REVOLTA: Município de Lagoa do Mato está jogado às traças, diz moradores

O prefeito não estaria atendendo aos clamores da população que se sente impotente diante da situação de descaso (Da redação Repasse Informativo)

Foto: ( Divulgação )

 

A reportagem do blog Repasse Informativo recebeu nesta semana denúncias de descaso público vindas do município de Lagoa do Mato, situado na região leste do Estado a cerca de 550 quilômetros da capital maranhense.
Segundo os moradores, após o início da pandemia a cidade ficou sem comando. A saúde pública, está em péssima situação.

As promessas

” O prefeito Dr. Alex ganhou a eleição falando que o povo ia ter uma saúde de qualidade. Mas, na semana passada uma criancinha morreu por falha na assistência no posto de saúde da prefeitura. A mulher chegou em trabalho de parto por volta do meio-dia. A médica de plantão tinha saído pra almoçar e quando voltou a criança já havia morrido na barriga da mãe”, declarou a testemunha que nao quis divulgar o nome com medo de represálias por parte do prefeito.

A Deus-dará

Os trabalhadores do transportes coletivos do município estão em polvorosa sem saber como retornar aos trabalhos pois não lhes foram repassadas as regras no decorrer deste período de pandemia.
Reunidos, os donos das vans foram a procura do prefeito para pedir orientação. Antes tentaram contactar o chefe do executivo por telefone, mas ele não teria atendido e nem retornado a ligação.

Ameaçados 

Ao chegarem nas proximidades da prefeitura teriam sidos recebidos pelo pai do prefeito com ameaças. Segundo os trabalhadores, Aluízio Coelho Duarte, pai do prefeito, disse que ia circular pelo quarteirão em seu carro e quando voltasse não queria ver o grupo por lá “porque não iria dá certo e colocou todos para sair do local através de ameaça disse também que chamaria a polícia, sendo que os mesmo não estavam fazendo manifesto ou baderna estavam apenas tentando falar com o prefeito Dr.Alex Duarte.
O blog tentou contato por telefone com a assessoria do prefeito, mas não obteve êxito.

Vejam as fotos:

 

 

 

 

 

Categoria: Sem categoria

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

    *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.