Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

EXCLUSIVO: Bolsonaro é 3º governante mais popular do mundo nas redes

Levantamento mostra que presidente fica atrás somente do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e do presidente dos EUA, Donald Trump

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

 

Por: Vinícius Passarelli

O presidente Jair Bolsonaro é o terceiro chefe de governo mais popular do mundo nas redes sociais. O mandatário brasileiro fica atrás apenas de Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, e do presidente dos EUA, Donald Trump. É o que aponta o Índice de Popularidade Digital (IPD), elaborado pela consultoria Quaest a pedido do Estado. A exemplo do presidente norte-americano, Bolsonaro utiliza as redes sociais para comunicar atos de governo, atacar adversários e criticar a imprensa.

O índice foi calculado para uma amostra selecionada de 18 líderes mundiais a partir da coleta de métricas de uso das redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Como resultado, foi dimensionado para cada líder um índice mensal, entre janeiro de 2019 e janeiro de 2020, além do índice médio no período. O IPD tem uma escala que varia de 0 a 100, indicando a popularidade mínima e máxima possíveis, respectivamente.

O índice médio no período analisado traz Narendra Modi em primeiro lugar, com 63,25 (de 100) pontos, Donald Trump em segundo, com 62,27, e Jair Bolsonaro na terceira colocação, com um IPD de 52,75. Na sequência, entre atuais líderes de governo, aparecem Recep Erdogan, presidente da Turquia, Luis Lacalle Pou, presidente eleito do Uruguai, e Alberto Fernández, mandatário argentino que derrotou Mauricio Macri no último pleito do país vizinho. Veja abaixo a lista completa.

Os três melhores colocados se alternaram na liderança global do índice no período analisado. No início de 2019, Trump aparecia consolidado na primeira colocação até o crescimento de Narendra Modi
Os três melhores colocados se alternaram na liderança global do índice no período analisado. No início de 2019, Trump aparecia consolidado na primeira colocação até o crescimento de Narendra Modi

Foto: Reprodução/consultoria Quaest / Estadão Conteúdo

Como é medido o Índice de Popularidade Digital?

O IPD avalia a popularidade de políticos e marcas nas redes sociais. São processados dados usando um algoritmo de inteligência artificial que determina a força de determinado perfil no ambiente digital.

O índice leva em consideração em 40 variáveis de redes, divididas em cinco dimensões: presença digital (perfis ativos nas redes sociais); fama (número de seguidores); engajamento (interação, comentários e curtidas, por postagens); mobilização (compartilhamento das postagens) e valência (proporção de reações positivas por reações negativas).

O cientista político e diretor da consultoria Quaest, Felipe Nunes, explica que o tamanho da população, o idioma e o tempo de permanência no cargo são levados em conta no cálculo. “O fato de Trump e Modi postarem em inglês pode explicar em alguma medida essa popularidade, uma vez que isso possibilita atingir mais gente e atrair mais seguidores ao redor do mundo”, disse.

Ele ressalva que o tamanho da população da Índia – cerca de 1,3 bilhão de pessoas – influencia em parte no “sucesso” de Modi, mas não é determinante. O algoritmo leva em consideração a população e faz os cálculos sempre per capita nas métricas consideradas qualitativas. “Mas não dá para descartar a influência do tamanho da população, principalmente na dimensão fama, que leva em conta o número de seguidores.

O líder da China, país mais populoso do mundo, Xi Jinping, não entrou na relação por não possuir uma conta oficial nas redes sociais.

Posições ocupadas

O levantamento indica a preponderância de três líderes: Modi, Trump e Bolsonaro, os únicos a conseguirem, ao menos por um mês, a primeira posição nos rankings mensais. “Junto de Erdogan, quarto colocado, esse grupo compõe uma linha de frente nas redes de políticos considerados como populistas ou ultradireita”, destaca o relatório do estudo.

