Repasse Informativo | Marcos Monteiro - Repasse Informativo Caxas-MA, O Blog do Marcos Monteiro.

Caxias em Detalhes: GOVERNO MEDUSA

Resultado de imagem para foto de medusa

Existe um  ditado que diz: duas cabeças pensam melhor que uma; isso pode até ser verdade, mais há alguns casos que essa máxima precisa  ser revista . Em Caxias, o município está sendo gerido por várias cabeças, o que tem deixado a população insatisfeita por falta de foco do gestor Fábio Gentil. Tudo isso porque ele  legou superpoderes aos seu aliados e estes agem como o próprio prefeito, o que tem deixado insatisfeitos vários segmentos da população… e o tempo vai passando. Com quase 100 dias de governo, o administrador ainda não conseguiu imprimir sua marca e está feito barata tonta no jogo político que ele se propôs a jogar.

QUEM TE VIU, QUEM TE VER!

Com uma assessoria onde a grande maioria não tem traquejo político, o governo vai caminhando para o degrau mais baixo de sua popularidade desde quando venceu as eleições no dia 02 de outubro de seu oponente Léo Coutinho; de lá pra cá, Fábio Gentil tem tido maus momentos, o que vem lhe proporcionado uma mal estar com o eleitorado. Somando-se a isso, muitos aliados que lhe deram a mão, hoje são esquecidos pelo prefeito; os reclames são diários dos ex-aliados.  Ao invés de gerir seu próprio grupo, o Prefeito vai fortalecendo politicamente seus aliados, que no futuro podem ser seus piores algozes.

OS ERROS

O Prefeito Fábio Gentil cometeu dois erros graves para uma gestão que se propôs ser a melhor de Caxias: primeiro,  o fato de haver demitido os funcionários contratados por Léo Coutinho, sem antes ver a dimensão do buraco que ele ia deixar na máquina administrativa. É  bem verdade, que essa medida era esperada, mas não tão cedo; devido a isso a máquina parou em muitos pontos, deixando a população com precários serviços essenciais. Várias secretarias, por exemplo, em especial a Saúde e Educação, foram as mais penalizadas; só para se  ter um exemplo, a Saúde de Caxias definhou nos últimos dois meses, caindo a patamares de atendimento jamais mais visto no município.  O outro erro, é não ter tido até o momento a habilidade de se aproximar do governo do estado para fazer as coisas funcionarem de forma mais dinâmica. Essa paralisia acredita-se que seja mais pela falta de habilidade de seus assessores encarregados desta função, do que do próprio gestor, é preciso que Fábio Gentil atente para o fato de que em toda a história de Caxias apenas Humberto Coutinho conseguir sobreviver aos boicotes  do governo estadual, mais precisamente de Roseana Sarney, que na época  comandava  o estado e usava  seus asseclas locais para dificultar a administração de Humberto Coutinho e isso  fez com que   muitos dos  recursos que eram para vir  para Caxias não viessem, deixando o governo da época agonizando. Mas o momento agora é outro, Fábio Gentil não tem a quem recorrer, pelo menos nas condições que se encontra. É preciso que o prefeito faça a leitura de suas alianças  e veja quem tem que ser sacrificado, pois do contrário, que vai para a degola política é o próprio gestor.  Vamos aguardar qual o caminho que Fábio Gentil irá trilar…

Categoria: Sem categoria

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.