Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

MARCAS DA TRAGÉDIA: Cinco mortes são registradas nas ultimas 48 horas em Caxias 

A jovem Bruna Bacelar era natural de Coelho Neto

Em um período de 48 horas, a Delegacia de Homicídios registrou um assassinato, duas vítimas fatais em decorrência de acidentes de trânsito e dois suicídios por enforcamento em Caxias. O delegado titular, Cesar Veloso, relatou as ocorrências ao Portal Noca.

O homicídio foi registrado por volta das 3h40 de segunda-feira (17), em uma residência na Rua da Ferrovia, no bairro Caldeirões. O travesti Gilberto Martins Melo, de 29 anos, conhecido por Michele, usuário de drogas e suspeito de furtos, teria sido executado por três pessoas armadas com espingardas.

 

Gilberto foi membro da Associação de Gays, Lésbicas e Profissionais do Sexo – AGLEPS. Em sua memória, a ong emitiu a seguinte Nota de Pesar:

NOTA DE PESAR

Hoje pela manhã foi sepultado o corpo de Michele, trans assassinada brutalmente e covardemente. A AGLEPS, através de todoss os seus participantes ativos e passivos, presta sua solidariedade a familiares e amigos. Estaremos de luto por sete dias em respeito e consideração a todas as trans e homossexuais.

 

Na mesma madrugada de segunda, por volta das 5h, um homem morreu vítima de atropelamento no bairro Vila Arias. A vítima foi identificada como João de Deus Dias da Conceição, vulgo “Jamburu”. O motorista, ainda não identificado, fugiu do local sem prestar socorro.

Outro acidente de trânsito resultou em morte em Caxias. O fato ocorreu na madrugada da última sexta-feira (14), quando Bruna Bacelar, de 22 anos, estava na garupa de uma motocicleta e caiu. Ela foi socorrida e hospitalizada desde então, acabou não resistindo e faleceu na tarde de segunda-feira (17).

 

Nesta terça-feira (18), dois suicídios por enforcamento confirmados. O 1º caso foi do adolescente Paulo Ferro Campelo, filho do médico Henrique Campelo. A vitima foi encontrada morta dentro de casa que fica localizada na Avenida Senador Alexandre Costa. O 2º caso aconteceu no povoado Brejinho. A professora Ana Elizabeth Felix foi encontrada morta pendurada em uma arvore. Ele deixa viúvo e filho.

 

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, área interna
Com Informações: http://igoralexandrealex95.blogspot.com.br via  Portal Noca
Categoria: Sem categoria

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.