Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

GIRO PELO BRASIL: EX-PRESIDENTE Lula é alvo de 2ª denúncia na Lava Jato

     Estadão
Ex-presidente é acusado de receber propina por meio de terreno e apartamento
Lava Jato denuncia Lula, Palocci e Odebrecht por corrupção e lavagemEsta é a segunda acusação formal da força-tarefa do Ministério Público Federal, no Paraná, contra o ex-presidente; propinas pagas pela Odebrecht, no esquema liderado pelo ex-presidente, chegaram a R$ 75 milhões em oito contratos com a Petrobras e incluíram terreno de R$ 12,5 milhões para Instituto Lula e cobertura vizinha à residência de Lula em São Bernardo de R$ 504 mil, segundo peça

Em denúncia oferecida nesta quarta-feira, 14, pela força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal, em Curitiba, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é acusado de praticar os crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro, desta vez em razão de contratos firmados entre a Petrobrás e a Construtora Norberto Odebrecht S/A.

Ao todo, Lula é alvo de cinco denúncias: duas da Lava Jato, no Paraná, uma na Operação Zelotes, uma na Operação Janus e uma no âmbito da Lava Jato, em Brasília.
A acusação formal tornada pública nesta quinta é a segunda da força-tarefa do Ministério Público Federal, no Paraná. Em setembro deste ano, a Procuradoria da República, no Paraná, denunciou o petista também por lavagem de dinheiro e corrupção no caso triplex e no pagamento da armazenagem de bens pessoais.

Lula foi denunciado ainda na Operação Zelotes por tráfico de influência na compra dos caças Gripen e na prorrogação de incentivos fiscais destinados a montadoras de veículos por meio da Medida Provisória 627 em 9 de dezembro.

O ex-presidente também é acusado pelo Ministério Público Federal por obstrução de Justiça, por supostamente ter tentado barrar a delação do ex-diretor da área Internacional da Petrobrás Nestor Cerveró na Operação Lava Jato e ainda por tráfico de influência em um empreendimento da Odebrecht em Angola, na Operação Janus, que envolve o sobrinho de sua primeira mulher.

A exemplo da acusação feita na Ação Penal nº 5046512-94.2016.4.04.7000, Luiz Inácio Lula da Silva é apontado como o responsável por comandar uma sofisticada estrutura ilícita para captação de apoio parlamentar, assentada na distribuição de cargos públicos na Administração Pública Federal. A denúncia aponta que esse esquema ocorreu nas mais importantes diretorias da Petrobrás, mediante a nomeação de Paulo Roberto Costa e Renato Duque para as diretorias de Abastecimento e Serviços da estatal, respectivamente.

Por meio do esquema, diz a denúncia, estes diretores geravam recursos que eram repassados para enriquecimento ilícito do ex-presidente, de agentes políticos e das próprias agremiações que participavam do loteamento dos cargos públicos, bem como para campanhas eleitorais movidas por dinheiro criminoso.

Também foram denunciados o empresário Marcelo Odebrecht, acusado da prática dos crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro; Antonio Palocci e Branislav Kontic, denunciados pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro; e Paulo Melo, Demerval Gusmão, Glaucos da Costamarques, Roberto Teixeira e Marisa Letícia Lula da Silva, acusados da prática do crime de lavagem de dinheiro.

Nesta denúncia, a propina, equivalente a percentuais de 2% a 3% dos oito contratos celebrados entre a Petrobrás e a Construtora Norberto Odebrecht S/A, totaliza R$ 75.434.399,44. Este valor foi repassado a partidos e políticos que davam sustentação ao governo de Luiz Inácio Lula da Silva, especialmente o Partido dos Trabalhadores (PT), o Partido Progressista (PP) e o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), bem como aos agentes públicos da Petrobrás envolvidos no esquema e aos responsáveis pela distribuição das vantagens ilícitas, em operações de lavagem de dinheiro que tinham como objetivo dissimular a origem criminosa do dinheiro.

