Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

MOMENTO POÉTICO: A POESIA E O POETA… 

 

Poeta pensando

Por: Wybson Carvalho

Segundo o sábio professor, poeta e jornalista maranhense, Alberico Carneiro, se é atualíssima, ainda hoje, a teoria de Aristóteles sobre a arte da poesia ou da poética, apresentando-a como imitação, transformação ou mutação da realidade vista por outro


ângulo, o poeta é uma espécie de mago, feiticeiro, bruxo ou encantador. Desse ponto de vista, ele, o poeta, pode transfigurar a linguagem da semântica, isto é: fazer com que as palavras, à maneira dos camaleões, passem por um processo mimético ou do mimetismo. E, assim, como camaleão, que, para preservar-se dos predadores mais perigosos, adapta à coloração da pele à cor do ambiente, para fingir e confundir-se com a paisagem, também o poeta faz com que as palavras imitem a realidade, procurando inseri-las no contexto semântico que corresponda à sua ambiência irreal.

O poeta Português, Fernando Pessoa, traduz esse paradoxo ou ambiguidade aristotélica sobre o ato da imitação à realidade: – “o poeta é um fingidor/finge tão completamente/ que chega a fingir que é dor/ a dor que deveras sente”. Já o poeta ludovicense, Nauro Machado, outro ser humano-cultural incompreendido em seu tempo, se confessa e, portanto, explica: – “a dor de ser poeta/ do ser fatal/ a dor de ser feroz/ é instante só/ mas que no ser demora e dura e fere/ para que mais doa”.

E um poeta-camaleão, Salgado Maranhão, se faz poetar nas coisas: – “As coisas querem vazar o poema/em sua crosta de enredos, as coisas querem habitar o poema/para serem brinquedos. Chove nas fibras de alguma essência secreta e o poema rasga a arquitetura do poeta”.

E a poesia?

“A é a arte da linguagem humana do gênero lírico, que expressa sentimento através do ritmo e da palavra cantada. Seus fins estéticos transformaram a forma usual da fala em recursos formais, através das rimas cadenciadas. A poesia faz adoração a alguém ou a algo, mas pode ser contextualizada dentro do gênero satírico também. Há três expressões de poesias: as existenciais, que retratam as experiências de vida, a morte, as angústias, a velhice e a solidão; as líricas, que trazem as emoções do autor; e a social, trazendo como temática principal as questões sociais e políticas”.  Mas, poesia é, eminentemente, arte e exercício humano/espiritual. Quanto ao questionamento conceitual sobre esse contexto, temos a certeza: Bertoldo Breath se fosse questionado por alguém a respeito do conceito de o quê é a poesia, certamente o questionador já obteria sua resposta – “poesia é o próprio homem/trabalhador e, em realidade, há homens que trabalham anos e anos; esses são considerados bons / há homens que trabalham anos e anos; esses são considerados muito bons / e há homens que trabalham sempre; esses são imprescindíveis…”. Portanto, a poesia é um produto do esforço psicofísico humano. O mesmo questionamento, feito a Henfil, é claro, também, ele já nos respondera: – “poesia é arvore de vida e, em realidade, se dela não houver frutos, valerá o perfume e a beleza das flores; se dela não houver flores, valerá a sombra e o abrigo das folhas; e, se, dela não houver frutos, flores e folhas, valeu a intenção da semente…”. Embora a poesia, é claro, também, produto natural do esforçado cio da terra.

Wybson Carvalho, poeta caxiense.

 

 

EXCLUSIVO: Dr. Francisco fala sobre Saúde Pública no programa Direto ao Assunto em Codó.

O médico codoense Dr. Francisco que há vários anos presta relevantes serviços à comunidade codoense concedeu no início desta semana uma entrevista ao apresentador Genivaldo Cobra onde discorreu com bastante segurança às questões atuais referentes à saúde pública. E sugeriu mudanças efetivas em políticas públicas e atuação com eficácia nesse setor.

Confira a entrevista:

CULTURA: BURITICUPU JÁ TEM SUA ACADEMIA DE LETRAS

Foto aérea: ( Divulgação da cidade de Buriticupu)

 

Por: Edmilson Sanches

 

Confirmando a História e fortalecendo sua tradição de terra das Letras, o Maranhão entra o novo ano com duas novas academias literárias: dia 4 foi criada a academia de Rosário e, um dia antes, a Academia de Letras de Buriticupu, município maranhense a 413 km da capital do Estado, São Luís.

