Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

Notícias da Ilha: Humberto Coutinho e Cleide Coutinho lamentam falecimento de João Castelo

                                                                       Cleide e Humberto Coutinho

Nota do Presidente da Assembleia, Humberto Coutinho

Em São Paulo, onde se encontra para um check-up médico, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Humberto Coutinho (PDT), recebeu com muita tristeza a notícia do falecimento do deputado federal João Castelo (PSDB), na manhã deste domingo (11).

Emocionado, o deputado Humberto afirmou que o falecimento de Castelo deixa uma grande lacuna no mundo politico maranhense, devido à sua atuação como governador do Estado, Prefeito, Senador da República e cinco mandatos de deputado federal.

Humberto Coutinho também ressaltou os laços de amizade e respeito por Castelo, que, assim como ele é filho de Caxias, além de toda a admiração e amor dos caxienses que lhe concederam milhares de votos nas ultimas eleições para deputado federal.

Ele lembrou que, em Caxias, Joao Castelo construiu, quando governador, um grande conjunto habitacional e como prova da admiração popular, a cidade possui uma escola municipal em homenagem ao seu filho, Thales Ribeiro, falecido em 1975.

Humberto prestou suas condolências à esposa de Castelo, a ex-prefeita Gardênia, à sua filha a ex-deputada Gardeninha e a João Castelo Filho.

PRESIDENTE DO GEDEMA

A presidente do Gedema, dra. Cleide Coutinho, que acompanha o marido nos exames médicos em São Paulo, também recebeu a notícia do falecimento do deputado João Castelo com sentimentos de tristeza e consternação.

Cleide Coutinho lamentou a grande perda para o cenário politico do Maranhão e externou aos familiares e amigos do deputado Castelo suas condolências, em especial à sua esposa, Gardênia Gonçalves, pelos laços de amizade fraterna, e à sua filha Gardênia Castelo, com quem partilhou o plenário da Assembleia Legislativa.

FONTE: http://luispablo.com.br/

ESPORTE MUNDIAL: Chapecoense jogará contra o Barcelona, no Camp Nou, em agosto

Clube catarinense aceitou convite para participar do Troféu Joan Gamper

O presidente da Chapecoense, Ivan Tozzo, confirmou a uma rádio espanhola que aceitou o convite para que a equipe catarinense participe do Troféu Joan Gamper, organizado pelo Barcelona, em agosto. O convite integra um conjunto de ações que o clube catalão implementará ao longo de 2017 em homenagem às vítimas do voo que matou quase todos os jogadores e dirigentes do time.

Realizado desde 1966, o torneio faz parte da pré-temporada do time espanhol e já contou com brasileiros como Flamengo, Vasco e Santos, que foi goleado por 8 a 0 pouco tempo depois da transferência de Neymar.

FONTE:https://www.noticiasaominuto.com.br

Barbárie: Mulher é assassinada pelo seu companheiro com 19 facadas, em Timon


Mais um crime aconteceu na cidade de Timon, desta vez a vitima foi a jovem de nome, Francisca Luana, de 23 anos, ela foi morta com 19 facadas pelo seu companheiro de nome Fabiano Pereira da Silva

Ela foi assassinada com 19 facadas, logo no inicio da manhã deste domingo(11), dentro da casa do casal, localizado Beco 13, nas proximidades da Rua 100, no bairro Parque Piauí.


De acordo com informações da policia, o assassino desferiu 19 facada em sua mulher, a policia só não soube informar se ela recebeu as facadas durante a discussão entre o casal, ou se o marido matou ela de forma traiçoeira, ou seja surpreendendo ela 




Ainda de acordo com a polícia, tudo aponta para crime passional. Fabiano(foto abaixo) estaria com ciúmes da companheira, após cometer o crime o acusado fugiu 




O Galo obteve ainda a informação que das 19 facadas que a vitima recebeu, nove foram na garganta.

FONTE: http://www.cozinhandoogalo.com/


ACONTECEU: Moro se exalta e grita com advogado de Lula em audiência

“Doutor, está sendo inconveniente. Já foi indeferida sua questão. Já está registrada e o senhor respeite o juízo”, diz o juiz



O juiz Sérgio Moro e os advogados de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltaram a se desentender. Desta vez, foi em uma audiência de testemunhas da Lava Jato, do qual Lula é réu, que aconteceu nesta segunda-feira (12).

