Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

GIRO PELO BRASIL: Lula, Dilma, Serra e Renan são os novos alvos da JBS, diz colunista

Os irmãos possuem muito mais provas sobre nomes que, até o momento, estavam passando ilesos

Nesta sexta-feira (19), delações dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, vai explodir no colo dos ex-presidentes Luíz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff (PT), do ex-presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB) e do ex-chanceler e ex-presidenciável José Serra (PSDB), de acordo com a colunista Eliane Catanhêde, do Estadão.

Segundo a jornalista, os irmãos possuem muito mais provas sobre nomes que, até o momento, estavam passando ilesos. Como os empresários estão soltos, eles assinaram acordo no qual passariam meses gravando interlocutores e pautando os monitoramentos da Polícia Federal. Segundo a colunista, o resultado das demais gravações é devastador, não apenas para Temer e Aécio, mas em todo o mundo político.

FONTE: https://www.noticiasaominuto.com.br/

GIRO PELO BRASIL: Andrea Neves foi a grande estrategista do irmão

No governo de Minas, ela comandava oficialmente o Servas, -serviço social ligado ao governo cuja presidência normalmente é reservada às primeiras-damas

A imagem pública do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) foi moldada pela irmã mais velha, Andrea Neves, 58, presa nesta quinta (18) pela Polícia Federal.

Apesar de preferir evitar exposição pública, a neta de Tancredo foi a grande estrategista da gestão Aécio desde o período em que ele governou Minas (2003-2010), controlando discursos e aparições do então governador e gerindo crises do mandato.

A Aécio, melhor no trato pessoal, cabia a parte de fazer política miúda e ser a figura de destaque da família. Segundo aliados, os dois se complementavam.

No governo, ela comandava oficialmente o Servas, -serviço social ligado ao governo cuja presidência normalmente é reservada às primeiras-damas- e coordenava o grupo responsável pela comunicação do Estado. Os cargos, diz Aécio, não eram remunerados.

Andrea também ajudou a tocar as campanhas do irmão, inclusive à Presidência em 2014, e de aliados, como o ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda (PSB), eleito em 2008.

Obsessiva por trabalho, ficou conhecida pela rigidez nas cobranças a quem trabalhava com ela. Também era temida pelo modo como desconstruía os adversários nas campanhas. Dizia que na eleição não se dá um soco no adversário, mas “se faz furinhos e deixa ele sangrar”.

Embora a própria Andrea nunca tenha se candidatado, sempre foi ligada à política, inclusive por acaso –em 1981, ia a um show de comemoração ao Dia do Trabalhador no Riocentro quando socorreu o capitão que transportava as bombas que explodiram no conhecido atentado frustrado no local.

Recentemente, decidiu fazer uma rara aparição para se defender. Publicou um vídeo na internet em que chora ao negar acusação de ter recebido dinheiro da Odebrecht em conta no exterior. “Eu gostaria de olhar nos olhos da minha mãe e da minha filha e dizer: é mentira”, afirmou no vídeo.

Andrea foi presa em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, por outra acusação. O empresário Joesly Batista, da JBS, disse em delação ela pediu dinheiro em nome do irmão. O advogado dela, Marcelo Leonardo, afirma que a relação com o empresário era “de caráter pessoal e sem nenhum vínculo com a administração pública”.

FONTE: https://www.noticiasaominuto.com.br/Com informações da Folhapress.

CODÓ EM FOCO: Mentiras e Desespero

Por Pedro Junior.

Resultado de imagem para foto de zito rolim

Criando Factoides

 

Surgiu essa semana acusações e falácias contra o ex-prefeito de Codó Zito Rolim, a oposição veladamente dizia que o ex-prefeito seria preso, em uma operação da PF, mas o objetivo e a vinda da polícia federal para região foi por outros motivos, e isso fez o ânimos de seus opositores ficar alvoroçado, no intuito de desejarem o pior, mas para a grande decepção de opositores, e de denunciantes e outros políticos querendo fragilizar um campeão de votos na região dos cocais, se deu com os burros nágua como diz o ditado, é sabido que Zito Rolim, já respondeu alguns processos, mas segundo sua assessoria jurídica, nada que o impeça de ter uma vida digna e que poderá atrapalhar a sua empreitada seja para que cargo for, caso o mesmo pretenda ser candidato, e como tudo não passou de boatos, o nome de Zito fica ainda mais forte com as acusações sem provas cabais que possam manchar sua imagem.

