No dia 8 de maio, o Brasil comemora o Dia Nacional do Turismo, uma data que destaca a importância do setor para o desenvolvimento econômico e cultural do país.

Nessa ocasião especial, vamos explorar as maravilhas do estado do Maranhão, um destino rico em belezas naturais. Convidamos você a descobrir 10 lugares encantadores para visitar no Maranhão e aproveitar o que essa terra cheia de encantos tem a oferecer.

1. Lençóis Maranhenses – Com suas dunas imensas e lagoas cristalinas, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é uma verdadeira obra de arte da natureza. É um lugar único no mundo, onde você pode caminhar entre as dunas e se refrescar nas piscinas naturais formadas pela água da chuva.

2. São Luís – A capital do Maranhão é um tesouro histórico, com seu centro histórico preservado, conhecido como o maior conjunto de arquitetura colonial das Américas. As belas ruas de paralelepípedos, casarões coloridos e azulejos portugueses tornam São Luís uma cidade encantadora.

3. Alcântara – Localizada na Ilha de Upaon-Açu, Alcântara é uma cidade histórica que preserva sua arquitetura colonial e testemunha a grandeza do passado. Visitar seus casarões e igrejas seculares é fazer uma viagem no tempo.

4. Delta do Parnaíba – Na divisa entre o Maranhão e o Piauí, o Delta do Parnaíba é um ecossistema deslumbrante, formado por manguezais, dunas, ilhas e lagoas. Um passeio de barco pelos braços do delta é uma experiência inesquecível.

Delta do Parnaíba – Wikipédia, a enciclopédia livre

5. Parque Nacional da Chapada das Mesas – Localizado no sul do Maranhão, o Parque Nacional da Chapada das Mesas impressiona com suas formações rochosas imponentes, cânions, cachoeiras e rios de águas cristalinas. É um verdadeiro paraíso para os amantes de aventura e ecoturismo.

Chapada das Mesas (MA): o que fazer, hospedagens e dicas

Esses são apenas alguns exemplos dos tesouros que o Maranhão tem a oferecer aos seus visitantes. Seja pela exuberante natureza, pela riqueza histórica ou pela cultura vibrante, esse estado encanta e cativa todos aqueles que o exploram.

Com Informações: https://oimparcial.com.br