Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

Vídeo mostra recepção “calorosa” que estuprador recebe em presídio

O vídeo original, publicado na página Agente Moura PR, tem causado bastante repercussão e, em menos de 16 horas, já teve quase 20 mil visualizações, no entanto, devido as fortíssimas cenas, foi banido pelo facebook.

Trata-se, segundo descrição, de uma “saudosa” recepção feita por presos a um novo membro da cela – UM ESTUPRADOR.

Um telejornal goiano falou sobre o assunto, mostrando um pouco acerca da recepção promovida por outros presos à estupradores.

Veja como os companheiros de cela recebem o novo membro da prisão:

FONTE: http://brasilnews7.com/

DIRETO DE BRASÍLIA: Prisão de Aécio Neves será votada na semana que vem

AGORA VAI?

Anteriormente, Fachin decidiu apenas afastar o senador do cargo

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), informou nesta terça-feira (13) que levará o pedido de prisão contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) para julgamento na Primeira Turma da Corte na próxima terça-feira (20). As informações são da Agência Brasil.

A prisão foi inicialmente negada pelo relator anterior do caso, ministro Edson Fachin, que decidiu somente afastar Aécio das atividades de senador. A Procuradoria-Geral da República entrou com um agravo contra a decisão, ao mesmo tempo em que a defesa do tucano interpôs um agravo para garantir a liberdade dele.

Ambos os pedidos serão levados à votação na Primeira Turma no mesmo dia, disse hoje o ministro Marco Aurélio, que foi sorteado o novo relator do caso de Aécio após ser acatado um pedido da defesa pela redistribuição do processo. “Serão analisados os extremos”, disse.

O ministro ressaltou que, caso provocado pela PGR, poderá pedir esclarecimento ao Senado sobre o cumprimento da decisão que determinou o afastamento de Aécio das atividades parlamentares. Para Marco Aurélio, não basta que o senador se afaste voluntariamente, mas que o cargo seja considerado vago, sendo convocado um suplente, o que ainda não foi feito.

“Fica uma cadeira vaga. O desejável não isso, é que ela esteja preenchida”, disse Marco Aurélio. “Ao que tudo indica, o episódio de dezembro está fazendo escola. Não me passa pela cabeça que o Senado não cumpra decisão judicial”, acrescentou o ministro, fazendo referência ao caso Renan Calheiros, no fim do ano passado, quando a Mesa Diretora do Senado decidiu não cumprir decisão liminar pelo afastamento do político alagoano da presidência da Casa.

FONTE: https://www.noticiasaominuto.com.br/ Com informações da Folhapress.

 

BOA NOTÍCIA: Agência do Banco do Brasil Volta Redonda é reaberta

A agência do Banco do Brasil que funciona na Rua Senador Clodomir Cardoso, na divisa dos bairros Cangalheiro e Volta Redonda, retomou as atividades depois de oito meses fechada em decorrência de um incidente que destruiu parte da estrutura e inutilizou algumas máquinas do autoatendimento.

O atendimento negocial que envolve abertura de contas, atualizações de cadastros, dentre outros serviços, começou a funcionar nessa segunda-feira (12).

O gerente da agência, Leonel Barbosa, não é autorizado pelo Banco do Brasil a gravar entrevista, mas afirmou em nota que, na próxima semana os 10 terminais de atendimento e os três caixas para atendimento ao público vão funcionar normalmente.

Em dias normais, a agência da Volta Redonda, como passou a ser chamada, atende aproximadamente entre 300 a 400 pessoas.

Fonte: PORTAL NOCA/ Com informações do Imirante Imperatriz

BRASÍLIA: Rede protocola pedido no STF para anular julgamento da chapa Dilma/Temer no TSE

BRASÍLIA: Rede protocola pedido no STF para anular julgamento da chapa Dilma/Temer no TSE

O partido Rede Sustentabilidade ingressou com pedido no Supremo Tribunal Federal (STF) de anulação do julgamento da chapa Dilma Rousseff/Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No pedido, a legenda pede que um novo julgamento seja realizado, mas levando em consideração as delações e provas colhidas a partir da Odebrecht. O relator da ação é o ministro Ricardo Lewandowski.