A VERDADE

Segundo seu advogado Dr. Ricardo Torres declarou em rede social, no dia 17 de maio desse mês corrido, que: “O ex-prefeito, Zito não responde a (NENHUM) processo criminal e não existe nenhuma Ação Civil Pública admitida pela justiça.” Ricardo, também ressaltou que investigações são normais para todo gestor de recursos públicos, principalmente quando opositores enchem o ministério público de denúncias infundadas, mas disse que é um dever que tudo seja apurado, mesmo sabendo que nada consta contra o ex-prefeito. Segundo fontes ligada a Zito Rolim, ele está tranquilo e muito seguro do que fez, sua preocupação agora é outra de cunho pessoas e referente a sua saúde.  Seus aliados dizem que Zito e um ex-prefeito trabalhou em prol da população, coisas que outros políticos não suportam, por isso, ele de forma simples e carismática consegue tamanha aceitação da população.

COVARDIA

E nesse momento tão difícil que o ex-prefeito não pode se defender pessoalmente por estar se preparando por um processo cirúrgico, Nada de relevante ou grave, mas que requer cautela, mas mesmo assim, Zito e seus familiares na pessoa de sua assessoria jurídica pede orações para esse momento, tão delicado, mas na certeza que as tormentas passaram, e ele poderá vir para guerra de forma digna e fortemente preparado para prosseguir sua luta como um guerreiro que não desiste do seu objetivo.

JOGO SUJO

No frigir dos ovos se algum político ou pessoas da oposição tentaram atingir e fragilizar Zito, deu um tiro no pé pois o mesmo teve mais apoio que críticas, quem sabe por diversas coisas conquistadas nesses oito anos frente ao governo, agora apenas nos bastidores e vivendo uma vida comum, mas sem esquecer sua paixão Zito, verdadeiramente pode ser o político mais votado caso seja candidato a deputado e isso, preocupa seus opositores e políticos que possam almejar o mesmo carro de concorrência, Zito construiu um nome baseado em um governo de vulto simples e amigo, e isso, é um elo difícil de ser quebrado por jogadas de desesperos de seus rivais.

 

CAXIAS EM DETALHES: PF DESARTICULA MÁFIA EM CAXIAS

Resultado de imagem para FOTO DE MILHÕES DE REAIS                                   IMAGEM ILUSTRATIVA

PF desarticula grupo que desviou R$ 320 mi do seguro desemprego e do FGTS em Caxias e 6 Estados

imageg

Desarticulado grupo que desviou R$ 320 mi do seguro desemprego e do FGTS em Goiás e mais 6 Estados – Jornal O Popular

PF destacou as atuações em Caxias (MA) e em Aparecida de Goiânia, cujos agentes foram responsáveis pela inserção de milhares de requerimentos fraudulentos no sistema do Ministério do Trabalho e Emprego.

A Polícia Federal, em conjunto com o Ministério do Trabalho, deflagrou na manhã de hoje (18) a Operação Stellio, a fim de desarticular organização criminosa especializada em fraudes contra o programa de seguro desemprego e o FGTS que atuava em diversos estados.

Os criminosos inseriam requerimentos fraudulentos em SINES por agentes credenciados, e em escritórios montados pela organização, mediante a utilização das senhas desses agentes cooptados pelos criminosos.

A investigação aponta um prejuízo efetivo na ordem de R$ 320 milhões, conforme dados de requerimentos fraudados entre janeiro de 2014 e junho de 2015.

Desarticulado grupo que desviou R$ 320 mi do seguro desemprego e do FGTS em Goiás e mais 6 Estados – Jornal O Popular

Cerca de 250 policiais federais cumprem 136 mandados judiciais nos estados de Tocantins, Goiás, Pará, Maranhão, Roraima, Paraná e Santa Catarina, sendo 56 mandados de busca e apreensão, 10 mandados de condução coercitiva, nove prisões preventivas e 61 prisões temporárias.

A Justiça Federal em Palmas/TO determinou a prisão de 14 agentes e ex-agentes de SINES dos estados de Tocantins, Goiás e Maranhão que atuaram na inserção de milhares de requerimentos fraudulentos no sistema do MT.

Também foi determinada a prisão de três ex-funcionários da CAIXA que facilitavam os saques dos benefícios fraudulentos por outros integrantes da organização criminosa.

Além disso, a Justiça determinou a indisponibilidade financeira de 96 pessoas integrantes da organização criminosa, visando ressarcir o erário público pelos prejuízos e impedindo a dispersão patrimonial dos envolvidos após a deflagração da operação.

Os fatos em apuração configuram, em tese, os crimes de estelionato, organização criminosa, lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva, cujas penas somadas ultrapassam 50 anos.