Parte do valor das propinas pagas pela Construtora Norberto Odebrecht S/A foi lavada mediante a aquisição, em benefício do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do imóvel localizado na Rua Dr. Haberbeck Brandão, nº 178, em São Paulo (SP), em setembro de 2010, que seria usado para a instalação do Instituto Lula. O acerto do pagamento da propina destinada ao ex-presidente foi intermediado pelo então deputado federal Antonio Palocci, com o auxílio de seu assessor parlamentar Branislav Kontic, que mantinham contato direto com Marcelo Odebrecht, auxiliado por Paulo Melo, a respeito da instalação do espaço institucional pretendido pelo ex-presidente.

A compra desse imóvel foi realizada em nome da DAG Construtora Ltda., mas com recursos comprovadamente originados da Construtora Norberto Odebrecht, em transação que também contou com a interposição de Glaucos da Costamarques, parente de José Carlos Costa Marques Bumlai, sob a orientação de Roberto Teixeira, que atuou como operador da lavagem de dinheiro. O valor total de vantagens ilícitas empregadas na compra e manutenção do imóvel, até setembro de 2012, chegou a R$ 12.422.000,00, como demonstraram anotações feitas por Marcelo Odebrecht, planilhas apreendidas na sede da DAG Construtora Ltda. e dados obtidos em quebra de sigilo bancário, entre outros elementos.

Além disso, parte das propinas destinadas a Glaucos da Costamarques por sua atuação na compra do terreno para o Instituto Lula foi repassada para o ex-presidente na forma da aquisição da cobertura contígua à sua residência em São Bernardo de Campo (SP). De fato, R$ 504.000,00 foram usados para comprar o apartamento vizinho à cobertura do ex-presidente. A nova cobertura, que foi utilizada pelo ex-presidente, foi adquirida no nome de Glaucos da Costamarques, que atuou como testa de ferro de Luiz Inácio Lula da Silva, em transação que também foi concebida por Roberto Teixeira, em nova operação de lavagem de dinheiro. Na tentativa de dissimular a real propriedade do apartamento, Marisa Letícia Lula da Silva chegou a assinar contrato fictício de locação com Glaucos da Costamarques, datado de fevereiro de 2011, mas as investigações concluíram que nunca houve o pagamento do aluguel até pelo menos novembro de 2015.

A denúncia foi elaborada com base em depoimentos, documentos apreendidos, dados bancários e fiscais bem como outras informações colhidas ao longo da investigação, todas disponíveis nos anexos juntados aos autos.

“Esta denúncia reafirma o compromisso do Ministério Público Federal com o cumprimento de suas atribuições constitucionais e legais, independentemente das tentativas de intimidação dos acusados e de seus defensores, dos abusos do direito de defesa em desrespeito ao Poder Judiciário e do abuso do poder de legislar utilizado em franca vingança contra as Instituições”, diz nota da Procuradoria da República.

COM A PALAVRA, A DEFESA DO EX-PRESIDENTE LULA

“A nota à imprensa que acompanhou mais uma denúncia protocolada na data de hoje (15/12) pelo Ministério Público Federal contra o ex-Presidente Luiz Inacio Lula da Silva e sua esposa deixa claro que o ato é fruto de retaliação. Nenhum cidadão pode ser acusado pela prática de crimes de corrupção que jamais praticou sob o pretexto de “abuso do direito de defesa” e “desrespeito ao Poder Judiciário”, ou, ainda, “abuso do poder de legislar” – afirmação esta que em relação a Lula é teratológica pois ele não tem qualquer atuação legislativa. É, claramente, mais um ato que deve ser analisado sob o prisma do abuso de autoridade. Lula jamais abusou do direito de defesa ou faltou com respeito ao Poder Judiciário.

Há uma questão primordial que os acusadores do ex-Presidente não conseguem dar conta e é definidora da perseguição a que ele se vê submetido por tais agentes públicos: como ele pode ser o “comandante” de “uma sofisticada estrutura ilícita de captação de apoio parlamentar” de sustentação ao seu projeto político, se as testemunhas e os delatores oficiais arrolados para comprovar tal envolvimento e malfeitos negam essa sua participação? O mérito da denúncia repete um enredo já superado após a coleta de 23 testemunhas na 13ª. Vara Federal Federal de Curitiba, incluindo os principais delatores da Lava Jato. Mais uma vez parte-se da convicção e não da prova. Não há como acatar, senão como peça de ficção, portanto, a denúncia de hoje.
Mais uma vez atribui-se a Lula um imóvel – situado na Rua Haberbeck Brandão, em São Paulo – com o qual ele não mantém qualquer relação de fato ou de direito. Por outro lado, querem transformar uma relação locatícia privada de um apartamento vizinho àquele que pertence a Lula – como mostra o registro imobiliário – e onde ele mora, em São Bernardo do Campo, na prática de um crime.

