Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

CAXIAS EM DETALHES: Parece que o prefeito “Cabeludo” perdeu a noção do perigo

Resultado de imagem para foto de muito dinheiro

Repare bem nessa história que veio à tona na edição do Jornal Pequeno desta quarta-feira (27), quando o jornalista Jotônio Viana, da coluna ‘Caxias em Off’, revela que o senador Roberto Rocha – aliado fidalgal do Conde Michel Drácula Temer – teria conseguido uma verba para recuperação de estradas vicinais do município de Caxias.

Pois bem, de acordo com a narrativa de Jotônio, o prefeito Fábio Gentil teria deixado essa grana aos cuidados do vice-prefeito Paulo Marinho Jr., mas o pai dele, um ex-prefeito de Caxias e deputado federal cassado por corrupção, é quem de fato teria o controle da bufunfa. O histórico do cara dispensa comentário. Tudo que ele se mete vira maracutaia. É corajoso, o “Cabeludo”, deixar uma figura com uma folha corrida dessa tomar conta de R$ 6 milhões!

As principais estradas vicinais que cortam Caxias estão mesmo sendo recuperadas – mas, por obra do governador Flávio Dino – a TV Sinal Verde mostrou várias frentes de homens e máquinas, a serviço do Governo do Estado, recuperando estradas na zona rural. O governo Flávio Dino, aliás, promove, neste momento, o maior programa de recuperação de vicinais na história do Maranhão.

Parece que o prefeito Fábio Gentil perdeu a noção do perigo. Esses R$ 6 milhões, se deixados ao bel-prazer do Maracutaia, poderão virar pó. Que o digam os pais de família que paralisaram a obra de construção da creche da Vila Paraíso por falta de pagamento. E vale o alerta: O cara arrebentou com a elegibilidade da própria mulher – a ex-prefeita Márcia Marinho –, que, tal qual o indigesto, virou ficha-suja e hoje não pode mais se candidatar nem a presidente de mesa de bar.

Abra o olho, “Cabeludo”!

VEJA O VÍDEO:

FONTE: http://portalsinalverde.com

Categoria: Sem categoria

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.