Para o professor da pós-graduação em marketing político da ECA/USP, Kléber Carrilho, o mundo vive um momento de em que os líderes são maiores que as ideias e as redes sociais são um campo fértil para os políticos desta “linhagem”. “As explicações sobre o futuro do mundo estão muito mais presentes da personificação das lideranças do que a gente pode chamar classicamente de ideologia, ou seja, conjunto de ideias”, disse.

Esses personagens encontram nas redes sociais um ambiente propício para o desenvolvimento de um culto a suas figuras, explica Carrilho. “Isso faz com que quem tem uma comunicação organizada a partir da ideia do culto do ícone, do personagem central, consiga desenvolver uma imagem pública, como a gente tem visto nesses três exemplos principalmente, mas em grande parte daqueles que estão nos primeiros lugares”, analisou o professor.

No período analisado, Bolsonaro chegou a atingir o primeiro lugar da lista uma única vez: em agosto do ano passado, mês em que entrou em atrito pelo redes sociais com o presidente francês Emmanuel Macron. O embate se durante a reunião do G7, na qual Macron se colocou como uma das vozes mais críticas à política ambiental brasileiro, que à época enfrentava uma crise das queimadas na Amazônia, fato que chamou a atenção da comunidade internacional. Em meio à “troca de rusgas” com o francês, Bolsonaro chegou a fazer piada com a aparência física da primeira-dama do país europeu, Brigitte Macron.

“Essa confusão internacional causada por Bolsonaro nas redes sociais envolvendo Macron explica o fato dele ter alcançado a primeira colocação em agosto”, explicou Felipe Nunes. O episódio também levou o mandatário francês a atingir sua melhor colocação no período – oitavo lugar. Na média geral, ele fica na décima posição.

Narendra Modi

O Partido do Povo Indiano (PJP), do qual faz parte o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, líder do ranking de popularidade nas redes, é uma sigla de direita nacionalista hinduísta, explica o diplomata Fausto Godoy, ex-cônsul geral do Brasil em Mumbai e ex-secretário de embaixada em Nova Délhi. O hindu é a principal religião da Índia, professada por quase 80% da população, seguida pelo islamismo e o cristianismo.

“Modi foi avançando nessa agenda hinduísta aos poucos e se tornando cada vez mais popular junto à população hindu, que representa mais ou menos 85% da Índia”, disse Godoy, que explica essa política nacionalista tem gerado controvérsia entre os muçulmanos do país e causado insatisfação na elite intelectual da Índia.

Godoy diz que o primeiro-ministro é muito popular, mas é uma popularidade contestada por certos setores. “O tema que ele usa muito é a questão do nacionalismo hindu e como a população hindu é muito grande, seu governo é popular. Modi é um governante extremamente controverso e usa muito os mídias sociais para tentar se preservar como tal”, afirmou.

Ranking de políticos mais populares nas redes (IPD de 0 a 100) entre janeiro de 2019 e janeiro de 2020:

  1. Narendra Modi – 63.25

  2. Donald Trump – 62.27

  3. Jair Bolsonaro – 52.75

  4. Recep Tayyip Erdogan – 44.65

  5. Cristina Kirchner – 32.48

  6. Luis Lacalle Pou – 27.2

  7. Alberto Fernández – 19.67

  8. Matteo Salvini – 19.35

  9. Evo Morales – 18.75

  10. Emmanuel Macron – 18.37

  11. Nicolás Maduro – 18.2

  12. Iván Duque – 18.14

  13. Benjamin Netanyahu – 17.85

  14. Justin Trudeau – 17.52

  15. Sebastián Piñera – 17.26

  16. Rody Duterte – 16.58

  17. Boris Johnson – 15.81

  18. Orbán Viktor – 15.61

Com Informações: https://www.terra.com.br

CUIDADOS: Carvão mata bactérias de DSTs após sexo oral? Entenda a polêmica

Especialista faz alerta sobre informação que circula na internet sobre outra forma de prevenir doenças além da camisinha

Charcoal toothpaste on a toothbrush.