O que incomoda a Lava Jato é o fato de Lula e nós, seus advogados, desnudarmos as constantes arbitrariedades e ilegalidades que são escondidas com a ajuda de setores da imprensa que têm interesse de prejudicar a atuação política do ex-Presidente. O Poder Judiciário sempre deve ser respeitado, assim como as demais instituições. Mas se algum de seus membros perdeu a imparcialidade ou não mantém a estética da imparcialidade e quer, a todo custo, permanecer o no caso – por vaidade ou para seguir um roteiro já estabelecido em livros, seriados ou filmes -, é papel da defesa impugnar com altivez e usar de todos os veículos processuais cabíveis. Exercício do direito de defesa não pode ser confundido com abuso, como quer a Lava Jato, e nem ser impedido por elevação de voz por parte das autoridades envolvidas ou por outros meios.

A inclusão do advogado Roberto Teixeira nessa nova denúncia é a prova cabal de que a Lava Jato quer fragilizar a defesa de Lula e de seus familiares após constatar que não possui provas para sustentar as acusações já formuladas e as suspeitas lançadas contra o ex-Presidente. A criminalização da advocacia rompeu a última barreira que separava a Lava Jato do Estado de Exceção.

No caso de Lula há um agir concertado entre Delegados Federais e membros do Ministério Público que claramente não atuam com isenção. Esta última denúncia foi apresentada menos de três dias úteis após a entrega do relatório que concluiu o inquérito policial. E o relatório policial, por seu turno, foi concluído menos de um dia útil após Lula ter apresentado seus esclarecimentos, mostrando que não havia objetivo de apuração, mas apenas de dar continuidade à sequência de acusações e violências jurídicas de que é vítima desde março do corrente ano, dentro de um claro processo de lawfare. O que importa à Lava Jato é abrir inúmeros procedimentos e ações penais a fim de macular a imagem do ex-Presidente e retirá-lo de sua atividade política cotidiana e – evidentemente – criar empecilhos jurídicos artificiais e ilegítimos para que ele não possa participar de futuras eleições.


O que se conclui é que alguns membros do Ministério Público Federal associados com outros agentes públicos que integram a Força Tarefa Lava Jato enterram o Estado Democrático de Direito ao usarem da violência da lei e dos procedimentos jurídicos para perseguir o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O que nos leva a tomar todas as medidas cabíveis para que esses abusos possam ser corrigidos por um órgão judiciário independente e imparcial.”
Cristiano Zanin Martins

COM A PALAVRA, A DEFESA DE ANTONIO PALOCCI E BRANISLAV KONTIC

“Esta nova denúncia constitui uma manobra de estratégia das forças acusatórias que operam em conjunto de instituições em Curitiba. Trata-se de multiplicar infinitamente factoides que não têm qualquer respaldo na realidade para, a partir deles, se instaurarem inquéritos e subsequentes ações penais, com decretação de novas prisões, para neutralizar habeas corpus concedido em favor da liberdade dos acusados. É uma espécie de seguro prisional. Se os tribunais superiores libertarem os réus do processo ‘A’, imediatamente se decreta a prisão no processo ‘B’ , neutralizando assim a decisão superior.”

FONTE:http://politica.estadao.com.br/

MOMENTO DA FAMA: Xuxa é chamada de ‘velha’ na web e não deixa barato; confira resposta

Xuxa



Xuxa já provou que não é daquelas celebridades que levam desaforo pra casa. Com 53 anos, a Rainha dos Baixinhos foi chamada de velha nos comentários de um vídeo publicado em seu Instagram e não pensou duas vezes ao responder a seguidora, segundo informa o EGO.

“kkkkkk Ela está mais velha do que a minha avó”, comentou a seguidora. “hahahha Sua vó é feliz? Isso que importa… Pois a neta num eh…hehehe… “, respondeu Xuxa.