A operação faz referência ao nome em latim stellionatu, estelionato, fraude, que veio de stellio, um tipo de camaleão que tem a pele com manchas que parecem estrelas. Stellio ganhou o sentido de trapaceiro, pela capacidade do animal de mudar a cor da pele para se confundir com o ambiente.

FONTE: http://portalcoelhoneto.com.br/

BOMBA: ‘A gente mata ele antes de fazer delação’, disse Aécio sobre primo

STF já determinou o afastamento do senador Aécio Neves e decisão sobre a prisão deve sair em breve

O empresário Joesley Batista, dono da JBS, prestou depoimento e revelou que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) pediu R$ 2 milhões ao empresário, para pagar sua defesa na Lava Jato.

O delator entregou à PGR uma gravação da conversa, que dura meia hora e foi feita no dia 24 de março, em São Paulo.

De acordo com as informações, Aécio pedia dinheiro para o empresário com o objetivo de pagar o criminalista Alberto Toron. Joesley aceitou o pedido de Aécio e questionou quem seria a pessoa encarregada de pegar a mala com o dinheiro. “Se for você a pegar em mãos, vou eu mesmo entregar. Mas, se você mandar alguém de sua confiança, mando alguém da minha confiança”, propôs Joesley ao senador.

Aécio respondeu: “Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação. Vai ser o Fred com um cara seu. Vamos combinar o Fred com um cara seu porque ele sai de lá e vai no cara. E você vai me dar uma ajuda do caralho”.

O jornal O Globo destaca que Fred é Frederico Pacheco de Medeiros, seu primo. Ele foi preso nesta quinta-feira (18) durante Operação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. Além de Fred, a irmã do senador Aécio Neves, Andrea Neves, foi presa em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte.

O colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Aécio falou em ‘tom galhofeiro sobre a possibilidade de matar seu primo’.

Procuradoria-Geral da República já pediu a prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG) ao Supremo Tribunal Federal. No entanto, o ministro Edson Fachin ainda não autorizou a medida, mas já determinou o afastamento do senador. A decisão da prisão de Aécio deve ser decidida em plenário do STF ainda nesta quinta (18).

FONTE: https://www.noticiasaominuto.com.br

FIM DA LINHA: Oposição entra com dois pedidos de impeachment de Temer

Parlamentares pedem também renúncia do presidente, gravado por dono da JBS

BRASÍLIA — Dois deputados federais, Alessandro Molon (Rede-RJ) e João Henrique Caldas (PSB-AL), entraram na noite desta quarta-feira com um pedido de impeachment do presidente Michel Temer, após O GLOBO revelar que o presidente foi filmado dando aval à compra do silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Alguns parlamentares pedem ainda a renúncia do presidente.

— O governo Temer acabou. Já estamos com pedido de impeachment preparado. Se ele (Temer) tivesse dignidade para renunciar, renunciaria. Não há condições de fazer eleição indireta. Temer cometeu crime de responsabilidade. E que história é essa que não havia condições de continuar a sessão da Câmara? Que história é essa de encerrar a sessão para calar a oposição? É para proteger Michel Temer? Ele (Maia) estava totalmente alterado — disse Molon.

Para João Henrique Caldas, Temer não tem “condições mínimas para liderar o país rumo à saída da maior crise econômica de sua história”.

Já o deputado José Guimarães (PT-CE) afirmou que Temer tem que renunciar à presidência, e que o impeachment seria uma segunda opção.

— O primeiro passo é a renúncia dele e a convocação de novas eleições. Se o Temer não topar, temos que fazer o impeachment. É isso que o país espera — destacou.

A deputada Luiza Erundina (PSOL-SP) também defendeu o impeachment:

— Esse governo é uma farsa. A história vai cobrar esse preço. Não há outra saída senão o impeachment já. Fora temer, eleições já — pediu.

O deputado Alessandro Molon pede ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para não encerra a sessão – Givaldo Barbosa / Agência O Globo

CRIME DE RESPONSABILIDADE

Molon argumenta que Temer incorreu em um dos crimes de responsabilidade elencados na lei que os define: delito contra a probidade na administração, tendo procedido de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), terá que analisar o pedido de impeachment, para decidir se dá prosseguimento à solicitação.

— Rodrigo Maia terá que despachar o pedido, pois estamos diante de algo muito grave. Não acredito que ele não dará prosseguimento ao pedido — disse Molon.

O deputado afirmou que o segundo passo será requerer as gravações com Temer feitas por Joesley Batista e chamar as testemunhas do caso para serem ouvidas no Parlamento. Para Molon, a conduta está devidamente tipificada na lei de responsabilidade e, segundo as informações noticiadas, há provas robustas para que Temer seja submetido ao processo de cassação.