THAMARA OLIVEIRA

A cada dia a medicina e a tecnologia se reinventam e surgem novas soluções para a prevenção e o tratamento de doenças e infecções, entre elas as sexualmente transmissíveis.

Contudo, recentemente tem circulado uma notícia de que, na falta do uso da camisinha, o ato de escovar os dentes com pasta de carvão mineral logo após o sexo oral poderia matar bactérias e evitar a contração de DST’s e IST’s.

De acordo com as informações, a eficácia se justificaria por conta das propriedades naturais do carvão, que absorveriam estas bactérias. Procurado pela Pouca Vergonha, o urologista Tiago Serra afirma que, por se tratar de pouca informação, é perigoso tomar decisões baseadas nisso.

“Às vésperas do Carnaval, é temeroso confiar 100% neste tipo de informação. Ainda que este estudo tenha mesmo sido publicado, ainda é raso e pode se tratar de fake news. O uso do preservativo é importantíssimo e não deve ser dispensado”, alerta o médico.

A camisinha é o único método contraceptivo que, além de prevenir gravidez, evita possíveis contaminações. Contudo, se são poucas as pessoas que usam durante a penetração, no sexo oral o número é ainda menor.

É importante ressaltar que, além de evitar ser contaminado por doenças como gonorreia, sífilis e herpes, o uso do preservativo é também uma questão de higiene, já que nem sempre o sexo oral é feito em pessoas conhecidas.

Outros riscos

Há ainda outra questão: mesmo que o carvão mate as bactérias na boca, durante a prática do sexo oral muita saliva é engolida. Logo, nem todas as bactérias seriam “mortas”. “O contato com esses vírus e bactérias pode fazer mal para o sistema digestivo e, principalmente, para a faringe”, aponta.

Diante disso, Dr. Tiago reforça que o ideal é não abrir mão do uso de proteção para não ter que lidar com maiores problemas. “É uma informação que me soa bem duvidosa. É mais seguro aguardar saírem mais trabalhos sobre isso, com mais informações para dar uma segurança maior”, finaliza.

Com Informações: https://www.metropoles.com

ESPORTE: Após criar o mito de Nação Rubro-Negra para o Flamengo, clube vai pra cima da Rede Globo

Rede Globo e Flamengo é um dos maiores casos de amor registrados no Brasil, mas essa relação estão tão estremecida que é difícil imaginar como será a continuidade de ambos quanto um possível rompimento.

A Tv Globo passou a ser uma rede nacional na década de 70, durante o período da ditadura militar, após um acordo com os governantes da época. E como no período, eles precisavam de atrativos para distrair à população, Jovem Guarda e Flamengo acabam se tornando esses instrumentos.

As músicas românticas da Jovem Guarda vinham contrapor a militância dos artistas Chico Buarque, Caetano Veloso e outros que questionavam o governo ditatorial.

Por sua vez, o Flamengo veio ocupar o vácuo deixado pela seleção brasileira que não conseguia repetir o feito de 1970 e já estava anos sem ganhar um título.

Com autorização do governo militar, a Rede Globo passa a ser uma televisão nacional até então isso era impossível no Brasil, as televisões só poderiam operar de forma regional, caso da Excelsior e Tupi que eram as maiores, mas acabaram sucumbindo por discordarem do regime autoritário.

Roberto Marinho aliado dos ditadores e torcedor fanático do Flamengo então iniciou um plano de disseminação do termo “nação rubro-negra” ao transmitir de forma insistente jogos do clube carioca para regiões que não tinham olhos para clubes fora do seu estado. Não à toa, o Flamengo é tão popular nas regiões norte e nordeste.

