Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

GIRO PELO BRASIL: “O que eu estou vendo agora é quase o surgimento do nazismo”, diz Lula após tiros em ônibus

Dois ônibus da caravana do ex-presidente foram atingidos por três tiros nesta tarde

“O que eu estou vendo agora é quase o surgimento do nazismo”, diz Lula após tiros em ônibus

Divulgação

A assessoria de imprensa de Lula informou que, na tarde desta terça-feira (27), dois ônibus da caravana do ex-presidente foram atingidos por três tiros enquanto seguiam pelo trecho entre as cidades de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, no Paraná. Um dos ônibus atingidos transportava jornalistas brasileiros e estrangeiros. Lula não estava em nenhum dos dois veículos atingidos. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

No Twitter, o ex-presidente publicou que a caravana está sendo “perseguida por grupos fascistas”, ao citar também o episódio em que com houve ataques com pedras e ovospor manifestantes contrários ao petista, no domingo (25). “O que eu estou vendo agora é quase o surgimento do nazismo. O que estamos vendo agora não é política, porque se quisessem derrotar o PT, iriam para as urnas”, escreveu em um dos posts.

“Se eles acham que fazendo isso vão nos assustar, estão enganados. Vai nos motivar. Não podemos permitir que depois do nazismo esses grupos fascistas possam fazer o quiser”, escreveu Lula, em outra publicação. “Esperamos que quem está no governo estadual e federal, seja golpista ou não, assuma a responsabilidade. Atacaram o ônibus que estava a imprensa”, disse também. “Se querem brigar, briguem comigo nas urnas. Mas vamos respeitar a democracia, a convivência na diversidade”, afirmou.

A assessoria do ex-presidente afirmou que será feito um boletim de ocorrência e que pedirá uma perícia. “O Paraná foi o único estado da federação de todos os percorridos pela caravana a não fornecer uma escolta policial para a comitiva dos ônibus”, informou em nota.

Protestos

Os protestos violentos e tentativas de bloquear a passagem da comitiva do petista tem marcado a caravana de Lula pela região Sul, iniciada na semana passada, em Santana do Livramento (RS). O ex-presidente foi obrigado a alterar o itinerário da viagem, fazer viagens de avião (a previsão inicial era de usar apenas ônibus) e impedido de entrar em Passo Fundo (RS).

No sábado à noite, em Chapecó (SC), houve confronto entre manifestantes anti-Lula e militantes petistas que participavam de um ato na praça central da cidade. Integrantes da caravana acusam a participação de grupos de extrema-direita apoiadores do deputado Jair Bolsonaro.

Em Florianópolis, Lula ressaltou que os participantes das atividades da caravana são “gente da paz” mas disse que eles devem “retribuir” as agressões sofridas. Em Chapecó, Lula falou em “dar porrada”.

No último domingo (25), a caravana foi atava com pedras e ovos. As pedradas chegaram a trincar os vidros de dois dos três ônibus que integram a caravana, entre eles o veículo em que Lula viajava. Cerca de trinta manifestantes fecharam o trevo de acesso à cidade. Quando a caravana parou, os limpadores de para-brisas dos ônibus foram arrancados, diversos ovos atirados contra os vidros dos veículos e, depois, as pedras. Um dos ovos atingiu o carro da reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.

PATROCINADOR OFICIAL

FONTE: http://www.jornaldebrasilia.com.br

Categoria: Notícias