A primeira diretoria da Academia de Letras de Buriticupu (da esquerda para a direita): Lourival Santos (diretor adjunto), Isaías Aguiar (presidente), Jaílson Teixeira (diretor administrativo), Betel Rodrigues (diretora administrativa) e Ariel Primo (vice-presidente).

A diretoria da ALB e a professora Aldeane Mello (primeira à esquerda), secretária da Assembleia Geral, o escritor Miguel Alves Pereira (primeiro à direita) e, agachados, Edmilson Sanches e Isaias Neres Aguiar, presidente.

A criação da Academia de Letras de Buriticupu (ALB) deu-se em reunião de assembleia geral realizada sexta-feira, 3 de janeiro, às 19h30, na Rua da Liberdade, nº 20, em imóvel com salão e outras dependências, o qual, por cessão sem ônus, passa a ser a sede da entidade.

Escritores, na maioria professores e servidores públicos, com a presença de convidados, além da fundação da ALB, aprovaram o Estatuto da Academia, de conformidade com o Código Civil, lei federal que regulamenta a criação e existência de entidades do gênero, e elegeram a primeira diretoria, em chapa de consenso, imediatamente empossada, com mandato de dois anos, até 3 de janeiro de 2022. A assembleia geral foi presidida por Isaías Neres Aguiar e, na secretaria, a professora Aldeane Mello Cavalcante Oliveira Leite, graduada em Letras.

A primeira diretoria ficou assim constituída: Presidente – Isaías Neres Cardoso Aguiar, professor, servidor público, escritor, com 13 livros publicados, inclusive sobre a história de Buriticupu; Vice-Presidente – Ariel Costa Primo, professor, escritor, empresário do segmento de Educação Superior; Diretor Administrativo – Jaílson Soares Teixeira, secretário municipal de Administração, escritor, que lançará livro em 8 de março; Diretora Financeira – Betel Santana Rodrigues, professora, ex-secretária municipal de Educação e atual secretária municipal de Assistência Social; Diretor Adjunto – Lourival de Oliveira Santos, professor e escritor.

A criação da Academia de Letras de Buriticupu era assunto recorrente, que vinha sendo tratado há anos pelo professor e escritor Isaías Neres Cardoso Aguiar e o jornalista, escritor e consultor Edmilson Sanches, que fundou e presidiu a Academia Imperatrizense de Letras e colaborou para a fundação e instalação de diversas entidades culturais e classistas maranhenses, entre elas as academias de letras de Açailândia, Caxias, João Lisboa, Santa Inês e São João do Sóter. Sanches é membro do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão, do Instituto Histórico e Geográfico de Caxias, da Academia Sertaneja de Letras, Educação e Artes do Maranhão, da Sociedade de Cultura Latina, da União Brasileira de Escritores e membro correspondente da Academia de Letras de Rondon do Pará e Região. Na reunião, Edmilson Sanches foi presenteado pelo escritor Miguel Alves Pereira com um exemplar autografado de seu livro de memórias “O Peregrino que Venceu”.

Antes da assembleia de criação da Academia de Buriticupu, Isaías Aguiar e Edmilson Sanches visitaram o Cartório do Ofício Único do município, onde foram recebidos, apresentaram a minuta dos documentos de criação (edital, estatuto, ata) e obtiveram a confirmação de que a documentação estava correta.

Segundo o consultor Edmilson Sanches, o município de Buriticupu é um dos que mais crescem no Estado, mesmo em tempos de crise. Os números mais recentes, divulgados pelo IBGE, mostram que a economia buriticupuense totaliza praticamente meio bilhão de reais no ano (2017). Buriticupu era distrito de Santa Luzia até ser oficialmente criado pela Lei Estadual n.º 6.162, de 10/11/1994 e instalado a partir de 1º de janeiro de 1997. Tem 2.544 quilômetros quadrados e mais de 72 mil habitantes.

____
Fotos: 1) A primeira diretoria da Academia de Letras de Buriticupu (da esquerda para a direita): Lourival Santos (diretor adjunto), Isaías Aguiar (presidente), Jaílson Teixeira (diretor administrativo), Betel Rodrigues (diretora administrativa) e Ariel Primo (vice-presidente). 2) A diretoria da ALB e a professora Aldeane Mello (primeira à esquerda), secretária da Assembleia Geral, o escritor Miguel Alves Pereira (primeiro à direita) e, agachados, Edmilson Sanches e Isaias Neres Aguiar, presidente.