Fonte: http://waldemarter.com.br/via JOELMA PEREIRA

ACONTECEU: Sobrevida de Temer injeta ânimo no Grupo Sarney e estimula Flávio Dino a intensificar ações políticas visando 2018

Sobrevida de Michel Temer: Roseana Sarney ganha reforço, Flávio Dino deve intensificar açõesSobrevida de Michel Temer: Roseana Sarney ganha reforça; Flávio Dino deve intensificar ações política para manter seu favoritismo nas urnas em 2018

 

Na cadeia de desdobramentos políticos que começou a produzir tão logo o ministro-presidente, Gilmar Mendes, anunciou o seu Voto de Minerva, absolvendo, por quatro contra três, a chapa Dilma – Temer, dando sobrevida política ao presidente Michel Temer (PMDB) e mantendo elegível a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), o julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além de rascunhar um quadro de precária normalidade institucional em meio à tormenta que a Operação Lava Jato vem impondo ao País – desde o dia 14 de março de 2014, numa ação da Polícia Federal no Hotel Luzeiros, em São Luís -, semeou elementos para delinear o cenário do confronto político que está em andamento no Maranhão e cujo desfecho se dará nas urnas de 2018. O desmanche da malsinada denúncia do PSDB contra a aliança PT/PMDB injetou gás no Grupo Sarney, turbinando os caciques do PMDB local, a começar pela ex-governadora Roseana Sarney, e acendeu um sinal de alerta no gabinete principal do Palácio dos Leões, sugerindo ao governador Flávio Dino que se mantenha em estado de guerra, para não correr o risco de ter ameaçado o seu favoritismo na corrida às urnas.

 

É possível que as investigações, as descobertas e as prisões, que em questão de horas desfizeram imagens cuidadosamente desenhadas durante décadas, como a do senador mineiro Aécio Neves (PSDB), inibam a injeção de dinheiro sujo nas campanhas eleitorais e as torne mais saudáveis e decentes de agora por diante. Mas não dá para esquecer que, principalmente no âmbito dos estados, boa parte dos confrontos se dá tendo como arma a máquina pública, que pode ser usada de maneira republicana ou marginal. No Maranhão de agora, os dois grupos em guerra operam exatamente a partir os instrumentos de Estado e de Governo que dispõem. E o resultado do julgamento do TSE ajudou decisivamente na definição desses arsenais.

 

A permanência de Michel Temer no comando da República robustece o PMDB no País como um todo e nos estados em particular. No Maranhão, praticamente todos os cargos federais importantes e que têm poder de gerar resultados políticos e eleitorais encontram-se sob o controle do Grupo Sarney. Aparentemente sem poder, a ex-governadora Roseana Sarney vem controlando estruturas como a Funasa, por exemplo, o             que lhe dá poder de fogo político e eleitoral e impede que o governador Flávio Dino tenha influência nesses braços fortes da máquina federal. Há quem ache que é pouca coisa, mas se fosse assim, os grupos não se digladiariam pelo seu controle. Por seu turno, o governador Flávio Dino controla integralmente a máquina estatal maranhense, realizando uma gestão o mais eficiente e transparente possível e nos limites das condições que dispõe para gerar resultados. Há rumores de que o Grupo Sarney tenta ampliar ainda mais o seu raio de ação, colocando a mão sobre a extensão maranhense da Companhia do Vale do São Francisco (Codevasp), por exemplo.

 

Com a sobrevida do Governo Michel Temer, está mais que claro que o PMDB vai aproveitar para fazer uma grande ofensiva política em todo o País, devendo endurecer o jogo nos estados onde adversários poderosos estão no seu caminho. Nesse xadrez, o Maranhão seja o que mais chapa atenção, exatamente pelo tamanho e a importância do adversário, o governador Flávio Dino. Nenhum governador do campo adversário ao Governo Temer está melhor situado do que o maranhense. O de Minas gerais mal se mantém de pé, o do Piauí, Wellington Dias (PT), está com a língua de fora, o do Ceará se mantém a duras penas, para citar apenas três exemplos. Flávio Dino, ao contrário, comanda um Governo realista, que cuida bem da gestão pública e se mantém fiel aos postulados políticos e ideológicos da esquerda que tem os pés no chão. Reúne, portanto, as condições administrativas e políticas para quebrar os efeitos da investida pemedebista.