De acordo com O Globo, tudo começou com uma pergunta do procurador Paulo Roberto Galvão de Carvalho para a testemunha Mariuza Aparecida da Silva Marques, engenheira civil da OAS que trabalhou no triplex cuja propriedade é atribuída a Lula pelo Ministério Público Federal.

O procurador perguntou se a ex-primeira dama Marisa Letícia foi tratada como possível compradora ou alguém para quem o imóvel já era destinado em uma visita que fez ao triplex. Uma das advogadas de Fábio Hori Yonamine lembrou a Moro que a testemunha já havia respondido à pergunta, dizendo que Marisa e Lulinha eram potenciais clientes.

Moro, por sua vez, rejeitou o protesto da defesa e pediu que não fossem feitas novas intervenções. No entanto, um dos advogados de Lula, Juarez Cirino do Santos, voltou a protestar contra a mesma pergunta, sendo chamado de inconveniente pelo juiz.

De acordo com a reportagem, Cirino disse que o procurador estava pedindo a opinião da testemunha, não os fatos, foi quando Moro se exaltou.

Doutor, está sendo inconveniente. Já foi indeferida sua questão. Já está registrada e o senhor respeite o juízo!”

Eu? Mas, escuta, eu não respeito Vossa Excelência enquanto Vossa Excelência não me respeita enquanto defensor do acusado. Vossa Excelência tem que me respeitar como defensor do acusado, aí então Vossa Excelência terá o respeito que é devido a Vossa Excelência. Mas se Vossa Excelência atua aqui como acusador principal, Vossa Excelência perde todo respeito.”

FONTE:https://www.noticiasaominuto.com.br

CAXIAS EM FOCO: Prefeito eleito de Caxias, Fábio Gentil, lamenta a morte do seu conterrâneo João Castelo

                             
Caxias perdeu hoje um de seus maiores filhos. João Castelo Ribeiro Gonçalves, o eterno governador João Castelo. Nascido em Caxias, no dia 19 de outubro de 1937.

Sua militância política iniciou-se ao final da década de 60, prosperando na década de 70, elegendo-se como deputado federal pelo Maranhão. Mais tarde, seria Governador do Estado, comandando nosso povo entre os anos de 1979 a 1982. Logo depois, candidata-se a senador da república, elegendo-se.

Um Caxiense que, mesmo com grandes responsabilidades, sempre estava visitando sua cidade Natal.

Figura sempre lembrada, grande homem, grande pai, grande amigo, GRANDE CAXIENSE!

Eu, Fábio Gentil, como futuro representante dos caxienses, e também em nome de meu pai, o ex-Deputado Estadual José Gentil e de toda a minha família, deixo aqui publicamente, o sentimento de pesar de todos nós, filhos de Caxias, ao nosso irmão conterrâneo, que hoje chega junto ao pai celestial.

Que Deus, em sua infinita misericórdia, o abençoe e conforte toda a família Castelo.

Nossos votos de pesar.

Fábio Gentil, Prefeito eleito de Caxias, terra de João Castelo.

FONTE:http://caiohostilio.com/

NOTÍCIAS DO MARANHÃO: Com a morte de Castelo, governo fica com a minoria na bancada federal do Maranhão

Luana Alves e o esposo prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves
Na Assembleia Legislativa, onde cresce a insatisfação com o Governo do Estado, a bancada da oposição ganhou a adesão natural de mais três deputados e aumentou de tamanho. Já a bancada federal oposicionista ao governo de Flávio Dino passará a ser a maioria. Com a morte do deputado João Castelo, assume a suplente Luana Alves (PSB), esposa do prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves, que foi severamente perseguido e humilhado pelo Palácios dos Leões.

Com a ascensão de Luana Alves, a bancada de oposição ao Governo do Estado sobe de nove para dez  na Câmara Federal. Dos 18 membros, estão na oposição Hildon Rocha (PMDB), Kléber Verde (PRB), Davizinho (PR), Pedro Fernandes (PTB), Victor Mendes (PV), João Marcelo (PMDB), Alberto Filho (PMDB), Eliziane Gama (PPS), Luana Alves (PSB) , e André Fufuca (PP).

Permanecem apoiando o governador Flávio Dino os seguintes deputados: Rubens Júnior (PCdoB), Zé Reinaldo (PSB), Waldir Maranhão (PP), Juscelino Filho (PRP), Aluízio Mendes (PSDC), Júnior Marreca (PEN), Zé Carlos (PT), e Weverton Rocha (PDT).

