Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

PURA LINHAGEM : Cavalo mais caro do mundo – R$ 375 milhões – vale mais que Messi

Não há como discutir, os cavalos de corrida estão no topo do ranking de animais de fazenda mais caros já negociados; O Fusaichi Pegasus, cavalo mais caro do mundo vale, atualmente, cerca de R$ 34 milhões a mais que o jogador mais caro da história, o Argentino, Lionel Messi.

foto: ( reprodução ) Fusaichi Pegasus

O mercado dos equinos, de forma geral, movimentam milhares de dólares por ano. Além de ser um grande setor, gerando emprego e renda, o mercado possui seus admiradores. Mas afinal de contas, quanto você pagaria em um cavalo? Talvez 100, 200 ou quem sabe 1.000 reais? Está caro para você? Imagine então que o cavalo mais caro do mundo, Fusaichi Pegasus, em números corrigidos, vale hoje mais de U$ 72 milhões, cerca de R$ 375 milhões considerando o dólar no valor atual.

Cavalos de corrida estão no topo do ranking de animais de fazenda mais caros já negociados. Afinal, uma genética campeã nas pistas pode resultar em uma linhagem igualmente vencedora — e lucrativa para os criadores. Vamos conhecer agora o famoso cavalo, o Fusaichi Pegasus, um animal que deixaria qualquer um milionário com a sua genética. O recorde de preço, alcançado em 2000, até hoje não conseguiu ser quebrado.

A título de comparação, Lionel Messi, um dos melhores e mais caros jogadores da história do futebol mundial, vale atualmente, segundo a Forbes, cerca de US$ 65 milhões. Dessa forma, o Fusaichi Pegasus, o cavalo mais caro do mundo, é cerca de R$ 34,5 milhões mais caro que o jogador.

Fusaichi Pegasus, viveu cerca de 21 anos – 12 de abril de 1997 – 23 de maio de 2023 -, tempo suficiente para quebrar recordes e elevar o patamar das competições de corrida de cavalos do mundo. Das nove corridas que participou, venceu seis e rendeu mais alguns milhões para seus donos. Parou de competir em 2020, por apresentar um baixo desempenho comparado ao potencial da raça.

Ele foi um cavalo de corrida puro-sangue americano campeão que venceu o Kentucky Derby de 2000 – considerada a corrida mais cara da história – e, posteriormente, estabeleceu um recorde em leilão dessa categoria, sendo vendido por cerca de $ 72 milhões de euros para Coolmore Stud, na Irlanda.

Com isso, a negociação o colocou no patamar de animais mais caros já vendidos. Um mês após vencer o tradicional Dérbi de Kentucky, nos EUA, nos anos 2000, o equino foi adquirido em uma negociação privada por US$ 72 milhões, o equivalente a R$ 335 milhões nos valores atuais.

O potro foi comprado ainda filhote por $ 4 milhões por Fusao Sekiguchi , que é o preço mais alto pago por um vencedor do Kentucky Derby. Seu nome é uma combinação do nome de seu dono, “Fusao”, e a palavra japonesa para um, “ichi”, que significa o número 1 ou o melhor; a segunda metade de seu nome veio de um cavalo alado na mitologia grega. Apelidado de “Fu Peg”, ele era filho do Sr. Prospector e Angel Fever, uma égua do pai principal Danzig .

Fusaichi Pegasus

Fusao Sekiguchi (L) do Japão, proprietário da Fusaichi Pegasus, e o treinador Neil D. Drysdale (R) seguram o troféu depois que seu cavalo venceu o 126º Kentucky Derby. TIM SLOAN/AFP via Getty Images

Recorde de corrida

9 partidas, 6 vitórias , 2 segundos , 0 terceiros, US$ 1.994.400 Ano 2000:

Ganhou Kentucky Derby (EUA-G1, 10FD, Churchill Downs) Ganhou San Felipe Stakes (EUA-G2, 8.5FD, Santa Anita) Won Wood Memorial Stakes (EUA-G2, 9FD, Aqueduto) Ganhou Jerome Handicap (EUA-G2, 8FD, Belmont) 2ª Preakness Stakes (EUA-G1, 9.5FD, Pimlico)

Seis dos descendentes gerados por “Fu Peg” foram campeões de turfe. Durante sua primeira década como garanhão, ele dividiu seu tempo entre o Coolmore’s Ashford Stud e a operação de criação australiana de Coolmore. Ele foi transferido em 2008 para o Haras Don Alberto no Chile, e também foi transferido para o Uruguai. Entre sua progênie estão os vencedores do Grau 1 Bandini, Roman Ruler, Champ Pegasus e Haradasun .

Fusaichi Pegasus

Crédito: TIM SLOAN/AFP via Getty Images. Na foto: Kent Desormeaux a bordo do Fusaichi Pegasus

Fusaichi Pegasus morreu em 23 de maio de 2023, aos 26 anos, mas permanece com o título de mais caro da história. Ele foi sacrificado devido aos efeitos da velhice. Uma estátua de Fusaichi Pegasus fica no Northern Horse Park, na ilha de Hokkaido, no Japão.

Fusaichi Pegasus

Estátua de Fusaichi Pegasus no Northern Horse Park em Tomakomai, Hokkaido, Japão, em 22 de agosto de 2018. Crédito: Lo Chun Kit /Getty Images

Shareef Dancer, o segundo da lista de cavalos mais caros do mundo Shareef Dancer foi um puro-sangue americano e é atualmente o segundo dos cavalos mais caros do mundo. Na Inglaterra, nos estábulos Godolphin de Mohammed bin Rashid al Maktoum (atual Primeiro-Ministro e Vice-Presidente dos Emirados Árabes Unidos), Shareef Dancer foi gerado por Northern Dancer e Sweet Alliance.

Em 1983, aos três anos de idade, Shareef foi vendido por US$40 milhões – o equivalente a quase R$142 milhões -, um preço recorde por um próspero garanhão. Este cavalo americano teve uma carreira muito bem-sucedida e rentável. Entrou em 5 corridas, ganhando três delas e ficando uma vez em 2º lugar.

svg%3E

Shareef Dancer

Com Informações:https://www.comprerural.com

Categoria: Notícias