Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

CAXIAS EM DETALHES: “O SANTO REDENTOR “MATEUS CHEGOU”

Quebrando paradigmas e regras da convivência harmônica do comércio, por força do poder, finalmente chegou o MIX MATEUS ATACAREJO em nossa cidade!

 

Por: Pedro Barros (Empresário)

 

Para alguns, mais abastados e para os detentores do poder político, trouxe consigo, 200 vagas de empregos diretos, para os Caxienses. Não sei até que ponto, esse entendimento é verdadeiro e quais os reais benefícios trazidos para nós…

Só tenho certeza de uma coisa: chegou mais uma gigante para espatriar nossas já minguadas riquezas, pois haverá, na verdade, uma concentração de vendas, em torno dos dois maiores supermercados do Estado, agora instalados em nossa terra – Carvalho e Mateus!

Dos benefícios relativos aos empregos gerados, entendo ser uma incógnita, pois não se sabe ainda, os efeitos que sobrevirão, sobre mercadinhos, frigoríficos, açougueiros, verdureiros, pequenos atacadistas, vendedores ambulantes, restaurantes e outras pequenas empresas familiares; pois, se por um lado traz 200 vagas de empregos, por outro pode proporcionar dispensas nos pequenos empreendimentos citados.

Porém, o que mais preocupa é a evasão de nossas divisas, pois se foge nosso capital pra outros Estados, deixará de circular nos pequenos comércios e negócios. E esse fator, interferirá, sem nenhuma dúvida, no crescimento de nossa economia – podendo até proporcionar desemprego, repito!

Nada obstante, só nos resta chamar a atenção de nossos consumidores, para os riscos a que nos expomos, ao corremos atrás de certas facilidades…porque numa primeira análise, poderíamos enxergar uma falsa concorrência, que poderia beneficiar os de menor poder aquisitivo; mas na verdade estará ajudando a enfraquecer nossa economia.

Em resumo: a concentração de rendas, não favorece uma economia solidária e compartilhada, pois tudo converge para o túnel do poder maior, que impiedosamente, massacra e destrói a sustentabilidade de uma coletividade.

No entanto, não há a quem se culpar ou responsabilizar, pois essa é a Lei do mais forte… Cabe a cada um de nós, fazer nossas escolhas, em cima de uma realidade massacrante que está à nossa volta e vista. Esse é meu entendimento, a cerca da boa nova, mas não sou o dono da verdade absoluta!

Categoria: Sem categoria

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.