Outros famosos também já mostraram que não aturam abusos de fãs. Sonia Abrão, por exemplo, postou recentemente fotos em que aparecia nua na banheira, com emojis de bichinhos ao lado. Um internauta comentou: “Duas baleias na banheira agoar?”. Sonia retrucou: “Não porque sua mãe não está aqui”.

É aquela máxima: quem fala o quer…

FONTE:https://www.noticiasaominuto.com.br

Aconteceu: Acusada de matar gestante para roubar feto irá a júri popular


Data do julgamento ainda não foi marcada porque, segundo o Ministério Público, a acusada e algumas testemunhas ainda precisam ser ouvidas

O caso do assassinato da adolescente grávida, esfaqueada para roubo do feto, irá a júri popular. A data do julgamento ainda não foi marcada porque, segundo o Ministério Público, a própria acusada, Mirian Aparecida Siqueira, de 25 anos, e algumas testemunhas ainda precisam ser ouvidas. A ré responde pelo crime de homicídio com agravantes, como dissimulação (por ter forjado uma situação para levar a jovem até sua casa), uso de meio cruel (por ter estrangulado Valíssia) e motivo torpe (por retirar o feto do útero da vítima). Se somadas, as penas podem chegar a 40 anos de prisão.

A advogada que defendeu a acusada na primeira fase do inquérito, Alhana Karine Costa Silva, foi procurada pelo G1, mas não comentou a decisão. A vítima, Valíssia Fernandes de Jesus, tinha 15 anos e estava grávida de oito meses. Para a polícia, Mirian Aparecida Siqueira assassinou a adolescente a facadas e retirou o feto abrindo a barriga de Valíssia. O bebê acabou morrendo.

Mirian se apresentou à polícia em outubro, na região de Sertãozinho (SP), e foi levada para a delegacia de Pitangueiras (SP), local onde ocorreu o crime. Acompanhada da mãe, a acusada não quis falar sobre o ocorrido.

O corpo de Valíssia estava dentro de um tambor nos fundos de uma casa e o feto no interior do banheiro, ao lado de parte do útero. Quem achou o corpo foi o dono da residência, que é marido de Mirian. Ele contou que a mulher tinha dito que estava grávida. Mirian foi flagrada lavando o quintal horas após entrar com a vítima no imóvel, no Jardim Bela Vista. 

FONTE: https://www.noticiasaominuto.com.br

DIRETO DE BRASILIA: Congresso aprova orçamento: saiba quanto será o salário mínimo em 2017

O reajuste cobre estritamente a variação estimada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para 2016, de 7,5%, sem nenhum aumento real

No fim da tarde de quinta-feira (15), em votação relâmpago, o Congresso Nacional aprovou o Orçamento da União de 2017.
O texto, que prevê aumento do salário mínimo dos atuais R$ 880 para R$ 945,80, vai para sanção do presidente Michel Temer. A mudança entrará em vigor a partir de janeiro.

De acordo com a proposta aprovada, o reajuste cobre estritamente a variação estimada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para 2016, de 7,5%, sem nenhum aumento real.

O projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) prevê que a União poderá terminar o próximo ano com deficit primário (sem contar despesas com juros) de R$ 139 bilhões, em conformidade com a meta que havia sido anunciada pelo governo em julho passado.

O texto já obedeceu às novas regras fixadas pela emenda constitucional que limita os gastos públicos à variação da inflação pelos próximos 20 anos, promulgada na manhã de ontem pelo Congresso, informou o Correio Braziliense.
FONTE:https://www.noticiasaominuto.com.br

Presente de Natal: Apenas oito deputados votaram contra o aumento do ICMS



Como era esperado, o Governo Flávio Dino conseguiu aprovar na Assembleia Legislativa o “Presente de Natal” dos maranhenses, o aumento do ICMS para o Maranhão a partir de janeiro de 2017.

A base governista na Assembleia, ampla maioria, atendeu o pedido do governador Flávio Dino e conseguiu aprovar, em tempo recorde, o aumento que irá prejudicar o bolso de todos os maranhenses, pois o aumento do ICMS irá reajustar também as tarifas de energia elétrica, aumentar o combustível e até mesmo os serviços de telefonia.

Nem mesmo a pressão de alguns empresários e cidadãos que estavam na Galeria da Assembleia foi o suficiente para evitar a aprovação do “Presente de Natal” de Flávio Dino.

