provocam muita polêmica no município…

As fotos são do momento em que uma equipe da Saúde municipal aplica doses de vacina contra a gripe ‘H1N1’ no parlamentar, em familiares e trabalhadores da casa do mesmo…

Grande sufoco

…A questão é que nos postos de Caxias o sufoco é grande para os idosos e crianças conseguirem se vacinar, afora a intensa aglomeração…

Falta de vacina

…E, pior, a falta da vacina… Que, como se viu, acabou muito rápido em todo o Maranhão assim que foi iniciada a vacinação na segunda-feira…

Exemplos

…Outros gestores municipais do Maranhão, por exemplo, tomaram a iniciativa de avisar aos idosos e pais de criança para que ninguém saísse de casa, pois as equipes de vacinação iriam até os lares dessas pessoas…

Total atenção

…Mas aqui em Caxias, ao invés de centrar total atenção na ameaça da covid-19 e, agora, na ‘H1N1’, o prefeito Fábio Gentil está mais preocupado é em nomear mais gente para o primeiro escalão de seu governo, como foi o caso da ex-prefeita Márcia Marinho, agora chefe da Secretaria Municipal da Mulher!

Com Informações: https://jotoniovianna.com.br

GIRO PELO BRASIL: Maia defende corte de 20% em salários de servidores

Segundo o presidente da Câmara, se a medida fosse ampliada para todos os Poderes geraria economia de R$ 3,6 bilhões por mês

Por: GABRIELA VINHAL

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sugeriu nesta terça-feira (24/03) que os três Poderes avaliem uma redução de até 20% dos salários dos servidores. Maia explicou que seria um gesto simbólico para mostrar à população que aqueles mais privilegiados também querem colaborar com o combate à pandemia do coronavírus.

O deputado fluminense explicou que o corte não seria para todos os funcionários públicos – aqueles que trabalham diretamente com o controle do novo coronavírus ou que têm salários mais baixos não participariam da medida, por exemplo. As declarações foram dadas nesta tarde, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

“Agora, os servidores públicos, seja aqueles concursados ou eleitos, todos têm uma estabilidade. Nesse momento, nada mais justo que a gente possa ir dialogando, sem parecer uma coisa oportunista. Aqueles que estão trabalhando de forma remota, que podem dar uma colaboração, é importante”, ponderou.

Maia voltou a defender que integrantes do Executivo e do Judiciário também estudem adotar as mesmas medidas temporariamente, durante o período de crise no país. De acordo com o presidente da Casa, a remuneração total de servidores dos três Poderes representa cerca de R$ 200 bilhões por ano.

“Tem salários mais baixos, tem salários mais altos, acima da média dos 10% que ganham mais no Brasil. Então eu acho que a gente consegue uma economia, se você olhar uns R$ 18 bilhões por mês, se você tirar 15% a 20%, você vai ter uma economia de três meses que ajuda”, complementou. A economia mensal com a medida seria de até R$ 3,6 bilhões, segundo Maia.

O governo federal tem estudado medidas para controlar o impacto econômico da pandemia no Brasil que serão apreciados pelo Congresso Nacional. Para o deputado, apesar do montante não ser o equivalente ao necessário para arcar com os custos do combate, há “certas horas que não é só o valor, é o simbolismo dado daqueles que têm uma proteção maior”.

Com Informações: https://www.metropoles.com

Caxias em Detalhes: Ex-prefeita Márcia Marinho assume a Secretaria da Mulher Caxias

Márcia Marinho é mãe do vice prefeito e deputado federal interino Paulo Marinho Júnior e deve permanecer no cargo até o final do governo (Da redação Repasse Informativo)

Foto Divulgação : (ex-prefeita Márcia Marinho)

O prefeito Fábio Gentil nomeou nesta segunda-feira (23), a ex-prefeita e ex-deputada federal , médica Márcia Marinho no cargo de secretária Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres.

Márcia Marinho já foi secretária Municipal da Criança e Ação Social na gestão do ex-prefeito Paulo Marinho e em seguida foi eleita deputada federal sendo candidata na eleição seguinte se elegeu prefeita de Caxias, após um tempo assumiu o mandato de deputada estadual.

A nomeação da secretária Márcia Marinho assinada pelo prefeito Fábio Gentil foi publicada no Diário Oficial de Caxias nesta segunda-feira.

Fonte referenciais http://www.blogdoludwig.com

DIRETO DE SÃO LUÍS: Alunos de química da UFMA produzirão álcool gel para doação

Atualmente tem sido praticamente impossível encontrar o produto disponível para venda

Reprodução

 

Por: Thayane Maramaldo

 

Um grupo de alunos, professores e técnicos do curso de Química, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), irão realizar a produção de álcool gel 70% para auxiliar a demanda da comunidade.

Desde o começo do surto do novo coronavírus no Brasil, as prateleiras onde antes ficavam os frascos de álcool gel, nas farmácias e supermercados, começaram a esvaziar em ritmo acelerado. Atualmente tem sido praticamente impossível encontrar o produto disponível para venda. A maioria das farmácias não tem nem previsão de quando haverá reposição.

Limpar as mãos com álcool gel é uma das principais recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para se prevenir contra o Covid-19. Mas, o uso do álcool gel tem sido mais recomendado para quem precisa sair de casa, já que está difícil de achar o produto. A alternativa tão eficaz quanto o álcool gel, também recomendada pela OMS para eliminação do vírus, é lavar bem as mãos com água e sabão.

Com Informações: https://oimparcial.com.br