Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

ACONTECEU NO MARANHÃO: Zito Rolim foi acusado de cometer irregularidades na execução de Convênios em Codó

Ávido para voltar ao cargo de prefeito de Codó o representante de Nagib, Zito Rolim tem um rastro de lama na vida pública maranhense (Da redação do Blog)

Foto: ( Reprodução )

O candidato a prefeito de Codó Zito Rolim, apoiado pelo atual mandatário Nagib tem a vida acompanhada de processos na justiça.

Um dos processos refere-se ao Convênio nº 37304057200727000, firmado entre o Município de Codó/MA e a  Superintendência Estadual do Maranhão do Instituto Nacional de Colonização e Reforma  Agrária – INCRA. A acusação é de irregularidade na execução do convênio.

Outro inquérito civil instaurado pelos órgãos competentes contra o ex-prefeito Zito Rolim diz respeito à irregularidades na  execução do Convênio nº 655972/2009, firmado entre o Município de Codó/MA e o Ministério  da Educação/Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

Em uma ação pública Improbidade Administrativa (001939 – 259 / 2019) movida pelo Ministério Público(https://apps.mpma.mp.br/transparencia/simp/detalhe.html?registro=) Improbidade administrativa o MP alega, em suma, que houve irregularidades nos contratos para aquisição de materiais e equipamentos permanentes de diversas Secretarias do Município de Codó/MA, conforme apurado em inquérito civil n.026/20151ª PJC, pugnando pela condenação do requerido por atos de improbidade administrativa nos termos do artigo 10,VIII e XII e artigo  12,II, da Lei n.8429/92.

O MPMA entrou também com Ação de Improbidade administrativa onde Aduz o autor que o réu, na condição de Prefeito Municipal de Codó/MA, celebrou o convênio nº 319/2017, firmado entre prefeitura de Codó/MA e União, por intermédio do Ministério dos Esportes, com o objetivo de implantar de 10 (dez) núcleos de esporte educacional do Programa Segundo Tempo para atendimento a 2.000 (duas mil) crianças, adolescentes e jovens, com práticas educacionais no município de Codó.

Relata que para o supracitado Convênio, foi previsto o valor global de R$ 543.595,62 (quinhentos e quarenta e três mil quinhentos e noventa e cinco reais e sessenta e dois centavos), cabendo ao município a contrapartida no valor de 139.386,00 (cento e trinta e  nove mil, trezentos e oitenta e seis reais).
Acrescenta que restou demonstrado o repasse ao município de Codó/MA de somente a 1.ª  parcela do Convênio, no valor de R$ 80.841,92 (oitenta mil, oitocentos e quarenta e um reais  e noventa e dois centavos), valor esse que não foi restituído ao concedente.

Categoria: Sem categoria

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.