Alguns deputados contrários ao absurdo aumento ainda tentaram adiar a votação para uma outra data, outros sugeriram novas opções para viabilizar recursos sem afetar a população, mas nada, absolutamente nada impediu o ímpeto do governador comunista.

O Projeto de Lei que autoriza o aumento do ICMS foi aprovado na íntegra e até mesmo as emendas apresentadas, pelos deputados Max Barros e Adriano Sarney, foram todas recusadas. Além disso, nem a votação nominal foi acatada pelo Plenário da Assembleia.

Apenas oito deputados votaram contrário ao aumento do ICMS (foto acima), foram eles: César Pires, Edilázio Júnior, Adriano Sarney, Andrea Murad, Eduardo Braide, Sousa Neto, Max Barros e Wellington do Curso. Abaixo a relação dos deputados que votaram a favor do Projeto de Lei do Governo Flávio Dino.


O Projeto de Lei agora será sancionado, mas alguns deputados descontentes com a votação, pois alegaram que o projeto é inconstitucional, prometem recorrer a Justiça.

Entretanto, até lá foi mais uma vitória de Flávio Dino e derrota do povo do Maranhão, que num momento de crise será obrigado a encarar reajuste nas tarifas elétricas, combustíveis, entre outros.

Fatalmente não era essa a mudança que o povo do Maranhão esperava quando elegeu o comunista Flávio Dino, mas falta de aviso não foi.

FONTE: http://www.blogdojorgearagao.com.br/

CAXIAS EM DETALHES: Lista publicada no Facebook de Antonio Monte Lima (TOM do PT) foi feita por Hacker.



Uma lista divulgada pelo nosso informativo e publicada hoje, onde aparecem os nomes do secretariado não foi confirmada pelos assessores do Prefeito eleito Fábio Gentil. Na verdade, a publicação feita na página do TOM do PT foi obra dos  Hacker, que de uma forma criminosa explicitou uma lista que não condiz com a verdade. A lista oficial não saiu e só será divulgada pelo próprio Prefeito Fábio Gentil, portanto, pedimos  aos nossos leitores desculpas pela nossa publicação onde apresentamos a lista que havia sido publicada na página do Facebook de Antonio Monte Lima.


Não precisamos disso…


Em nenhum momento tivemos a intenção de fazer dessa publicação um atributo de autopromoção como afirma jornalista descredenciado e sem credibilidade na região dos cocais, que vive a mendigar informações por não ter mais acesso a nenhuma pessoa pública de Caxias. Ultimamente, utiliza uma rádio pirata para denegrir a imagem de pessoas de bem em Caxias. Quero esclarecer a esse suposto blogueiro, que iremos saber a idoneidade dessa rádio junto a Policia Federal. Aguardem…

TRAGÉDIA EM BALSAS: Perseguição policial termina em morte de jovem, em Balsas

A cidade de Balsas amanheceu com uma tragédia. No início da madrugada desta quinta-feira (15), duas irmãs foram baleadas por policiais descaracterizados, pois foram confundidas com bandidos.

Karina Brito Ferreira e Kamila Brito Ferreira foram as vítimas do crime. Segundo informações, Karina faleceu no momento dos disparos e Kamila levou um tiro no braço, e está internada no hospital de Balsas.

De acordo com a testemunhas, as duas irmãs estavam voltando de um velório. Deram carona pra algumas pessoas e estavam se dirigindo a casa, quando policiais disfarçados, em um veículo não adesivado, deram ordem de parada, nas proximidades da Lagoa do Jardel.

As jovens, com medo, não atenderam a ordem de parar e foram perseguidas pelos policiais, que atiraram constantemente.

A perseguição durou até a praça do Banco do Brasil, quando o veículo bateu em uma calçada e a Kamila, que ficou ferida saiu correndo desesperada.

A Karina Brito trabalhava em uma escola de idiomas e sua irmã Kamila trabalha em uma faculdade em Balsas.