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirmou que o Partido dos Trabalhadores se reunirá na noite desta quarta-feira para discutir os termos de um pedido de impeachment.

— Estamos fazendo reunião agora para discutir os termos da apresentação de pedido do impeachment do presidente Michel Temer — explicou Lindbergh.

O senador foi repreendido pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), que lembrou a Lindbergh que a sessão plenária estava tratando, no momento, da votação da proposta de emenda constitucional (PEC) que dispõe sobre o foro privilegiado. O senador Magno Malta (PR-ES) pediu a palavra em seguida e provocou o petista:

— Estou achando hilário o comunicado. Não seria o sujo falando do mal lavado? E delação agora vale? Porque pro PT delação nunca valeu nada. Pros outros vale, pra eles não vale.

Pouco tempo depois, a sessão plenária foi encerrada.

ENTENDA O CASO

O presidente Michel Temer foi gravado pelo dono da JBS Joesley Batista, dando aval para o pagamento de propina ao deputado cassado Eduardo Cunha em troca do silêncio dele. Diante de Joesley, Temer indicou o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver um assunto da J&F (holding que controla a JBS). Posteriormente, Rocha Loures foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley.

Temer também ouviu do empresário que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada na prisão para ficarem calados. Diante da informação, Temer incentivou: “Tem que manter isso, viu?”.

Aécio Neves também foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley. O dinheiro foi entregue a um primo do presidente do PSDB, numa cena devidamente filmada pela Polícia Federal. A PF rastreou o caminho dos reais. Descobriu que eles foram depositados numa empresa do senador Zeze Perrella (PSDB-MG).

Em negociação para fechar acordo de delação premiada, Joesley relatou também que Guido Mantega era o seu contato com o PT. Era com o ex-ministro da Fazenda de Lula e Dilma Rousseff que o dinheiro de propina era negociado para ser distribuído aos petistas e aliados. Mantega também operava os interesses da JBS no BNDES.

FONTE: https://luiscardoso.com.br/

Plantão: Humberto Coutinho submetido a cirurgia no estômago em Teresina e terá alta antes do final do mês

Humberto Coutinho: cirurgia no estômadoHumberto Coutinho: cirurgia no estômago e com alta prevista em uma semana O diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa, Carlos Alberto Ferreira, divulgou ontem à tarde nota oficial em que comunica que o presidente do Poder Legislativo, deputado Humberto Coutinho (PDT), foi submetido a uma cirurgia no estômago, no Hospital da Unimed, em Teresina (PI). A nota informa que o procedimento cirúrgico foi bem sucedido e não tem qualquer relação com o câncer contra o qual o deputado Humberto Coutinho vem lutando. De acordo com informações médicas, o presidente do Poder Legislativo permanecerá por mais uma semana em recuperação, devendo retomar suas atividades tão logo receba alta médica. Segue a íntegra da nota divulgada pelo diretor de Comunicação:

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Humberto Coutinho (PDT), foi submetido, nesta terça-feira (16), a uma cirurgia no hospital da  Unimed, em Teresina (PI), para tratamento do quadro obstrutivo do intestino agudo, ocasionado por aderências de cirurgias anteriores.

A cirurgia foi realizada com sucesso pelo cirurgião José Rodrigues dos Santos (Dr. Zequinha, seu colega de pessoal de décadas) e sua equipe.

No procedimento, foi necessário retirar um pequeno segmento do intestino, que já estava em sofrimento devido à obstrução.

A cirurgia transcorreu normalmente, sem intercorrências clínicas.

No momento, o deputado Humberto Coutinho encontra-se em recuperação pós-operatória no hospital da Unimed, onde permanecerá por mais uma semana, acompanhado da Dra. Cleide Coutinho, filhos, netos e demais familiares.

A equipe informa que a cirurgia a que o deputado Humberto Coutinho foi submetido não tem qualquer relação com a sua doença de base.

Carlos Alberto Ferreira

Diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão.

FONTE: http://reportertempo.com.br/

ACONTECEU: Pai se espanta ao ver nas câmeras o que mãe fazia no quarto do bebê

Pai se espanta ao ver nas câmeras o que mãe fazia no quarto do bebê

O Sul-africano Tyrone Morris checou imagens das câmeras do quarto do bebê para ver o que a mãe fazia lá por tanto tempo

Nas imagens podemos ver a sua esposa deitada de costas no chão, se arrastando e com os olhos brilhando.

O que parecia ser uma possessão demoníaca, nada mais era do que um ritual da mãe para sair do quarto sem acordar o bebê.