 

Em resumo: a sobrevivência do presidente Michel Temer injeta gás no Grupo Sarney, cujos chefes maiores certamente vão tentar convencer a ex-governadora Roseana Sarney a interromper sua confortabilíssima aposentadoria para entrar numa guerra pelo Palácio dos Leões. O problema é que, mesmo militando fortemente em oposição ao Governo pemedebista, o adversário é forte, até aqui limpo e que a cada dia ganha mais espaço nos movimento em que a esquerda moderada faz para voltar ao poder central numa campanha liderada pelo ex-presidente Lula da Silva (PT).

O cenário produzido pelo desfecho do julgamento da chapa Dilma – Temer sugere que o Maranhão poderá ser campo de uma das disputas mais ferozes pelo comando do Estado em 2018.

FONTE: http://reportertempo.com.br/

 

Cachaça do Maranhão está entre as melhores do Brasil e do Mundo

Resultado de imagem para FOTO DE CACHAÇA NO COPO                                                     Imagem meramente Ilustrativa

Cachaça Capotira está entre as melhores do Brasil e do Mundo

               Jorge Fortes recebendo certificado da Cachaça Capotira.

 Durante este final de semana, entre os dias 8 e 11 de junho, aconteceu em Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais, a vigésima sétima edição da Expocachaça, a maior e a mais importante e conceituada vitrine mundial da cadeia produtiva e de valor da cachaça. Um evento que nasceu em Minas e que ganhou a liderança no Brasil e visibilidade mundial.

A Expocachaça foi a principal responsável pela visibilidade atingida e pelo status de destilado nobre e bebida de griffe retirando a cachaça do gueto a que esteve relegada por muitos anos, dando promoção e divulgação à bebida nos mercados interno e externo.

Três marcas estiveram no evento representando o Maranhão. A Tiquira Guaaja, produzida na região de Santo Amaro; a Cachaça Vale do Riachão, produzida em Sucupira do Riachão; e a Cachaça Capotira, produzida na Fazenda Baixinha, em Vargem Grande, e de propriedade de Jorge Luiz Oliveira Fortes.

Durante a 27º Expocachaça, aconteceu a 6ª avaliação com degustação às cegas e classificação das Cachaças dos Expositores de forma democrática e transparente por profissionais altamente qualificados. A degustação foi coordenada por Lorena Simão, do Laboratório Amazile Maia (LABM); por Renato Frascino, coordenador de vários concursos de bebidas no Brasil técnico sensorial de bebidas e alimentos desde 1977; e por Renato Costa, presidente da Associação Brasileira de Sommelieres do Brasil (ABS).

                                             Certificado da Cachaça Capotira.

O objetivo central é avaliar a evolução e a qualidade dos produtos das diversas regiões produtoras do Brasil presentes no evento, sob o ponto de vista sensorial e organoléptico, sinalizando para o mercado brasileiro e internacional o alto nível da produção da nossa bebida em suas diversas categorias e apresentações.

Na categoria Cachaças Armazenadas em Madeiras Brasileiras, a Cachaça Capotira, de Vargem Grande, recebeu o certificado Prata dentro da maior e mais importante Feira do ramo. Ou seja, a Capotira está entre as melhores cachaças do Brasil e, automaticamente, do Mundo, já que a bebida é tipicamente Brasileira. Mais uma vez o nome de Vargem Grande é levado para o mundo!

FONTE: http://alpanirmesquita.blogspot.com.br

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA : Jovem torturada por padrasto denuncia agressões para salvar irmã

‘Uma vez, ele me queimou com um ferro quente. Tive queimaduras de terceiro grau e fiquei internada por três meses’, revela

A comissária de bordo Erika Cristina Carballo de Oliveira, hoje com 23 anos, moradora de Mongaguá, no litoral paulista, decidiu denunciar as agressões cometidas pelo padrasto após a irmã mais nova e filha do agressor fugir de casa e ficar desaparecida por cinco dias. A adolescente sofreu agressões do mesmo homem, o escritor Joselito Oliveira Rocha, de 40 anos, e decidiu pedir ajuda à irmã que não via há 16 anos.