FONTE:http://www.netoferreira.com.br/

Caxias em Detalhes: Sai a lista preliminar do secretariado de Fábio Gentil

                                                                                                                                                                                                            Resultado de imagem para foto de fábio gentil

CONFIRA:


Secretaria de Saúde- Dr. Helton Mesquita

Secretaria de Esporte -Antonio Monte Lima (TOM do PT)

Secretaria de Fazenda – Paulo Celso F. Marinho

Jurídica – Dr. Adenilson

Zoonoses – Nathanael dos Reis Pereira

As Informações podem ser confirmadas na página do facebook de Antonio Monte lima 

Amanhã sai  o restante da lista do secretariado do Prefeito eleito Fábio Gentil.





‘Meninas dão de quatro’? Jornal do AM admite excesso e promete retratação

                                   
                                  

Jogadoras da seleção brasileira feminina comemoram vitória por 4 a 0 sobre a Rússia no Torneio Internacional de Manaus



Você provavelmente se deparou nesta segunda-feira, em alguma rede social, com a foto de uma página do jornal Manaus Hoje. A imagem trazia uma manchete referente à vitória da seleção brasileira feminina de futebol sobre a Rússia, na véspera, por 4 a 0.
No entanto, a manchete provocou polêmica, e por motivos bastante claros: “Meninas dão de quatro”.

Entre a comunidade que acompanha o futebol feminino, a escolha de palavras foi recebida com incredulidade. “Fiquei estarrecido na hora que vi essa manchete”, afirmou o jornalista Rafael Alves, responsável pelo site Planeta Futebol Feminino. “Um amigo me enviou. Na hora compartilhei para que que algo pudesse ser feito em relação a essa falta de respeito”, completou.

A opinião é semelhante à de Renata Mendonça, jornalista da BBC Brasil e uma das responsáveis pelo coletivo Dibradoras. “A maioria das piadas que fazem (no jornal) é de cunho sexual com corpo de mulheres. Achei que foi uma tremenda falta de respeito. Especialmente em um momento desse, em que temos a primeira mulher técnica de uma seleção de futebol estreando no comando do time (Emily Lima). Tem a Formiga se aposentando, a maior atleta da história do esporte brasileiro. Nunca nenhum atleta disputou seis Olimpíadas. E eles dão a notícia com esse tom”, afirmou Renata, que foi além.
“Nunca se fala de futebol feminino e quando falam escrevem isso. Achei completamente desapropriado, um apelo desnecessário. Acima de tudo uma falta de respeito com a história dessa seleção que quase nunca tem atenção e agora merecia mais do que nunca”, completou.

No jornal amazonense, as críticas recebidas levaram a uma “autoavaliação”. Segundo Elton Rodrigues, editor-executivo do Manaus Hoje, a edição de terça-feira do diário trará uma retratação na mesma página em que foi publicada a manchete polêmica desta segunda-feira.
“A gente fez uma autoavaliação e admitiu que cometeu um erro. Passamos do ponto. Estamos preparando uma nota para amanhã pedindo desculpas”, disse Rodrigues, por telefone, ao UOL Esporte.

Segundo o jornalista, o jornal não chegou a receber críticas diretas da CBF ou de jogadoras pela publicação. “Mas, mesmo sem receber, teremos a nota pedindo desculpas”, afirmou ainda, admitindo o que chamou de “aprendizado”.
A vitória por 4 a 0 sobre a Rússia foi a segunda da seleção brasileira feminina no Torneio Internacional de Manaus – antes, a equipe comandada por Emily Lima venceu a Costa Rica por 6 a 0. Já classificado à final, o Brasil enfrenta a Itália (também finalista) na quarta-feira, às 22h15, na Arena da Amazônia. O confronto define quem terá a vantagem do empate na decisão.

Confira a repercussão no Twitter da reportagem do Manaus Hoje:

Foto de página da seção de esportes de um jornal que ao falar da vitória por 4 x 0 da seleção feminina de futebol usou como manchete a frase “Meninas dão de quatro”.


Você provavelmente se deparou nesta segunda-feira, em alguma rede social, com a foto de uma página do jornal Manaus Hoje. A imagem trazia uma manchete referente à vitória da seleção brasileira feminina de futebol sobre a Rússia, na véspera, por 4 a 0.
No entanto, a manchete provocou polêmica, e por motivos bastante claros: “Meninas dão de quatro”.