Tyrone resolveu postar o vídeo no youtube, e já teve mais de 750 mil visualizações.

Confira esse vídeo hilário!

FONTE: https://www.noticiasaominuto.com.br

 

CENAS FORTES! População mata estuprador dentro de hospital no MA

Um homem – ainda não identificado pela reportagem do Blog do Luís Pablo, foi espancado até a morte após ser identificado como suspeito de estupro no município de Bacuri, interior do Estado do Maranhão.

Estuprador linchado em Bacuri e morre dentro de hospital espancado        Estuprador linchado em Bacuri e morre dentro de hospital espancado

Segundo informações de interlocutores do município, o suspeito juntamente com dois comparsas atacaram uma técnica de enfermagem que estava a caminho do serviço na segunda-feira, dia 15.

A vítima pilotava uma Biz, quando foi surpreendida pelos três homens ao reduzir a velocidade na estrada conhecida como “curva da morte”.

Em plena luz do dia, por volta das 13h, os homens arrastaram a jovem para o mato e abusaram dela sexualmente. A vítima ficou estado de choque e gravemente ferida.

Na noite de hoje, dia 16, moradores conseguiram pegar um dos estupradores, que foi linchado. Ele chegou a ser levado para o Hospital de Bacuri, mas após a notícia se espalhou pela cidade e várias pessoas invadiram a unidade hospitalar, espancando o homem até a morte.

As cenas são fortes. O estuprador ficou até com a cabeça aberta aparecendo o cérebro, após receber vários golpes de facão.

O clima é tenso na cidade. A polícia encontra-se no local.

Clique e veja:

FONTE: https://luispablo.com.br/

BOMBA: Flávio Dino é colocado na lista de possíveis alvos da Polícia Federal, divulga jornal Folha de São Paulo; lista será encaminhada ao STJ

Além do pedido de abertura de inquérito contra Flávio Dino e mais oito governadores, ainda de acordo com reportagem da Folha, há até pedidos de prisão temporária ou de suspensão de mandatos envolvendo os mesmos.

O governador Flávio Dino é posto na lista como possível investigado do STJ porque em delação do ex-executivo da Odebrecht, José Filho, o comunista é acusado de ter recebido R$ 200 mil para contribuir positivamente em tramitação de projeto de lei de interesse da empreiteira.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), é colocado na lista de possíveis alvos da Polícia Federal. Foi o que divulgou na edição desta quarta­feira, 17, o jornal Folha de São Paulo. Além de Dino, outros oito governadores também estarão nessa lista que será encaminhada pela Procuradoria Geral da República ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Segundo notícia da Folha, os governadores que estão na lista da PGR são Beto Richa (PSDB­/PR), Luiz Fernando Pezão (PMDB­/RJ), Fernando Pimentel (PT/­MG), Flávio Dino (PCdoB­/MA), Geraldo Alckmin (PSDB­/SP), Marcelo Miranda (PMDB­/TO), Raimundo Colombo (PSD­/SC), Marconi Perillo (PSDB­/GO) e Paulo Hartung (PMDB/­ES).

Segundo a reportagem, os ministros do STJ aguardam a lista que será encaminhada pelo vice-procurador da República, Bonifácio Andrada, responsável por assuntos remetidos ao STJ. Além do pedido de abertura de inquérito, ainda de acordo com reportagem da Folha, há até pedidos de prisão temporária ou de suspensão de mandatos envolvendo os governadores.

Os documentos ainda não chegaram ao STJ porque a PGR aguardava posição do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a necessidade de autorização das Assembleias Legislativas para abrir investigação contra governadores. Os ministros do STF definiram que não há tal necessidade, o que abriu caminho para o pedido de investigação de governadores citados em delação de executivos da Odebrecht.

Governador do Maranhão

“O governador Flávio Dino é posto na lista como possível investigado do STJ porque em delação do ex-executivo da Odebrecht, José Filho, o comunista é acusado de ter recebido R$ 200 mil para contribuir positivamente em tramitação de projeto de lei de interesse da empreiteira.

O valor dado a Dino (cujo nome na lista da empresa era Cuba) foi destinado para a campanha eleitoral de 2010.”

O governador nega que tenha recebido qualquer dinheiro da Odebrecht e apresentou documento da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados mostrando que não chegou a relatar a proposta de interessa da empreiteira

A justificativa de Dino chamou mais atenção pela data de emissão. Ele pediu o documento em 17 de março deste ano. No entanto, a lista com citado na delação e também com os pedidos de investigação da PRG somente foram divulgados em 12 de abril.

FONTE:http://monicalves.com.br/