Até o regime militar, o Flamengo era um time local sem grande expressão por não ter grandes conquistas. Era um mediano do futebol carioca, muito atrás do Fluminense que era o maior vencedor da época, assim como não possuía títulos nacionais e internacionais. Enquanto que o tricolor já era reconhecido mundialmente.

Mas a história começa a mudar com a criação do mito “Nação Rubro-negra” e o Flamengo passa a ser o maior do país.

Depois de anos, Tv Globo e Flamengo se locupletando dessa relação, o clube carioca chega e diz que não aceita mais os valores estipulados. Legítimo da parte do Flamengo. Mas a emissora carioca também não admite a chantagem e passa a ser atacada pelo rubro-negro.

A Rede Globo que “criou” o Flamengo, agora enxerga sua supremacia na transmissão do futebol ameaçada realmente.

Pior ficou o futebol brasileiro vivendo por décadas praticamente em função de um clube. No entanto esse benéfico pode ser fundamental para reorganização do futebol brasileiro em termos de divisão de cotas e patrocínios, afinal um campeonato de um time só não é interessante para ninguém.

Com Informações: https://diegoemir.com

AS MIJADAS DO POTÓ NO REINO DO MARANHÃO

FOFOCALIZA

 

Coisa boa

O projeto Desapegando Arara Solidária, desenvolvido neste ano de 2020 em sua 1° edição, objetiva o incentivo ao desapego daquelas peças que estão estagnadas na sua arara e que você nāo usa mais. O evento acontecerá nos dia 04 e 05 de abril, contará com a presença de microempreendedores que apresentarão e ofertarão seus produtos à comunidade caxiense. Este projeto, objetiva também contribuir com o viés social na cidade, onde ajudaremos neste ano de 2020 o Lar da Alegria, um local de cuidados a pessoas com depressão e baixa autoestima. Sabemos que estes locais precisam de ajuda de terceiros para se manterem, em vista disso, disponibilizaremos no dia do evento uma arara na entrada para que os visitantes possam levar algumas peças que não usem mais para vendermos, onde toda venda arrecadada será em prol do Lar da Alegria.

MICROEMPREENDEDOR

Que quer apresentar sua microempresa neste lindo evento? Faça ja sua inscrição, pois as vagas são limitadas!!!
A abertura das inscrições será do dia 28 de fevereiro ao dia 16 de março. Em breve liberaremos a foto oficial do evento e o cronograma.

Caçada em Matões

A potozada tá louca em Matões. O prefeito está demitindo centenas de trabalhadores supostamente aliados dos Pereira.

Enquanto isso

Enquanto os grupos Coutinho e Pereira se digladiam com o ódio o jovem Gabriel Tenório, leva sua mensagem de paz ao povo como pré candidato a prefeito.

Em Codó

Na terra de Bita de Barão já está tudo definido: o povo quer o médico Zé Francisco na prefeitura em 2020.

Em Aldeias

Na vizinha Aldeias Altas terra de poto agitado um grupão de oposicionistas quer arrancar o atual prefeito do poder. Lá a batalha vai ser gigantesca.

Força e fé

Com quem será que os evangélicos irão caminhar nessa eleição?

Cruz credo

Quando se fala no pré candidato a prefeito AS, alguns crentes logo disparam: Cruz Credo.

O Cabeludo

Parece que o Cabeludo está indo bem rumo a reeleição. O problema é que o cara é incansável.

Câmara

Tá difícil o prognóstico sobre reeleição na Câmara de vereadores. O povo tá cansado de fazer bobagem.

(em inglês, “To be or not to be, that is the question)

O agora ex-vice-prefeito de Caxias (MA) Paulo Marinho Júnior (PL) está livre e desimpedido para assumir o mandato temporário de deputado federal, por até 120 dias, na vaga de Josimar do Maranhãozinho (PL). O ato de renúncia ao cargo foi feito por meio de um termo de renúncia encaminhado ao presidente da Câmara Municipal de Caxias, vereador Catulé (Republicanos), e lido, em plenário, pelo 1º secretário da Mesa Diretora, vereador Mário Assunção (Cidadania), durante a sessão desta segunda-feira (10).