Entre a comunidade que acompanha o futebol feminino, a escolha de palavras foi recebida com incredulidade. “Fiquei estarrecido na hora que vi essa manchete”, afirmou o jornalista Rafael Alves, responsável pelo site Planeta Futebol Feminino. “Um amigo me enviou. Na hora compartilhei para que que algo pudesse ser feito em relação a essa falta de respeito”, completou.

A opinião é semelhante à de Renata Mendonça, jornalista da BBC Brasil e uma das responsáveis pelo coletivo Dibradoras. “A maioria das piadas que fazem (no jornal) é de cunho sexual com corpo de mulheres. Achei que foi uma tremenda falta de respeito. Especialmente em um momento desse, em que temos a primeira mulher técnica de uma seleção de futebol estreando no comando do time (Emily Lima). Tem a Formiga se aposentando, a maior atleta da história do esporte brasileiro. Nunca nenhum atleta disputou seis Olimpíadas. E eles dão a notícia com esse tom”, afirmou Renata, que foi além.
“Nunca se fala de futebol feminino e quando falam escrevem isso. Achei completamente desapropriado, um apelo desnecessário. Acima de tudo uma falta de respeito com a história dessa seleção que quase nunca tem atenção e agora merecia mais do que nunca”, completou.

No jornal amazonense, as críticas recebidas levaram a uma “autoavaliação”. Segundo Elton Rodrigues, editor-executivo do Manaus Hoje, a edição de terça-feira do diário trará uma retratação na mesma página em que foi publicada a manchete polêmica desta segunda-feira.
“A gente fez uma autoavaliação e admitiu que cometeu um erro. Passamos do ponto. Estamos preparando uma nota para amanhã pedindo desculpas”, disse Rodrigues, por telefone, ao UOL Esporte.

Segundo o jornalista, o jornal não chegou a receber críticas diretas da CBF ou de jogadoras pela publicação. “Mas, mesmo sem receber, teremos a nota pedindo desculpas”, afirmou ainda, admitindo o que chamou de “aprendizado”.
A vitória por 4 a 0 sobre a Rússia foi a segunda da seleção brasileira feminina no Torneio Internacional de Manaus – antes, a equipe comandada por Emily Lima venceu a Costa Rica por 6 a 0. Já classificado à final, o Brasil enfrenta a Itália (também finalista) na quarta-feira, às 22h15, na Arena da Amazônia. O confronto define quem terá a vantagem do empate na decisão.

Confira a repercussão no Twitter da reportagem do Manaus Hoje:

Foto de página da seção de esportes de um jornal que ao falar da vitória por 4 x 0 da seleção feminina de futebol usou como manchete a frase “Meninas dão de quatro”.


FONTE: http://esporte.uol.com.br/

NOTÍCIAS DO LESTE: Justiça Eleitoral diploma prefeito eleito Ferdinando Coutinho em Matões

Resultado de imagem para FOTO DE FERDINANDO  EM MATÕES

A cerimônia foi realizada na Câmara de Vereadores e presidida pelo juiz eleitoral Marcos Aurélio Veloso. O prefeito eleito Ferdinando Coutinho (PSB), que teve mais de 52,96% dos votos, foi o primeiro a receber a diplomação.

Em seguida, a vice-prefeita eleita Cristina Pereira. A prefeita atual Suely Pereira e o esposo, o ex-deputado estadual Rubens Pereira, acompanharam a sessão solene e destacaram sobre a plena confiança na próxima gestão para que Matões continue sendo projetada rumo ao desenvolvimento.

Os treze vereadores eleitos foram os próximos a receberem a diplomação. Inácio, que vai estar em seu terceiro mandato, e Professor Tote, eleito pela primeira vez, reafirmam o compromisso junto ao povo.

Os vereadores eleitos foram:


Giuvan (PDT)

Professor Tote (PR)

Ribinha (PSDB)

Thiago Brito (PC do B)

Bilu (PC do B)

Inácio Carvalho (PSB)

Reginaldo Janjão (PSB)

Iglesis Brandão (PSB)

Zé Natan (PDT)

Jaqueline Pindoba (PC do B)

Gilmar (PV)

Solimar (PV)

Fernando Tenório (PV)

O lavrador Wedson Santos acredita que a nova gestão vai fazer muito mais pelo povo matoense.

             

Fonte: TV Sinal Verde Caxias