MOMENTO DO CONSUMIDOR: Equatorial Maranhão orienta sobre direitos e deveres do consumidor de energia

Toda pessoa deve saber sobre direitos e deveres, e com o cliente de energia elétrica não é diferente. Por isso, a Equatorial Maranhão orienta sobre o assunto, a fim de que a comunidade entenda sobre o que pode ser exigido em conformidade com a lei, bem como seus deveres enquanto consumidor.

  • É um direito do consumidor, receber informações e orientações sobre uso adequado da energia para evitar desperdícios e acidentes. Essas informações estão disponíveis no site e nas agências de atendimento presenciais.

  • O consumidor também tem o direito de receber a conta na sua residência com cinco dias úteis antes da data de vencimento, bem como o direito de escolher a melhor data de vencimento da sua conta, mais próxima ao dia em que ele recebe seu salário. Assim, é possível evitar a cobrança de multa por atraso e não terá cortes de energia em casa.

  • A Equatorial Maranhão oferece 6 opções de datas de vencimento. É dever do cliente pagar a conta de energia até a data do vencimento.

  • É também direito do consumidor ter acesso a um serviço de atendimento telefônico gratuito 24 horas. E para falar com a Equatorial Maranhão é simples: basta ligar na Central de Atendimento 116.

  •  O corte é direito da Distribuidora e o pagamento das contas é dever dos clientes. Essa determinação está na Resolução 414 da ANEEL, a Agência Nacional De Energia Elétrica.

  • A Equatorial Maranhão não faz o corte de energia no turno da noite e nem nos finais de semana. Mas, as equipes de fiscalização, ao identificarem clientes autorreligados retornam à residência desses clientes e desligam novamente a energia, inclusive aos sábados. Essa medida é realizada conforme as regras da ANEEL e, além de evitar furto de energia, também acontece por medida de segurança para as pessoas do imóvel autorreligado.

  • Quem determina o prazo do envio do reaviso de vencimento e do corte da energia, é a Resolução 414 da ANEEL, por meio do artigo 173. Esse artigo determina que o reaviso de vencimento pode ser enviado logo após o vencimento da conta, e a energia pode ser suspensa após 15 dias da entrega do reaviso, que é um dever da Equatorial Maranhão.

Para mais informações sobre direitos e deveres, acesse equatorialenergia.com.br ou ligue 116.

Com Informações:  Assessoria de Imprensa da Equatorial Energia Maranhão

 

CONCURSO: Prefeitura de cidade turística abre concurso com mais de 200 vagas

Os profissionais que forem efetivados terão o vencimento R$ 998,00 a R$ 4.000,00 em regime de 30 a 40 horas semanais.

A Prefeitura de Barreirinhas – MA divulgou o novo Concurso Público destinado ao preenchimento de 222 vagas em funções de níveis fundamental, médio e superior. As informações são do PCI Concursos.

As oportunidades são para as funções de: Auxiliar Operacional de Serviços Diversos (42); Vigia (3); Motorista (1); Auxiliar Administrativo (4); Fiscal de Tributos (1); Guarda Municipal (1); Auxiliar de Enfermagem (2); Fiscal de Vigilância (1); Agente Comunitário de Saúde (35); Auditor Fiscal; Procurador; Psicopedagogo (1); Supervisor Escolar (1); Nutricionista (1); Médico (1); Bibliotecário (1); Professor de Educação Infantil (10); Professor do Ensino Fundamental 1º ao 5º Ano (53); Professor do Ensino Fundamental 6º ao 9º Ano – Educação Física (1); Professor do Ensino Fundamental 6º ao 9º Ano – Filosofia (1); Professor do Ensino Fundamental 6º ao 9º Ano – Inglês (19); Professor do Ensino Fundamental 6º ao 9º Ano – Matemática (21); Professor do Ensino Fundamental 6º ao 9º Ano – Português (18); Professor de Educação Especial (2) e Professor de Libras (2).

As inscrições devem ser realizadas do dia 16 de dezembro de 2019 até o dia 13 de janeiro de 2020, por meio do endereço eletrônico www.institutolegatus.com.br. A taxa de participação é no valor de R$ 80,00 a R$ 115,00.

Os profissionais que forem efetivados terão o vencimento R$ 998,00 a R$ 4.000,00 em regime de 30 a 40 horas semanais.