Caladinho

Em sua missiva de renúncia, PMJ não dá um pio acerca dos fortes rumores que dão conta de uma possível candidatura dele à Prefeitura de Caxias, embalada por um acordo com o presidente estadual do PL Josimar do Maranhãozinho. Pelo sim e pelo não, é bom o prefeito Fábio Gentil (PRB) botar as barbas de molho – se é que já não tenha botado.

Com a renúncia de PMJ, Catulé passa a ser o primeiro na linha sucessória do governo municipal. (Coluna Ricardo Marques)

Coisa de amador

Numa festa da alta sociedade caxiense, em atitude pueril, para não dizer ridícula, o assessor de comunicação da Prefeitura, Augusto Neto, colocou uma tarja branca sobre o nome de Adelmo Soares, pré-candidato a prefeito de Caxias, e hoje o principal oponente do seu patrão. AN só não imaginava que uma dileta câmera o fotografaria nesse momento de descontração.
Melhor teria sido se o assessor não tivesse ido ao evento ou então não tivesse cometido essa gafe.
A comunicação é algo que deve ser tratado com ciência e seriedade, como dizia Chacrinha: ” quem não se comunica, se trumbica.”
AN demonstra sua criancice e imaturidade, não fez nada profissional.
Coisa de amador… ( Por JONAS FILHO )

Vereador rebolou

Atenção gente o que você vai ver agora, dizem que teria sido motivado pelo efeito de uma certa “cerveja de mandioca” que também é apreciada no alto escalão da política do Maranhão. Confira.

 

 

 

 

 

CAXIAS EM DETALHES: Prefeito Fábio Gentil reúne secretários e cobra metas da saúde, educação e infraestrutura

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, reuniu o secretariado para mais uma reunião de avaliação e monitoramento, feita a cada 15 dias. As atenções desta vez foram voltadas para as áreas da saúde, educação e infraestrutura. A secretária de Educação, Ana Célia Damasceno, destacou o abono e o reajuste de 13% aos professores, a retomada do período letivo, além da formação de gestores e a posse dos concursados.

“Para qualquer bom administrador, independentemente se ele é político ou um gestor administrativo, de hospital ou escola, ele precisa fazer avaliação de processos. E aqui, o que o prefeito Fábio Gentil está fazendo é isto, a avaliação e execução do seu plano de governo. Aquilo que planejamos desde 2017 e estamos executando, no plano de trabalho, está sendo avaliado. Eu vejo isso com bons olhos e só quem ganha é nossa cidade”, explica a secretária.

Na infraestrutura, a conclusão do projeto da revitalização da Praça da Matriz, revitalização do Parque Balneário Veneza, Operação Tapa Buracos, reformas de escolas, ruas e estradas, dentre outros temas, foram tratados.

“Tem muitas ações que são inerentes a muitas outras secretarias. Um dos exemplos é ação que desencadeamos na Veneza, onde estamos alinhados com seis secretarias. As avaliações são importantes para que a gente mostre para a população de forma clara, a fim de que a gente possa fazer muito mais”, afirma Murilo Novais, secretário de Infraestrutura.

Na saúde, a finalização do projeto da UBS da Vila Paraíso, finalização da campanha Janeiro Roxo e o combate à dengue e outras doenças infectocontagiosas foram pontos importantes.

“Essas reuniões nos motivam cada vez mais a discutir os problemas internos de cada secretaria, para que a gente possa fazer um planejamento mais efetivo e mais prático. É muito positiva esta metodologia e acho que é um grande avanço da nossa gestão, que deve ser copiado por outros gestores. Acredito que estamos um passo à frente”, afirma Socorro Melo, secretária de Saúde.