FONTE:http://luiscardoso.com.br/

NOTÍCIAS DO MARANHÃO: Saiba onde será o velório e enterro de João Castelo


Parlamentar estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Ele morreu neste domingo 11, aos 79 anos
O velório do deputado federal João Castelo ocorrerá no plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, localizada no Sítio do Rangedor, bairro do Cohafuma, em São Luís. A cerimônia terá início por volta das 7 horas desta segunda-feira 12. Nos primeiros 40 minutos, somente a família poderá velar o corpo. Após esse período, o plenário será aberta para o público.

O enterro será na tarde de hoje, às 17 horas, no cemitério Parque da Saudade, no Vinhais.

Ex-governador do Maranhão, ex-prefeito de São Luís e ex-senador da República, João Castelo estava no terceiro mandato como deputado federal. Ele faleceu na manhã desse domingo 11, aos 79 anos, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Castelo estava internado em recuperação de uma cirurgia no coração. Foi realizado procedimento de implantação de três pontes de safena e, devido a idade já avançada, nas últimas semanas, ele estava na UTI.

FONTE: http://www.atual7.com/

PLANTÃO ESPORTIVO:Dez anos após conquistar o mundo, Inter é rebaixado para a Série B

                                     O Internacional foi rebaixado para a Série B do Brasileirão pela primeira vez na em sua história
Colorado só empatou com o Fluminense e não conseguiu escapar da queda; Atlético-PR e Botafogo se garantem na Libertadores, Corinthians fica fora.
Com homenagens à Chapecoense, a 38ª e última rodada do Brasileirão 2016 sacramentou o rebaixamento do Internacional à Série B nacional. O time gaúcho só empatou com o Fluminense por 1 a 1 e não escapou do descenso. Além disso, Atlético-PR e Botafogo se garantiram na Copa Libertadores de 2017, deixando o Corinthians fora. O Santos, que venceu o América-MG por 1 a 0, tomou a vice-liderança do Flamengo, garantindo, assim, um prêmio maior da CBF.

Confira aqui como ficou a tabela do Brasileirão 2016 após a última rodada
Por coincidência ou não, a primeira partida a terminar (todas estavam previstas para as 17h) foi a do Internacional. O time gaúcho sequer ameaçou o Fluminense no estádio Giulite Coutinho. Um fio a mais de esperança surgiu com o pênalti defendido pelo goleiro Danilo Fernandes ainda no primeiro tempo, mas, com o gol de Douglas, juntamente com o de Rogério, para o Sport, na Ilha do Retiro, sobre o Figueirense, o desespero bateu à porta. Aos 41, Gustavo Ferrareis ainda empatou, mas era pouco. Dez anos após conquistar o mundo, o Inter é rebaixado, pela primeira vez em sua história, para a segunda divisão do Brasileirão.

                                                                     Torcedores do Inter lamentam queda à Série B
As duas últimas vagas da principal competição de clubes da América do Sul ficaram com Botafogo e Atlético-PR, que irão para a fase preliminar (pré-Libertadores). A equipe carioca, que estava sem vencer há cinco jogos, precisava e uma vitória simples diante do Grêmio, fora de casa, e conseguiu. Ainda no primeiro tempo, Bruno Silva acertou um belo chute e fez o último gol da partida. Final, Grêmio 0 x 1 Botafogo.

O Atlético-PR, que começou a rodada na quinta colocação, recebeu o Flamengo na Arena da Baixada e, mesmo sem vencer, se garantiu no torneio continental de 2017. Por conta do empate sem gols, no entanto, caiu para a sétima posição. O resultado igual não foi bom para o rubro-negro carioca, que perdeu a vice-liderança para o Santos e, consequentemente, um prêmio maior.  Com o terceiro lugar, o Flamengo receberá R$ 7,3 milhões da CBF.

Na Vila Belmiro, o Santos venceu o América-MG por apenas 1 a 0, gol de Ricardo Oliveira, mas foi o suficiente para retornar à vice-liderança e abocanhar R$ 3,4 milhões a mais do que se tivesse terminado em terceiro, isto é, R$ 10,7 milhões irão para os cofres da equipe alvinegra.