Como método de avaliação dos concorrentes será aplicado Prova Objetiva na provável data do dia 15 de março de 2020, além de que há ainda Avaliação de Títulos.

Este Processo Seletivo tem o prazo de validade de dois anos, a contar da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma única vez pelo mesmo período.

Com Informações: https://www.meionorte.com

 

Francisco Nagib ultrapassa 86% de rejeição e pode levar a maior taca de votos da história Codó.

Foto: ( Divulgação prefeito de Codó Francisco Nagib )

 

PODER, DINHEIRO, PERSEGUIÇÃO E MALDADE, são esses nomes que fazem a marca do governo FC. É impressionante como o grupo do prefeito Francisco Nagib continua se incomodando com a humildade e a aceitação com o povo codoense do pré-candidato a prefeito de Codó, Dr. José Francisco.

O pré-candidato que mais vem visitando e ouvindo de perto os problemas que vem passando a população, vem deixando o grupo do prefeito cri-cri, e logo começam a apelar atacando o pré-candidato  mais aceitado pelo povo.

A REJEIÇÃO TRAZ A APELAÇÃO

Ultrapassando já os 86% de rejeição dentro de Codó, segundo as pesquisas, Francisco Nagib já está bem ciente que é mais fácil pato morrer afogado que conseguir uma releição, mas que vai usar dois planos para tentar, um é com o dinheiro, e o outro é tentar de todo jeito atrapalhar a pré-candidatura de Zé Francisco, ou de qualquer outro que venha ameaçar o grupo faminto. Planos esses que jamais darão certos, pois o povo dessa vez  será muito mais esperto em escolher seu novo representante nas eleições de 2020, o pensamento é MUDANÇA e ESPERANÇA.

O INCÔMODO

Um blog do grupo do prefeito publicou uma matéria para atingir a imagem de Zé Francisco, que todos os dias tem o prazer de acordar conversando com o povo.

Muito antes de pensar em apostar seu nome na política, o médico Dr. José Francisco, sempre atendeu dezenas de pessoas carentes na porta de sua casa, talvez sendo o único médico de Codó que tem essa simplicidade com o povo carente, por isso que Zé Francisco é bem recebido onde passa, essas imagens podem ser o resultado das eleições em 2020, só resta aguardar…

 

Com Informações: https://www.agenciamaranhao.blog.br

 

 

 

CAXIAS EM DETALHES: Inscrições do Programa Minha Casa é 10 leva multidão ao Centro de Cultura.

As inscrições para o Programa Minha Casa é 10, da Prefeitura Municipal de Caxias, já estão acontecendo no Centro de Cultura e seguem até o final de janeiro com possibilidade para prorrogação, até o atendimento de todas as famílias.

“As casas não serão feitas conforme as inscrições. As inscrições vão ser feitas até final de janeiro e podem ser prorrogadas. Só vamos fazer 200 pessoas por dia, é meta diária e vamos continuar assim. O fato de você vir mais cedo, não significa que você vai receber a casa primeiro, nós temos os critérios, nós vamos visitar”, afirma Prof. Chiquinho, secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento social.

Foto: Professor Chiquinho

O programa é destinado para famílias de baixa renda. Centenas de famílias carentes estão indo garantir a participação e quem sabe ganhar uma casa 100% quitada pela Prefeitura e com o terreno regularizado.

“Eu preciso. Maravilhoso, achei importante porque vou ganhar minha casa. A casa é ruim, tapada de taipa”, disse Maria Alves, moradora do Luiza Queiroz.

“É importante. Eu tenho um barraco de taipa e tá quase caindo, precisa construir e essa oportunidade vou aproveitar. Estou confiante em nosso prefeito, gente boa”, frisa Elias Lima, morador do Antenor Viana.

“É uma oportunidade boa. É uma casinha de taipa e precisa de uma reforma muito grande. É uma oportunidade para quem não pode construir”, disse Francisca Machado, moradora do Antenor Viana.

“Eu acho tão feliz se eu ganhar minha casinha. Minha casa está caindo as paredes. Eu estou confiante em ganhar minha casa”, ressalta Nazira da Silva, moradora do Campo de Belém.

“É uma oportunidade muito boa. Hoje estou aqui. Tem muita gente precisando. Eu estou confiante, com a licença de Deus vai dar certo”, lembra José Gomes, morador do Bairro Fumo Verde.