O novo modelo de gestão tem dado resultado, segundo o prefeito Fábio Gentil, e consegue responder à altura às demandas da população.

“É uma avaliação do governo, um momento em que a gente consegue interagir, ver a atuação de cada um, para que a gente possa atender aquilo que a população espera. Hoje foi bem proveitoso. Nós trabalhamos todas as áreas, mas a gente sabe que a infraestrutura, a saúde e a educação precisam ser trabalhadas. Nós entendemos que é preciso investir um pouco mais, mas todos estão aptos a fazer esses investimentos e continuar construindo a cidade que a gente quer”, frisou Fábio Gentil.

Com Informações: http://caxias.ma.gov.br

ACONTECEU EM CAXIAS: Paulo Marinho renuncia como vice em Caxias e ficará seis meses como deputado federal

Recém-filiado ao PL, Paulo Marinho Júnior não é mais vice-prefeito de Caxias, cargo o qual foi eleito em 2016. Ele renunciou do mandato eletivo por meio de um termo de renúncia protocolado na Câmara de Vereadores.

O motivo é que Júnior irá assumir a vaga do deputado federal Josimar de Maranhãozinho pelos próximos seis meses.

Pelo que foi costurado com a cúpula do PL, após os 120 dias Júnior continuará na Câmara Federal, só que na cadeira do também deputado maranhense Júnior Lourenço (PL) que irá se licenciar por outros três meses em favor do filho do ex-prefeito de Caxias.

Portanto, Paulo Marinho ficará seis meses ao total em Brasília.

Com Informações: https://www.domingoscosta.com.br

 

VEM GREVE AÍ : Após “reajuste língua de mosquito”, professores do MA podem deflagrar greve

Professores do MA podem, a qualquer momento, deflagrar greve após o “reajuste língua de mosquito” (ninguém nunca viu) no salário da classe. Segundo apurou o Blog, a categoria não aceita o reajuste de 5%, pois Flávio Dino aumentou em 3% o desconto da previdência, conforme alertou professor em contato com o Blog:

“Lembra que Flávio Dino aumentou as alíquotas da Previdência Estadual? Essas alíquotas vão entrar em vigor. A maioria dos professores vai ter desconto de 3% a mais na Previdência. E vai ter 5% de reajuste. Ou seja, aumento real de 2%. Porém, não para por aí, pois a inflação de 2019 foi de 4,31%. Ou seja, O salário do professor no mínimo está defasado em 2,31%. Teoricamente, nós estamos tendo 2% de reajuste quando era para ter 12%. Isto é um indicativo de que, de repente, a categoria pode deliberar por greve”, navalhou.

Tentamos mais uma vez contato com a presidência do Simproesemma para ter nota, sem sucesso.

Com Informações: http://netocruz.blog.br

Se prepare! Banco do Brasil abre concurso em março para quem tem ensino médio; Salário de R$ 4 mil

Vagas serão para escriturário tradicional. Veja quais são os benefícios do cargo e quais foram os conteúdos das provas do edital anterior.

Se prepare para o concurso do Banco do Brasil (BB)! A instituição está elaborando um edital para o cargo de escriturário tradicional. Apesar da carreira exigir apenas o ensino médio completo os salários iniciais são de R$ 4.036,56.

De acordo com informações de uma fonte do BB para a Folha Dirigida, a banca organizadora da seleção já foi definida sendo que o edital está previsto para o mês de março, ou seja, já para o próximo mês.

Ainda segundo afirmação da fonte para o site de concursos, a seleção contemplará diversos estados do país, porém a oferta de vagas não foi divulgada. Ainda que próximo certame tenha sido divulgado, a assessoria de imprensa da financeira não confirma a informação.

Contudo, nos anos de 2015 e 2018, quando o banco abriu processos seletivos, o setor de informação também não havia confirmado a notícia. Os certames apenas foram divulgados após estarem bem próximos da abertura das seleções.