                          IVAN STORTI/ SANTOS FC
                          Ricardo Oliveira marcou e comemorou dando uma flechada, em homenagem à Chapecoense
No Mineirão, o Corinthians precisava vencer e torcer contra Botafogo ou Atlético-PR para ir à Libertadores. O time paulista saiu na frente em Belo Horizonte com Guilherme, logo aos sete do primeiro tempo. Aos 23, Arrascaeta igualou o marcador e assim acabou a etapa inicial. Aos nove o segundo tempo, Marlone colocou novamente os alvinegros na frente, só que dois minutos depois, Ezequiel deixou tudo igual. Aos 13, ou seja, apenas quatro minutos após o gol corintiano, Robinho virou para os mineiros. Final, Cruzeiro 3 x 2 Corinthians.  
Os outros dois times que ainda corriam risco de jogar a Série B em 2017 eram Vitória e Sport. No Barradão, o rubro-negro baiano recebeu o já campeão Palmeiras e saiu na frente com o seu principal jogador, Marinho, aos 12 do primeiro tempo. Gabriel, aos 15, e Alecsandro, aos 45 da etapa inicial, porém, viraram a partida para o alviverde e ficou assim até o final.

Já na Ilha do Retiro, o Sport enfrentou o Figueirense e somente no segundo tempo deixou seu torcedor respirar aliviado. Rogério, logo aos três da etapa complementar, acertou um belo chute de fora da área e fez o primeiro. O time catarinense já havia sido rebaixado e, por isso, praticamente não ameaçou a meta de Magrão durante todo o jogo. Como a partida do Inter acabou primeiro, o Leão da Ilha já estava garantido na Série A de 2017 com o 1 a 0, mas ainda deu tempo de Diego Souza fazer o segundo aos 43 minutos e levar os torcedores à loucura.

Nos outros dois jogos, o São Paulo goleou o Santa Cruz no Pacaembu por 5 a 0 e a Ponte Preta bateu o Coritiba por 2 a 0. Os paranaenses perderam a vaga na Copa Sul-Americana com o revés. Já o tricolor terminou na décima colocação.

W.O. para Chape e Atlético-MG

Na Arena Condá, como já era previsto, a Chapecoense e o Atlético-MG não entraram em campo e a CBF decretou W.O. duplo com derrota de 3 a 0 para os dois. A entidade precisou cumprir todo o protocólo de uma partida, como a presença dos árbitros, seguranças, policiais e placas de publicidade, mas sem nenhum jogador em campo. Após o tempo regulamentar de espera, 30 minutos, o árbitro Rodrigo Ferreira encerrou a partida que não começou.

Homenagens

Todas as nove partidas da 38ª rodada do Brasileirão foram marcadas por homenagens à Chapecoense. Um minuto de silêncio foi respeitado em todos os estádios antes dos jogos e muitos times jogaram com o escudo do Furação do Oeste em seu uniforme. Na Vila Belmiro, o indiozinho Carlinhos, mascote da Chape, entrou em campo junto com o artilheiro Ricardo Oliveira.

Fonte: http://esporte.ig.com.br/










CAXIAS EM FOCO: Prefeitura de Caxias decreta luto oficial de três dias pela morte de João Castelo



O prefeito de Caxias, Leo Coutinho, decretou, neste domingo (11), luto oficial de três dias em razão do falecimento do ex-governador do estado do Maranhão João Castelo Ribeiro Gonçalves.

Natural de Caxias, João Castelo estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Deu entrada na unidade no dia 31 de outubro de 2016 para uma cirurgia de revascularização do miocárdio, no dia 10 de novembro.

João Castelo exerceu vários cargos públicos, entre eles, o de governador do Estado do Maranhão, Senador da República, deputado federal e prefeito de São Luís.

De acordo com o decreto, a Prefeitura reconhece os relevantes serviços prestados a Caxias, que levaram melhorias de vida significativas a todos os cidadãos caxienses, e a sua importância no cenário político municipal, estadual e nacional.

Fonte: Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Caxias-MA.
ascom@caxias.ma.gov.br

GIRO PELO BRASIL: 85% consideram o governo Temer de regular a péssimo



Pesquisa foi divulgada neste domingo (11) pelo Datafolha

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha e divulgada neste domingo (11) pela Folha de S.Paulo mostrou que 85% dos brasileiros consideram o governo do presidente Michel Temer de regular a péssimo.

O levantamento ouviu 2.828 pessoas com 16 anos ou mais, e foi realizado na quarta (7) e quinta-feira (8), antes da divulgação da delação do ex-executivo da Odebrecht Cláudio Melo Filho, que cita Temer e ministros do núcleo do governo.

Na pesquisa, 51% consideram o governo ruim ou péssimo; 34% acham regular; 10% bom, e 5% não sabem/não responderam.


FONTE: https://www.noticiasaominuto.com.br