“Uma vez, ele me queimou com um ferro quente. Tive queimaduras de terceiro grau e fiquei internada por três meses”, revelou a comissária.

A irmã de Erika, Gloria Maria de Souza Rocha, de 17 anos, fugiu de casa após ser agredida pelo pai. Depois de passar cinco dias desaparecida, na noite de domingo (11), retornou para casa e contou ter sido forçada a gravar um vídeo com o agressor dizendo que estava tudo bem e registrar um boletim de ocorrência contra as pessoas que a ajudaram. Por fim, Gloria decidiu denunciar Joselito.

As irmãs não se viam há 16 anos. Ambas são filhas da atual mulher de Joselito, Maria José de Souza Franklin, de 44 anos. O casal perdeu a guarda de Erika por maus tratos quando ela tinha apenas seis anos. A Justiça determinou que a menina fosse colocada para adoção, conforme revelado pelo G1.

A jovem foi retirada da família após denúncia de uma enfermeira, que notou uma atitude estranha do pai enquanto ela estava internada. “Eu estava numa sala de brinquedo com a minha mãe e ele [o padrasto] chegou. Ele apertou o pescoço da minha mãe e disse que se eu contasse para alguém ele nos mataria. A enfermeira estava atrás e viu tudo”, lembrou Erika.

A comissária conta que a irmã mais nova a procurou por meio de uma rede social para pedir ajuda. “Nós não tínhamos contato, pois eles nunca disseram onde eu estava ou com quem estava”, disse ela. A adolescente relatou uma situação semelhante à que Erika tinha vivido enquanto criança: violência por parte de Joselito, sem respaldo da mãe.

Sem notícias uma da outra desde pequenas, o apelo por ajuda uniu as irmãs, que foram juntas à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos para apresentar a real versão sobre o desaparecimento da estudante, que até então havia sumido após deixar uma escola no bairro Gonzaga. Gloria Maria está provisoriamente sob os cuidados do Conselho Tutelar.

“As pessoas precisam saber quem é esse monstro. A gente pensou que tudo isso tinha terminado, aí veio essa criança pedindo ajuda para gente. Você vê a volta que o mundo dá”, desabafou a mãe adotiva de Erika, Maria Pilar Carballo Camano.

A comissária de bordo também acusa o padrasto de sumir com um irmão biológico dela. “Eu não cheguei a conhecer o meu pai. Nunca consegui encontrá-lo. Sei que tinha um irmão e Joselito deu um sumiço nele quando casou com a minha mãe. Agora, com a minha irmã, eu gostaria de encontrar os dois”, denunciou.

FONTE: https://www.noticiasaominuto.com.br

 

Caxias em Foco: Atleta caxiense faz bonito em Fortaleza

Larisse Nascimento conquista o 2º lugar em corrida de rua disputada em Fortaleza-CE

Larisse do Nascimento de Sousa segue fazendo uma ótima temporada. A atleta caxiense foi até a capital cearense, Fortaleza, para disputar a “Corrida de Rua Unifor”. A corrida foi realizada neste domingo (11). A prova teve um percurso de 10 km e Larisse o terminou com o tempo de 38m34s, conseguindo com o feito o segundo lugar na premiação.

A Corrida de Rua UNIFOR foi a 13ª prova de Larisse em 2017, sendo que em nove oportunidades ela conseguiu chegar ao lugar mais alto do pódio. Antes desta, ela havia participado de corridas em São Luís/MA e Teresina/PI. Agora a atleta retorna para Caxias e inicia sua preparação para o Circuito de Corrida SESC etapa Belém/PA e Corrida Internacional em Boa Vista/RR.

Corrida de Rua UNIFOR 

O evento está na sua 25ª edição. Promovida pela Universidade de Fortaleza, a Corrida de Rua Unifor já virou tradição no calendário esportivo nacional, atraindo competidores de diversos estados do Brasil, além de ser reconhecido pela inclusão de pessoas com necessidades especiais. A corrida contou com 3.477 atletas inscritos, sendo 1.890 na categoria de 5 km, 933 na de 10 km e 594 na prova especial.