Benefícios para o cargo de escriturário

Como já mencionado, o salário para o cargo de escriturário é de R$ 4.036,56, a quantia é composta por auxílios-refeição e alimentação e os contratos ainda vão receber:

  • Auxílio-transporte (variável de acordo com a localidade do funcionário);

  • Participação nos lucros (geralmente, paga duas vezes ao ano);

  • Plano de saúde e odontológico;

  • Previdência privada com participação do banco;

  • Auxílio creche/babá;

  • Auxílio ao filho com deficiência; e

  • Possibilidade de ascensão profissional.

A jornada de trabalho será de 30 horas por semana.

Como foi o último concurso do Banco do Brasil?

Para os interessados no próximo concurso, a última para para escriturário do BB aconteceu em 2018. Os candidatos tiveram que passar por prova objetiva composta de 70 questões distribuídas entre Conhecimentos Básicos e Específicos. Confira:

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa;

  • Raciocínio Lógico- Matemático;

  • Atualidades do Mercado Financeiro.

 Conhecimentos Específicos

  • Cultura Organizacional;

  • Técnicas de Vendas;

  • Atendimento;

  • Domínio Produtivo da Informática;

  • Conhecimentos Bancários;

  • Língua Inglesa.

Os candidatos também tiveram que realizar uma redação, elaboração de um texto em prosa do tipo dissertativo-argumentativo, com no mínimo 25 e no máximo 30 linhas. O tipo de regime de contratação foi o celetista.

Para mais informações sobre o último edital, acesse:

Edital para a área de TI está em planejamento

Além do edital de escriturário, um concurso para a área de tecnologia e inovações está em andamento. O anúncio foi oficial dado pelo presidente da financeira, Rubens Novaes em entrevista ao portal de notícias G1.

As chances serão para profissionais de Tecnologia da Informação (TI). Conforme o presidente do banco, o projeto está caminhando rápido dentro da instituição e é prioridade do vice-presidente do setor de recursos humanos.

“Nós estamos pensando na possibilidade de um concurso mais direcionado para essa área de Tecnologia e Inovações. Hoje, a porta de entrada do BB é só um concurso para escriturário”, afirmou.

Novaes ainda disse que os bancos públicos têm dificuldade de reter talentos e que enfrentarão mais obstáculos do que os privados para competir com as fintechs.

Com Informações: https://editalconcursosbrasil.com.br

PESQUISA: Fraco desempenho de Flávio Dino no governo faz Roseana Sarney voltar ao cenário político do Maranhão

Segunda colocada na disputa pela Prefeitura de São Luís (saiba mais), a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) é a mais citada pelos eleitores da capital como próxima governadora do Maranhão.

De acordo com o levantamento, espontâneo, Roseana aparece com 8,6% das intenções de votos, seguida pelo deputado federal, Eduardo Braide, pré-candidato do Podemos a prefeito, com 5,8%. Os demais citados não alcançaram 1,5%, cada.

A pesquisa Data Ilha foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA-01492/2020. A coleta dos dados foi realizada entre os dias 29 e 31 de janeiro, com 980 eleitores em 40 bairros, tendo um intervalo de confiança de 95 %, e margem de erro de 3,3%.

Com Informações: https://gilbertoleda.com.br

CAXIAS EM FOCO: Quem lucra com a candidatura de Adelmo Soares em Caxias?

Sem chances reais de ganhar a Prefeitura de Caxias na eleição agora em 2020, o deputado estadual Adelmo Soares pavimenta terreno para aumentar seu poder de votos visando fortalecer seu projeto de reeleição em 2022. E nada mais. Na mesma carona, o bom de votos entregues de mãos beijadas pela máquina estadual, o deputado federal Márcio Jerry entrou para ajudar Adelmo com a mesma finalidade: aumentar sua votação na reeleição de 2022. Se combinarem com o eleitor, quem sabe…

Com Informações: https://luiscardoso.com.br