A equipe está observando os seguintes requisitos: não possuir outro imóvel em seu nome e/ou de seu companheiro; não ter sido beneficiado, anteriormente, em programas habitacionais do Município, Estado ou União; comprovar oficialmente que reside, no mínimo, há 02 (dois) anos no município de Caxias; e a família deve ser cadastrada no CADÚNICO  – Cadastro Único dos Programas Sociais (Número de Identificação Social/NIS). Após as inscrições, assistentes sociais farão visitas a todas as famílias e vão priorizar aquelas que mais precisam.

“A prioridade são pessoas que já têm casa de taipa, que já moram há mais de 2 anos em Caxias. Tem gente vindo de São João do Sóter, tem gente vindo de Coelho Neto, pra fazer o cadastro, tem que comprovar que mora aqui”, afirma Prof. Chiquinho.

Durante o programa Café com o Prefeito, Fábio Gentil lembrou que as famílias mais carentes serão prioridade.

“Serão construídas as casas daqueles que mais precisarem neste momento. Todas que fizeram o cadastro irão participar desse processo. Quando foi fazer sua inscrição leve seus documentos, porque os primeiros beneficiados serão aqueles que tiverem em casas insalubres”, disse o prefeito.

Com Informações: http://caxias.ma.gov.br

 

URGENTE: Irã lança mísseis contra duas bases dos EUA no Iraque

Bombardeio é primeira represália de Teerã ao assassinato do general iraniano Qasen Soleimani; Trump convocou reunião de emergência

A base militar iraquiana de Al Asad, usada pelas tropas da coalizão dos Estados Unidos no país, foi atingida na noite desta terça-feira, 7. Pelo menos 12 mísseis balísticos foram lançados e pelo menos seis deles atingiram o local, de acordo com a imprensa internacional. Também foram disparados foguetes contra uma base americana em Erbil, no norte do Iraque. Ainda não há ainda confirmação oficial sobre  vítimas.

De acordo com a agência de notícias iraniana Fars, o ato é uma retaliação do Irã ao ataque de um drone militar dos EUA que matou o principal comandante militar iraniano Qasem Soleimani, na última sexta-feira, 3. A operação “Martir Soleimani” foi executada pela Guarda Revolucionária do Irã à 1h20 (20h20 em Brasília), o mesmo horário do assassinato do general no último dia 2.

خبرگزاری فارس

@FarsNews_Agency

🚨 | انتقام سخت به وقوع پیوستبرخی منابع خبر از شلیک موشک‌های بالستیک ایرانی به سمت پایگاه عین‌الاسد در عراق که محل استقرار نیروهای آمریکایی است، می‌دهند.

Ver imagem no Twitter

خبرگزاری فارس

@FarsNews_Agency

🎥 «انتقام سخت» آغاز شد/ حملات سنگین موشکی سپاه به پایگاه آمریکایی عین‌الاسد

683 pessoas estão falando sobre isso

Em comunicado, a Casa Branca afirmou estar ciente dos ataques às instalações americanas no Iraque. “O presidente (Donald Trump) foi informado e está monitorando a situação de perto e consultando sua equipe de segurança nacional”, diz o texto. A secretária de imprensa da Casa Branca acrescentou que Trump está “monitorando de perto a situação”, segundo o jornal The Washington Post.

Uma reunião do gabinete de crise foi convocada por Trump nesta noite para avaliar o ataque e uma possível resposta americana.A rede de televisão CNN informou que os secretários de Defesa, Mark Esper, de Estado, Mike Pompeo, e o chefe das Forças Conjuntas dos Estados Unidos, general Mark Milley, já ingressaram na Casa Branca.

O Departamento de Defesa sustentou que tomará as medidas necessárias para proteger as forças americanas. “Estamos trabalhando na avaliação dos prejuízos iniciais”, afirmou o porta-voz do Pentágono, Jonathan Hoffman por meio de comunicado.

Publicidade

O principal negociador nuclear do Irã, Saeed Jalili, que também é político e representante do Líder Supremo, postou no Twitter uma imagem da bandeira iraniana após relatos de ataques à base aérea de Al-Asad. Donald Trump fez o mesmo com a bandeira dos Estados Unidos logo após o ataque que matou Suleimani.

8.156 pessoas estão falando sobre isso

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, visitou o local em dezembro de 2018. Pouco depois, em março de 2019, ele afirmou que as tropas americanas permaneceriam na base para ‘apoiar’ o Irã após derrotarem o Estado Islâmico.

Mais informações em instantes.

Com Informações: https://veja.abril.com.br