Premiação

Todos os competidores que concluíram a prova receberam medalhas de participação. Já os primeiros colocados receberam prêmios em dinheiro e troféus. Os atletas que subiram ao pódio na categoria de 10 km receberam R$ 2.500,00, R$ 2.000,00 e R$ 1.500,00 para o primeiro, segundo e terceiro colocados, respectivamente. Os três primeiros colocados no percurso de 5 km foram premiados com R$ 1.500,00, R$ 1.000,00 e R$ 500,00 por ordem de chegada.

Fonte: http://irmaoinaldo.blogspot.com.br/via Portal Noca

CAXIAS EM DESTAQUE: Alunos do Curso de Direito da FAI promovem palestra para alunos do Ensino Médio.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Palestrantes: Marcelo Souza, Georgia Pinto e  Jackson Vale

Alunos do curso de Direito da FAI, realizaram no último dia 10 Sábado, palestra para os alunos do Centro de Ensino Inácio Passarinho, a temática abordada pelos acadêmicos foi CYBERBULLYING, que é um tipo de Bullying que vem ganhando mais importância nas redes sociais.

Objetivo

 O objetivo do trabalho é levar aos ouvintes uma maior compreensão sobre esse tema e propiciar as vítimas desse tipo de violência uma maneira de se defender dos abusos. O trabalho explica os fatores condicionantes dessa agressão. Tais como: O que é Cyberbullying? Como funciona? Quais as consequências dessas agressões para a vítima?

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas

 Os Palestrantes

 Os alunos Marcelo Sousa, Jackson Vale e Giorgia Pinto já levaram esse trabalho à três instituições de ensino de Caxias. Tais como: Escola Municipal Paulo Marinho, C.E. Aluízio de Azevedo e agora a escola Inácio Passarinho. A última apresentação teve a participação de alunos e professores que acharam a palestra muito importante, pois é um tema muito atual e pode ajudar os alunos a ter uma visão mais clara do assunto.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas e área internaPalestrante Georgia Pinto

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e sapatos

                                                              Palestrante Jackson Vale

 

Afinal  o que é o Cyberbullying?

Cyberbullying é uma prática que envolve o uso de tecnologias de informação e comunicação que tem como objetivo prejudicar alguém através do uso de suas funções. Essas agressões podem causar danos irreversíveis e em casos mais extremos levar o agredido a utilizar o suicídio para fugir do agressor. Os palestrantes fizeram uso de recursos como Datashow, fotos e jornais para explicitar com mais ênfase o conteúdo e levar um entendimento mais fácil para a plateia.   

Alunos do Azevedo

Veja a entrevista de um dos componentes da equipe de trabalho, Marcelo Souza.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé                                                      Marcelo Souza

RI- Marcelo, como vocês pretendem ajudar os alunos das escolas de Caxias com esse trabalho?

 

Marcelo – Buscamos junto aos parâmetros da escola e da sociedade, discutir alguns aspectos considerados relevantes, entre eles a conceituação dessa prática, suas distinções, as consequências civis e/ou penais.

RI-Qual a justificativa jurídica para esse trabalho?

Marcelo – O estudo justifica-se pela necessidade de observância ao princípio constitucional da dignidade humana, o qual confere a todos, indistintamente, a faculdade de autodeterminação de suas ações. Portanto, é claro que atitudes a nível hostilizantes, atrasa o rendimento da sociedade e não se é compatível com a sociedade que queremos construir.

Aliado a isso, objetiva-se, com isso, elucidar quais as suas reais consequências sociais, psicológicas e físicas, bem como a responsabilização do bully (valentão) na esfera civil e, possivelmente, penal.

A imagem pode conter: 14 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

RI-Qual o fator gerador dessa violência?

Marcelo –  Acredito que prática do bullying demonstra ser uma das vertentes impressas pela exclusão social, a qual tem o condão de suprimir direitos e garantias fundamentais, bem como a desagregação do laço social que liga o cidadão à sociedade, merecendo maior atenção por parte do Estado e de toda a comunidade, para que se minimize os seus efeitos degradantes. finalizou Marcelo

A imagem pode conter: 15 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna