Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

INTERNACIONAL: Chineses acham vírus que pode gerar pandemia e sugerem medidas de prevenção

O novo vírus foi identificado em porcos criados em fazendas chinesas (foto: AFP)

O novo vírus está presente em porcos e se assemelha ao vírus que causou uma pandemia de gripe suína em 2009. Cientistas defendem que se deve monitorar porcos e trabalhadores de fazendas para evitar que o G4 EA H1N1 se espalhe

Um novo vírus da gripe, atualmente presente em porcos e com potencial para provocar uma nova pandemia entre humanos, foi descoberto na China. O anúncio foi feito por cientistas chineses em estudo publicado na revista especializada Pnas, nesta segunda-feira (29/6). A boa notícia é que o vírus foi descoberto antes de se espahar entre os seres humanos, o que pode evitar sua disseminação.

Segundo os autores da pesquisa, os porcos costumam ser uma espécie de hospedeiro intermediário no desenvolvimento de variantes do vírus influenza (causador da gripe). O constante monitoramento dos vírus de gripe suína (SIVs, na sigla em inglês) ajuda a identificar novos micro-organismos capazes de infectar os seres humanos. 

Em um desses monitoramentos, a equipe liderada pelos pesquisadores George Gao e Jinhua Liu estudaram o 179 SIV, isolando-o de porcos em 10 províncias da China entre 2011 e 2018. Todos os vírus coletados foram agrupados em seis grupos a partir de seus genótipos, buscando semelhanças com o genótipo do H1N1, que já infecta humanos. 

Pandemia de 2009

Desde 2016, eles notaram notaram que o vírus passou a ter características muito semelhantes às do vírus da gripe suína que provocou uma pandemia em 2009. Esse novo vírus recebeu a marcação G4 EA H1N1. Os pesquisadores verificaram que esses micro-organismos têm potencial para se ligar a células humanas e se replicar em tecidos humanos. 

Além disso, os pesquisadores investigaram trabalhadores em fazendas chinesas e identificaram anticorpos contra o G4 EA H1N1 em 10,4% dos voluntários. Segundo os autores, medidas de controle do vírus nos porcos e um monitoramento constante dos funcionários das fazendas que criam porcos se faz necessário.

Com Informações: https://www.correiobraziliense.com.br

Categoria: Sem categoria

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.